Filmes por gênero

A SEPARAÇÃO (1994)

La séparation
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La separación (Argentina, Colômbia)
Trennung (Alemanha)
Adskillelsen (Dinamarca)
Ero (Finlândia)
A szakítás (Hungria)
Rozstanie (Polônia)
Раздяла (Bulgária)
Pais: França
Gênero: Drama, Romance
Direção: Christian Vincent
Roteiro: Dan Franck
Produção: Claude Berri
Design Produção: Christian Vallerin
Fotografia: Denis Lenoir, Virginie Saint-Martin, Anne Nicolet
Edição: François Ceppi, Véronique Ilié, Laurence Vanier
Direção de Arte: Louise Marzaroli, Bruno Madesclaire, C. Vallerin, Annie Touquet
Figurino: Sylvie Gautrelet, Paule Mangenot
Guarda-Roupa: Tess Hammami
Maquiagem: Thi-Loan Nguyen, Thi Thanh Tu Nguyen
Efeitos Sonoros: Philippe Eyraud, Claude Bertrand, Sylvie Huc, André Gaultier
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1995

Elenco

Isabelle Huppert Anne
Daniel Auteuil Pierre
Jérôme Deschamps Victor
Karin Viard Claire
Laurence Lerel Laurence
Louis Vincent Loulou
Nina Morato Marie
Christian Benedetti Advogado
Frédéric Gélard Agente imobiliário
Claudine Challier Avó de Loulou
Jean-Jacques Vanier Orador na festa
Gérard Jumel Homem na festa
Estelle Larrivaz Jovem na festa

Indicações

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Ator (Daniel Auteuil)

César de Melhor Atriz (Isabelle Huppert)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Christian Vincent)

Sinopse

Os parisienses Pierre e Anne são casados. Vivendo na capital francesa, certo dia, eles decidem ir juntos ao cinema. Durante a projeção, no entanto, Pierre se mostra aborrecido porque sua mulher rejeita todos os seus avanços. Não muito tempo depois, Anne lhe confessa que acredita estar apaixonada por outra pessoa. Pierre a ouve atentamente, mas em princípio não esboça qualquer reação. Na verdade, ambos parecem determinados a manter a calma, a fim de melhor poderem lidar com o orgulho ferido de Pierre e os novos interesses de Anne.

Pierre discute a situação com os amigos mútuos Victor e Claire. Estes tentam ajudá-lo, mas suas palavras não o tranqüilizam e seu relacionamento com Anne começa a estressá-lo. Adicionalmente, ele tem que lidar com o fato de ter um filho de apenas dezoito meses de idade, Loulou. Apesar da presença regular de Laurence, uma babá, Pierre e Anne vivem a se acusar mutuamente, e as recriminações só fazem aumentar. A situação chega a seu ponto crítico, quando ele descobre que Anne levou o bebê para a casa da mãe dela.

Não suportando mais esse complicado relacionamento, Pierre vai ao trabalho de Anne para dizer-lhe que está se separando dela. Para sua surpresa, no entanto, ela o informa que terminou com o seu caso extraconjugal.

No final, os dois caminham juntos até o apartamento onde moram. Ao chegarem lá, no entanto, Pierre não se sente capaz de entrar no imóvel. Ao contrário, ele passa a perambular pelas ruas, perdido e incapaz de encontrar um táxi livre.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Christian Vincent a partir de um roteiro escrito por Dan Franck, “A Separação” é um bom filme do cinema francês. Sua trama gira em torno da dissolução de um casamento.

Na direção, Vincent realiza um bom trabalho, não caindo em clichês próprios do gênero. Os diálogos se mostram inteligentes e as atuações de Daniel Auteuil e Isabelle Huppert são o ponto alto do filme.

Enfim, “A Separação” é um filme que merece ser visto.

CAA