Filmes por gênero

DO OUTRO LADO, O PECADO (1960)

The grass is greener
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ele, ela e o marido (Portugal)
Ailleurs l'herbe est plus verte (França, Bélgica)
L'erba del vicino è sempre più verde (Itália)
Página en blanco (Espanha)
La mujer que quiso pecar (Argentina, México)
Vor Hausfreunden wird gewarnt (Alemanha, Austria)
Lek på annans gård (Suécia)
Blåt blod og amerikansk olie (Dinamarca)
Трава зеленее (União Soviética)
Pais: Reino Unido
Gênero: Comédia Dramática, Romance
Direção: Stanley Donen
Roteiro: Hugh Williams, Margaret Vyner
Produção: Stanley Donen
Direção Musical: Muir Mathieson
Fotografia: Christopher Challis
Edição: Jim Clark
Direção de Arte: Paul Sheriff
Guarda-Roupa: John Wilson-Apperson, Hardy Amies
Maquiagem: Eric Allwright, John O'Gorman
Efeitos Sonoros: John Cox, Maurice Askew, John Mitchell, Peter Musgrave
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1995

Elenco

Cary Grant Conde Victor Rhyall
Deborah Kerr Condessa Hilary Rhyall
Robert Mitchum Charles Delacro
Jean Simmons Hattie Durant
Moray Watson Trevor Sellers, o mordomo
Joan Benham Recepcionista do Cabeleireiro
Gwen Watford Recepcionista do Cabeleireiro
Elisabeth Orion .

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Comédia

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Cary Grant)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Comédia

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em uma Comédia (Jean Simmons)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Lynley, Inglaterra, o conde Victor Rhyall e a condessa Hilary estão enfrentando dificuldades financeiras e são forçados a abrir sua mansão à visitação pública, para que possam arrecadar dinheiro.

Quando o magnata do petróleo Charles Delacro faz uma visita, juntamente com um grupo de turistas, ele entra num aposento privado onde se encontra a condessa. Embora fique irritada com a invasão de sua privacidade, num segundo momento ela se mostra encantada com Charles e, ao tomar conhecimento de que se trata de um magnata do petróleo, o convida para um drinque.

Uma atração mútua surge enquanto conversam, principalmente quando discutem suas origens. Quando Charles a convida para almoçar com ele em Londres, ela recusa seu convite, após o que ele tenta roubar-lhe um beijo. Afobada, ela pede-lhe para ir embora, mas são descobertos por Victor, que imediatamente deduz que está diante de um rival romântico. Victor e Charles trocam farpas verbais veladas, enquanto Hilary, sentindo um desconforto crescente, implora para que o visitante os deixe em paz e vá embora.

Nos dias que se seguem, o conde nota que sua mulher se mostra cada vez mais distraída e, não é surpresa quando ela, de repente, comunica-lhe que vai à Londres para fazer o cabelo. Embora perceba que ela está indo se encontrar com Charles, Victor a encoraja a ir na esperança de que Hilary logo se canse de seu novo interesse.

Em Londres, supõe-se que ela fique com sua amiga, Hattie Durant. No entanto, após telefonar para quase todos os salões de beleza da cidade, Charles a descobre e a convida para ficar em seu hotel. Embora Hilary tente resistir ao magnata, ela termina se apaixonando por ele. Enquanto isso, Victor recebe a visita de Hattie, que no passado foi sua namorada e que, agora, encontra um prazer malicioso de divulgar detalhes do envolvimento de Hilary com Charles. Victor admite que tem medo de perder sua esposa, mas que não quer que ela volte pra ele por culpa. Quando Hattie lhe diz que, no passado, ele teve inúmeros casos amorosos, Victor insiste que aqueles não contam e se nega a dormir com ela.

Durante o jantar, ele formula um plano para ter sua esposa de volta. Assim, telefona para Charles convidando-o para visitá-lo no final de semana, sem dar a entender que sabe que sua mulher se encontra naquele momento ao lado dele.

Quando Charles e Hilary chegam à Lynley, todos agem como se nada estivesse errado, mas Victor continuamente irrita sua mulher ao dar a entender que sabe de sua infidelidade. Hilary tenta esconder do marido o fato de que Charles a presenteara com um casaco de vison, não percebendo que Hattie já havia revelado tal fato ao marido.

À noite, finalmente, Victor desafia Charles para um duelo pelo amor de Hilary. Desafio aceito e tendo Trevor Sellers, o mordomo, como mediador, os dois desafetos trocam tiros e Victor termina com um pequeno ferimento num dos braços. Na realidade, Sellers havia entregue a cada duelista uma arma sem bala, apenas com pólvora. Por outro lado, como exímio especialista em tiro, ele feriu ligeiramente o patrão para dar mais autenticidade ao duelo.   

Hilary e Hattie ouvem os tiros e saem correndo. Depois que o ocorrido é esclarecido, Hilary confessa ao marido que, enquanto uma parte dela desfruta de um interlúdio romântico, a outra ainda o ama e deseja que os dois voltem a viver juntos. Marcos a perdoa ao dizer que o fato de um voto de fidelidade ter sido quebrado, não significa a destruição de todo o casamento.

No final, enquanto Charles e Hattie deixam a mansão, Victor e Hilary se preparam para receberem de volta seus filhos.

imagem

Comentários

Realizada pelo grande cineasta americano, Stanley Donen, “Do Outro Lado, o Pecado” é uma interessante comédia inglesa do início dos anos 1960. Adaptada de uma peça teatral, sua trama fala, de maneira sutil e inteligente, da infidelidade conjugal.

Na direção, Donen realiza um bom trabalho, embora não possa ser comparado com suas grandes realizações como “Cantando na Chuva”, de 1952, e “Indiscreta”, de 1958, só para citar duas. O elenco, formado basicamente por quatro grandes astros do cinema de todos os tempos é, sem dúvida alguma, o maior destaque deste filme.

Enfim, “Do Outro Lado, o Pecado” é uma comédia que agradará o grande público.

CAA