Filmes por gênero

A FLOR DO MEU SEGREDO (1995)

La flor de mi secreto
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: The flower of my secret (Estados Unidos)
La fleur de mon secret (França)
Il fiore del mio segreto (Itália)
Mein blühendes Geheimnis (Alemanha)
Min hemmeligheds blomst (Dinamarca)
Min hemlighets blomma (Suécia)
Kwiat mego sekretu (Polônia)
Цветок моей тайны (Rússia)
Pais: Espanha, França
Gênero: Drama
Direção: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar
Produção: Esther García
Design Produção: Esther García
Música Original: Alberto Iglesias
Direção Musical: Tomás Garrido
Fotografia: Affonso Beato
Edição: José Salcedo
Direção de Arte: Wolfgang Burmann, Miguel López Pelegrín
Figurino: Hugo Mezcua
Guarda-Roupa: Isabel Berz, Rosa Paradela, Ana Morales
Maquiagem: Juan Pedro Hernández, Jorge Hernández Lobo
Efeitos Sonoros: Bernardo Menz, Graham V. Hartstone, Luis Castro e outros
Efeitos Especiais: Juan Ramón Molina
Efeitos Visuais: Pablo Nuñez, Jorge Calvo
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1998

Elenco

Marisa Paredes Léocadia Macías
Juan Echanove Ángel
Imanol Arias Paco
Chus Lampreave Mãe de Léocadia
Manuela Vargas Blanca
Joaquín Cortés Antonio
Carmen Elías Betty
Rossy de Palma Rosa
Alicia Agut Vizinha
Kiti Manver Manuela
Gloria Muñoz Alicia
Nancho Novo Médico
Jordi Mollà Médico
Teresa Ibáñez Vizinha
Marisol Muriel Dançarina
Juan José Otegui Tomas
Abraham García Camareiro
Chavela Vargas .
Daniel Cebrián .

Prêmios

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Atriz (Marisa Paredes)

Festival Internacional de Karlovy Vary, República Tcheca

Prêmio de Melhor Atriz (Marisa Paredes)

Prêmios ACE, Nova York, Estados Unidos

Prêmio ACE de Melhor Atriz (Marisa Paredes)

Prêmios Sant Jordi de Barcelona

Prêmio de Melhor Atriz Espanhola (Marisa Paredes)

Indicações

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Goya de Melhor Atriz (Marisa Paredes)

Goya de Melhor Atriz Coadjuvante (Chus Lampreave)

Goya de Melhor Atriz Coadjuvante (Rossy de Palma)

Goya de Melhor Som (Bernardo Menz, Graham V. Hartstone )

Goya de Melhor Direção Artística (Wolfgang Burmann)

Goya de Melhor Maquiagem (Juan Pedro Hernández, Antonio Panizza)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata Européia (Pedro Almodóvar)

Festival Internacional de Karlovy Vary, República Tcheca

Prêmio Globo de Cristal (Pedro Almodóvar)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Léocadia Macías é uma escritora de romances conhecida pelo pseudônimo de Amanda Gris. Presa a um contrato editorial, ela é obrigada a escrever romances cor-de-rosa, ao contrário do que ocorre com sua problemática vida amorosa e suas pretensões literárias. Casada com Paco, um oficial militar que, após servir em Bruxelas, foi transferido para a Bósnia, ela se sente só física e emocionalmente.

Aos poucos, Léocadia passa a mudar a direção de sua escrita, procurando se concentrar em temas como a dor e a perda. No entanto, seus editores exigem finais felizes e sentimentais durante a vigência de seus contratos.

Preocupada, Léocadia começa a reavaliar sua vida no que diz respeito a seus relacionamentos com seus editores, seu marido, sua melhor amiga, Betty, sua irmã Rosa e sua idosa mãe. Apenas sua criada, Blanca, lhe dá total apoio.

Ao assinar um contrato com o jornal “El País”, Léocadia conhece Ángel, um editor do jornal que logo se sente atraído por ela e por seus livros. Ela, no entanto, lhe confessa que não consegue mais escrever seus romances cor-de-rosa. No momento, continua ela, está escrevendo um livro sobre uma jovem mãe, cuja filha mata o marido após este ter tentado estuprá-la. Algum tempo depois, Léocadia descobre que alguém está pretendendo transformar o tal romance em um filme.

Após a inevitável desintegração de seu casamento, ocorrida ao tomar conhecimento de que a melhor amiga era amante de seu marido, Léocadia sobrevive a uma overdose e, em seguida, vai com sua mãe até a aldeia de Almagro, a fim de descansar e se recuperar. Durante sua permanência na referida aldeia, ela recebe um telefonema de seus editores, que se mostram encantados com dois manuscritos que receberam dela. Certa de que não enviou qualquer manuscrito para seus editores, Léocadia retorna à Madrid onde descobre que Ángel é seu ghostwriter.

Novas surpresas ocorrem quando ela assiste a uma brilhante dança protagonizada por Blanca e pelo filho desta, Antonio. Este confessa ser ele o responsável por fazer com que seu último livro se transforme em um filme.

No final, Léocadia reencontra o amor ao lado de Ángel.


imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo grande cineasta espanhol Pedro Almodóvar, “A Flor do Meu Segredo” é um excelente filme de meados dos anos 1990. Através dele, o famoso cineasta revela sua Espanha como ele gosta, com sua cultura e suas tradições.

Toda a angústia do personagem principal é retratada com grande sensibilidade por Almodóvar, que consegue extrair da atriz Marisa Paredes uma das maiores atuações de sua carreira.

Na sua trilha sonora, a cargo de Alberto Iglesias, chama atenção a bela canção “Tonada de Luna Llena”, na voz de Caetano Veloso.

CAA