Filmes por gênero

DUAS VEZES MEU (1941)

Two-faced woman
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A mulher de duas caras (Portugal)
La femme aux deux visages (França, Bélgica)
Non tradirmi con me (Itália)
La mujer de las dos caras (Espanha)
Otra vez mío (Argentina, México)
Liebe auf den zweiten Blick (Austria)
Die Frau mit den zwei Gesichtern (Alemanha)
Tvillingarna (Suécia)
Tweezijdige vrouw (Holanda)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Romântica
Direção: George Cukor
Roteiro: George Oppenheimer, Salka Viertel, S.N. Behrman
Produção: Gottfried Reinhardt
Música Original: Bronislau Kaper
Fotografia: Joseph Ruttenberg
Edição: George Boemler
Direção de Arte: Cedric Gibbons
Figurino: Adrian
Guarda-Roupa: Eugene Joseff
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer
Efeitos Especiais: Warren Newcombe
Nota: 7.9
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Greta Garbo Karin Borg Blake
Melvyn Douglas Larry Blake
Constance Bennett Griselda Vaughn
Roland Young O. O. Miller
Robert Sterling Dick Williams
Ruth Gordon Srta. Ruth Ellis, secretária de Larry
Frances Carson Srta. Dunbar
Robert Alton Cecil
Olive Blakeney Phyllis
Olin Howland Frank
G.P. Huntley Sr. Wilson
Gloria DeHaven Debutante
Michaele Fallon Debutante
James P. Spencer Carl
Helen Dickson Dançarina de rumba
Emily Fitzroy Dançarina de rumba
George Lollier Motorista de táxi
Cliff Danielson Funcionário da Loja de Esqui
Cyril Ring Dançarino
Lorin Raker Dançarino
Tom Herbert Dançarino
Grace Hayle Dançarina

Indicações

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Greta Garbo)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Larry Blake, editor da revista New York, chega a uma cabana de esqui, em Idaho, a fim de relaxar um pouco. Lá, ao conhecer a instrutora de esqui, Karin Borg, ele se sente imediatamente atraído pela bela mulher. Ela inicialmente se mostra indiferente às suas investidas, mas depois de um acidente de esqui em que os dois ficam presos juntos, eles se apaixonam e se casam.

Enquanto isso, por não ter notícias dele, seu parceiro na revista, O. O. Miller, aciona uma equipe de buscas, ao mesmo tempo em que viaja para Idaho em companhia da Srta. Ruth Ellis, secretária de Larry. Ao encontrar o casal são e salvo, Miller pede que Larry volte imediatamente para Nova York, a fim de trabalharem na reformulação da revista. Como Karin prefere a vida simples da cidade pequena, ela se nega a acompanhá-lo. Larry, então, viaja sozinho, prometendo-lhe estar de volta dentro de uma semana.

No entanto, depois de receber vários telegramas dele, adiando o dia de seu retorno, Karin comunica à Srta. Ellis que está indo secretamente até Nova York. Uma vez lá, as duas se encontram em uma loja de alta costura, onde Karin passa por uma enorme transformação, tornando-se uma mulher de aparência extremamente sofisticada e glamourosa. Em seguida, as duas vão até o teatro onde uma nova peça, que conta com o apoio de Larry, está sendo ensaiada.

Escondida nos fundos do teatro, Karin vê o marido paquerando uma antiga namorada, a dramaturga Griselda Vaughn. Ferida por Larry ter aparentemente esquecido dela, Karin resolve voltar imediatamente para Idaho, mas ao saírem do teatro pela porta dos fundos, Karin e a Srta. Ellis são vistas por Miller. Como Karin não deseja que Larry tome conhecimento de que ela esteve em Nova York, a Srta. Ellis a apresenta a Miller como sendo Katherine, irmã gêmea de Karin. Com uma aparência tão diferente daquela que conhecera em Idaho, Miller aceita a colocação feita pela Srta. Ellis e a convida para jantar.

Ao chegarem à Casa Noturna para o jantar, eles vão até a mesa onde Larry se encontra em companhia de Griselda. Ao vê-la, Larry se mostra extremamente surpreso, mas Karin finge que não o conhece. Miller, então, a apresenta como sendo a irmã gêmea de Karin e, por consequência, sua cunhada. Embora não acredite na conversa do parceiro, Larry observa que Katherine bebe, fuma e dança, coisas que Karin não faz. Por outro lado, esta finge ser uma mulher interesseira que usa homens para seu próprio prazer, chocando Larry e irritando Griselda, que receia que Katherine o roube dela. Para acabar de vez com sua preocupação, Larry se afasta por alguns minutos, telefona para Idaho e toma conhecimento que Karin havia viajado para Nova York. Mais tarde, naquela noite, quando Karin se mostra bastante embriagada, Larry a acompanha até o hotel dela, onde tenta seduzi-la, mas ela o coloca para fora.

Na manhã seguinte, quando a Srta. Ellis ajuda Karin em sua ressaca, Larry telefona para pedir desculpas pelo seu comportamento na noite anterior e lhe dizer que gostaria de encontrá-la. Em seguida, ela comenta com a Srta. Ellis que vai fingir ser uma perfeita “vamp”, de modo a fazê-lo sair correndo para seus braços.

Quando Larry chega para o encontro, o jogo continua até ele dizer que vai se divorciar de Karen. Logo depois, ao comentar que vai pegar um avião para Idaho, a fim de resolver sua situação junto à Karen, esta o convence a ir de trem e, em seguida, voa secretamente de volta.

Quando Larry chega à cabine de esqui, ao observar que Karin ainda se encontra com o mesmo esmalte nas unhas dos pés, ele descobre que ela e Katherine são a mesma pessoa. Os dois passam a noite juntos e, de manhã, depois que ele sugere que seria feliz ao lado de Katherine e Karin, esta o acusa de ser duas pessoas, vai em seguida até o banheiro, de onde retorna vestindo o roupão transparente de Katherine. Ele finge não acreditar na história de Katherine e Karin. Irritada, ela lhe diz que ambas terminaram com ele e, em seguida, sai para esquiar. Ele a segue, mas cai em um lago congelado.

Pouco depois, quando ela chama por ele, ele lhe diz: “Eu não sou Larry, sou seu irmão gêmeo”. Os dois se beijam quando ele a chama de “Minha Karin, Katherine”.

imagem

Comentários

Realizado pelo grande cineasta George Cukor, “Duas Vezes Meu” é uma interessante comédia americana  do início dos anos 1940. Trata-se do último filme da grande diva do cinema de todos os tempos, a atriz sueca Greta Garbo.

Como de costume, ela brilha com uma bela atuação. Com bastante humor, dança soberbamente uma rumba que deveria ser considerada antológica. É uma pena que o roteiro não esteja à altura de seu talento.

Na época, por não levar a sério os votos de um casamento, o filme foi condenado por falta de decência.

CAA