Filmes por gênero

EVITA (1996)

Evita
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Эвита (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Biográfico, Histórico, Drama, Musical
Direção: Alan Parker
Roteiro: Oliver Stone, Alan Parker
Produção: Alan Parker, Robert Stigwood, Andrew G. Vajna
Design Produção: Brian Morris
Música Original: Andrew Lloyd Webber
Direção Musical: John Mauceri
Coreografia: Vincent Paterson
Fotografia: Darius Khondji
Edição: Gerry Hambling
Direção de Arte: Jean-Michel Hugon, Richard Earl
Figurino: Penny Rose
Guarda-Roupa: Ken Crouch, Dougie Hawkes, Marina Marit e outros
Maquiagem: Ailbhe Lemass, Maire O'Sullivan, Sarah Monzani e outros
Efeitos Sonoros: Andy Nelson, Anna Behlmer, Ken Weston e outros
Efeitos Especiais: Yves De Bono, Róbert Kovács, Trevor Williams e outros
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1997

Elenco

Madonna Eva Perón
Antonio Banderas Ché
Jonathan Pryce Juan Perón
Jimmy Nail Agustín Magaldi
Victoria Sus Doña Juana
Julian Littman Juan
Olga Merediz Blanca
Laura Pallas Elisa
Julia Worsley Erminda
María Luján Hidalgo Eva, jovem
Servando Villamil Cipriano Reyes
Andrea Corr Amante de Perón
Peter Polycarpou Domingo Mercante
Gary Brooker Juan Bramuglia
Maite Yerro Julieta
Adrià Collado Carlos
Martin Drogo Juan, jovem
Venesa Weis Blanca, jovem
Veronica Ferrari Risler Elisa, jovem
Aldana García Soler Erminda, jovem
Ismael Osorio Juan Duarte Sr.
Lidia Catalano Estela Grisolía
Éva Vári Sra. Magaldi
Charles Lewsen Papa Pio XII
Alfredo Martín Coronel Aníbal Imbert
David Henry Presidente Rawson
Denis Lill Presidente Farrell
Victor Satchwell Embaixador espanhol
Peter Hughes Franco
Héctor Malamud Presidente Ramirez
Balázs Tardy Padre Benitez
John Gower Príncipe Fuspoli

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Canção Original (Andrew Lloyd Webber, Tim Rice)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Canção Original (Andrew Lloyd Webber, Tim Rice)

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Madonna)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata Européia (Alan Parker)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Design de Produção (Brian Morris)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Satellite de Melhor Filme - Musical ou Comédia (Alan Parker, Robert Stigwood, Andrew G. Vajna)

Prêmio Satellite de Melhor Canção Original (Andrew Lloyd Webber, Tim Rice)

Prêmio Satellite de Melhor Figurino (Penny Rose)

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Melhor Canção de um Filme (Don't Cry For Me Argentina)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia (Darius Khondji )

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Andy Nelson, Anna Behlmer, Ken Weston)

Oscar de Melhor Edição (Gerry Hambling)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Brian Morris, Philippe Turlure)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio Anthony Asquith de Melhor Música (Andrew Webber, Tim Rice )

Prêmio de Melhor Edição (Gerry Hambling)

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado (Alan Parker, Oliver Stone)

Prêmio de Melhor Fotografia (Darius Khondji )

Prêmio de Melhor Design de Produção (Brian Morris )

Prêmio de Melhor Figurino (Penny Rose)

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Anna Behlmer, Eddy Joseph, Andy Nelson, Ken Weston, Nigel Wright)

Prêmio de Melhor Maquiagem/Cabeleireiro (Sarah Monzani, Martin Samuel)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Alan Parker)

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Antonio Banderas)

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Atriz Favorita - Drama (Madonna)

Prêmio Blockbuster de Melhor Trilha Sonora

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Fotografia (Darius Khondji )

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Alan Parker)

Prêmios da MTV, Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz (Madonna)

Prêmio de Melhor Canção de um FIlme (Madonna )

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Fotografia (Darius Khondji )

Prêmio Golden Satellite de Melhor Direção de Arte/Design de Produção (Brian Morris)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 26 de Julho de 1952, em um cinema de Buenos Aires, um filme é interrompido quando chega a notícia da morte de Eva Perón, primeira-dama da Argentina, aos 33 anos de idade. A nação entra em luto público. Em seguida, sua vida passa a ser contada em flashback:

Filha bastarda de um agricultor, Eva Duarte, aos 15 anos de idade, vive na pequena cidade de Junín, situada na região noroeste da província de Buenos Aires. Entediada com sua família, ela convence um músico mulherengo, Agustín Magaldi, a levá-la com ele para a capital, onde está determinada a se tornar uma estrela. Depois de ser abandonada pelo músico, Eva sofre humilhações, passa por vários relacionamentos com homens cada vez mais influentes, terminando por se tornar uma atriz de rádio e cinema bem remunerada.

Em 1944, durante um movimento para conseguir ajuda para as vítimas de um terremoto, ela conhece Juan Domingo Perón, então vice-presidente da Argentina e Ministro do Trabalho e da Guerra. No ano seguinte, Perón é preso por militares descontentes com sua política, voltada para a obtenção de benefícios para os trabalhadores. Evita, como ela é chamada, organiza comícios populares que forçam as autoridades a libertá-lo. Pouco depois, ela se casa com Perón, que se elege presidente em 1946.

No ano seguinte, convidada oficialmente pelos governos espanhol, italiano, suíço e francês, Evita viaja à Europa numa turnê de três meses. Na volta, transformada, ela passa a usar as mais famosas grifes da época, principalmente Dior, ostentando uma elegância irretocável.

Em 1948, ela passa a trabalhar 18 horas por dia, quase sem se alimentar. Numa garagem adaptada da residência presidencial, ela distribui roupas e alimentos aos mais necessitados. Ela cria a Fundação Eva Perón e passa a receber cerca de 12 mil cartas por dia, com pedidos que variam de cobertores a bolas de futebol. Surgem, então, indícios da doença que a levaria à morte: um câncer de útero.

Mesmo assim, ela continua ativa, sendo inclusive citada para assumir o cargo de Vice-Presidente da República. No entanto, após uma cirurgia realizada tarde demais, ela é instalada em um pequeno quarto da residência presidencial, onde permanece até sua morte, quando uma grande multidão rodeava a Casa Rosada em uma vigília, com velas, rezando por sua recuperação.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Alan Parker, “Evita” é um excelente filme americano de meados dos anos 1990. Sua trama gira em torno da vida de Eva Perón, esposa do ex-presidente e ditador da Argentina, Juan Perón. Além de se tratar de um simples espetáculo cinematográfico, o filme se apresenta como uma verdadeira lição de história sobre a Argentina dos anos 1940 e 1950.

Na direção, Parker realiza um brilhante trabalho, no que é ajudado por suntuosos cenários, ótima fotografia e a bela música de Andrew Lloyd Webber. No elenco, Madonna nos brinda com a melhor interpretação de sua carreira. Destacam-se ainda as ótimas atuações de Antonio Banderas e Jonathan Pryce.

Enfim, “Evita” é um filme imperdível.

CAA