Filmes por gênero

FOLIES-BERGÈRE (1956)

Folies-Bergère
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Un americano alle Folies Bergere (Itália)
Paradies der Liebe (Alemanha)
En yankee i Paris (Suécia)
Slagsmål i Folies Bergere (Dinamarca)
Kovanaama Pariisissa (Finlândia)
Pais: França
Gênero: Musical
Direção: Henri Decoin
Roteiro: J. Companéez, Henri Decoin, G. Tabet, André Tabet
Produção: Lucien Masson, Jacques Roitfeld
Design Produção: Jacques Colombier
Música Original: M. Philippe-Gérard
Coreografia: Roland Petit, Mary Jo Weldon
Fotografia: Pierre Montazel
Edição: Claude Durand
Figurino: Jean Zay
Nota: 6.4
Filme Assistido em: 1958

Elenco

Eddie Constantine Bob Wellington
Zizi Jeanmaire Claudie
Yves Robert Jeff
Jacques Morel Roland
Edith Georges Rita
Nadine Tallier Sonia
Serge Perrault Max
Robert Pizani Clairval
Jacques Tarride Assistente do Prefeito
Jeff Davis Harry
Jacques Castelot Philippe Loiselet
Pierre Mondy Roger
Nadia Gray Suzy Morgan
Marguerite Ducouret Berthe
Jacques Morlaine Garçom do hotel
Paul Barge Funcionário da recepção do hotel
Hélène Constantine .
Rico Adipietro .
Robert Pomié .
Danielle Lamarr .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

De licença em Paris, o soldado Bob Wellington, que ama o teatro de variedades, vai certa noite com seus amigos, Jeff e Joe, ao Folies-Bergère. Uma vez lá, ele conhece a dançarina e cantora Claudie, por quem se apaixona. Tal fato faz com que ele decida ficar na França, aprenda a língua francesa, a espose e passe a trabalhar ao seu lado.

Entretanto, por causa de seu temperamento irritadiço, ele se vê obrigado a deixar o teatro de variedades e, depois de uma turnê lastimável pelo país, ele volta para perto de Claudie, cujo sucesso só faz aumentar. Ele  se torna ciumento a ponto de desconfiar que ela seja amante do empresário Philippe Loiselet, que lhe proporcionou ótimos contratos no cinema publicitário e com quem ela leva uma vida de luxo. Por despeito, Bob seduz a superstar Suzy Morgan e logo descobre que ele não é o único a compartilhar seus favores...

Graças à amizade sólida de Jeff e Roger, o diretor de cena, os mal-entendidos são dissipados e Bob recupera o coração de Claudie. Ele finalmente encontra seu lugar no teatro de variedades e os dois apaixonados conhecem o sucesso, juntamente com toda a trupe, durante o suntuoso final nas escadarias do Folies-Bergère.

imagem imagem imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Henri Decoin, “Folies-Bergère” é um musical francês de meados dos anos 50. É, sem dúvida alguma, uma produção representativa do chamado “Filme Music Hall”, na época comum na França e na Itália.

Analisando-o tecnicamente, não se trata de um bom filme, mas merece ser visto por se tratar de uma história divertida e, principalmente, pelos números de canto e dança por ele oferecidos. No palco, representando Suzy Morgan, Nadia Gray tem o seu charme. Eddie Constantine e Zizi Jeanmaire com suas belas pernas, também não decepcionam.

CAA