Filmes por gênero

COM O CÉU NO CORAÇÃO (1954)

Lucky me
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Uma garota endiabrada (Portugal)
Mademoiselle Porte-bonheur (França, Bélgica)
Un pizzico di fortuna (Itália)
Das blonde Glück (Alemanha, Austria)
Het blonde geluk (Holanda)
Onnen myyrä (Finlândia)
Syv - ni - tretten (Dinamarca)
Szczesciara (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Musical
Direção: Jack Donohue
Roteiro: Irving Elinson, James O'Hanlon, Robert O'Brien
Produção: Henry Blanke
Direção Musical: Ray Heindorf
Coreografia: LeRoy Prinz
Fotografia: Wilfred M. Cline
Edição: Owen Marks
Direção de Arte: John Beckman
Figurino: Moss Mabry
Maquiagem: Gordon Bau
Efeitos Sonoros: Charles David Forrest, Oliver S. Garretson
Nota: 7.3
Filme Assistido em: 1955

Elenco

Doris Day Candy Williams
Robert Cummings Dick Carson
Phil Silvers Hap Schneider
Eddie Foy Jr. Duke McGee
Nancy Walker Flo Neely
Martha Hyer Lorraine Thayer
Bill Goodwin Otis Thayer
Marcel Dalio Anton
Hayden Rorke Tommy Arthur
James Burke Mahoney
Angie Dickinson Convidada na Festa
Dolores Dorn Convidada na Festa
Herb Vigran Gerente do Teatro
Cliff Ferre Maestro
Gladys Hurlbut Sra. Winston
Jim Hayward Jones
Tom Powers Crony
Jack Shea Elmer
George Sherwood Smith
Percy Helton Brown
William Bakewell Proprietário do Jaguar
Bess Flowers Mulher em frente à Floricultura
Art Gilmore Mordomo

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Miami, a supersticiosa, porém muito sortuda dançarina Candy Williams, por pouco não enfrenta grandes problemas enquanto se dirige para o teatro. Lá, depois de uma apresentação do show “Parisian Pretties” para um grupo de adolescentes, ela e os demais membros de sua trupe, o gerente Hap Schneider, Duke McGee e a dançarina Flo Neely, são expulsos do teatro. Com sua trupe quebrada, perdida e faminta, o engenhoso gerente engana o único fã do show, o policial Barney Mahoney, que concorda em dar uma falsa ordem de prisão depois que a trupe matar sua fome em um caríssimo restaurante. No entanto, enquanto o grupo está jantando, Mahoney é substituído por outro policial. Assim, quando Schneider dá o sinal pré-combinado com Mahoney, o policial que o substituiu o ignora e a trupe é obrigada a trabalhar na cozinha para pagar a refeição e evitar uma verdadeira prisão.

Ao limpar o salão do hotel adjacente, Flo ouve Dick Carson, um bem sucedido compositor, a falar com o agente dele, Tommy Arthur, sobre um musical que ele está escrevendo e que precisa ser produzido. Dick está esperando que o conhecido magnata do petróleo, Otis Thayer, pai de Lorraine, uma mulher possessiva com quem ele tem saido, patrocine o show após ele apresentar algumas de suas músicas na próxima festa de aniversário da filha. Lorraine aparece, e embora Dick deixe claro que deseja o patrocínio de seu pai por razões estritamente comerciais e que seu interesse pessoal por ela é meramente de amizade, ela insiste em comprar o seu amor.

Mais tarde, ao tentar evitar gatos pretos e rachaduras da calçada, Candy faz com que Dick bata com seu carro. Na oficina, o mecânico lhe oferece o empréstimo de seu carro, uma máquina velha que ostenta o logotipo da empresa. Ao saír com o carro, por pouco Dick escapa de um segundo acidente causado por Candy, mas sente uma atração instantânea por ela. Ele a convida para um encontro e deixa que ela acredite ser ele um mecânico, como indica a placa do carro. Ao vê-los juntos, Hap os segue até um restaurante de praia, onde se apresenta com a esperança de obter trabalho para seu grupo no novo musical de Dick. Candy, no entanto, se mostra irritada ao perceber que ele a enganou sobre sua identidade, mas Dick aceita a ideia de Hap para secretamente assistir um ensaio do grupo.

No ensaio, Dick oferece à Candy e a seus companheiros, papéis em seu show. No entanto, mais tarde, ao ver Candy e Dick ensaiando, Lorraine invejosamente insiste que ela não poderá participar do show, se ele quiser o patrocínio de seu pai. Presumindo que Dick deu motivos à Lorraine para que ela faça tal ameaça, Candy briga com ele e desconfia de sua declaração de amor. No entanto, quando ele perde o interesse pelo show e viaja para Nova York, ela percebe que ele a ama e decide ajudá-lo. Assim, disfarçados como finos e elegantes ingleses, Candy, usando uma peruca preta, e Duke entram na festa de aniversário de Lorraine e logo se juntam à Flo e Hap, que se fazem passar por ricos texanos. Juntos, eles atraem Lorraine para a piscina e, enquanto ela permanece fora, Candy tira sua peruca e canta as canções de Dick para os convidados.

Tendo apreciado o desempenho da jovem, Thayer está prestes a assinar um cheque quando é interrompido pela filha que se diz contra o patrocínio. Enquanto isso, Dick, que se encontrava em Nova York, volta para Miami e procura Thayer para lhe dizer que não está interessado em namorar Lorraine por dinheiro. No entanto, Thayer, que conhece a filha e sabe que ela procura manipular os homens com sua riqueza, reafirma que está interessado em apoiar o show. Para incentivar Thayer a agir imediatamente, Hap inicia uma licitação e, por pouco, não provoca a desistência do magnata, mas Candy anuncia que eles só aceitarão o dinheiro de Thayer. Pela segunda vez, este se prepara para assinar um cheque, mas o negócio por pouco não é desfeito quando Candy, percebendo que a data é uma sexta-feira 13, tenta evitá-lo. No entanto, para alívio de seus amigos, ela renuncia às suas superstições e, finalmente, percebe quão sortuda ela é.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Jack Donohue, a partir de um roteiro escrito por Irving Elinson, James O'Hanlon e Robert O'Brien, “Com o Céu no Coração” é uma comédia musical norte-americana produzida pela Warner Brothers em 1954. Sua trama, baseada numa história de James O'Hanlon, fala das dificuldades por que passa um grupo teatral para conseguir um patrocinador para seu novo empreendimento.

Partindo de um roteiro que deixa um pouco a desejar, a direção de Donohue se mostra apenas razoável. O filme marca a estreia de Angie Dickinson no cinema, além de ser a primeira comédia musical a ser rodada em CinemaScope. Sua trilha sonora é composta por quase uma dezena de músicas de Sammy Fain, com letras assinadas por Paul Francis Webster. Logo na abertura, Doris Day canta “The Superstition Song" enquanto caminha pelas ruas de Miami.

Enfim, eu diria que recomendaria este filme apenas para aqueles que são fãs de carteirinha de Doris Day.

CAA