Filmes por gênero

NA GLÓRIA, A AMARGURA (1963)

I could go on singing
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Triunfo amargo (Portugal)
L'ombre du passé (França)
Ombre sul palcoscenico (Itália)
Amarga es la gloria (México)
Podría seguir cantando (Espanha)
Bretter, die die Welt bedeuten (Austria, Alemanha)
Ensam stjärna (Suécia)
Hun er min stjerne (Dinamarca)
I dalej bede spiewac (Polônia)
Pais: Estados Unidos, Reino Unido
Gênero: Drama, Musical
Direção: Ronald Neame
Roteiro: Mayo Simon
Produção: Lawrence Turman, Stuart Millar
Design Produção: Wilfred Shingleton
Música Original: Mort Lindsey
Direção Musical: Saul Chaplin
Fotografia: Arthur Ibbetson
Edição: John Shirley
Figurino: Beatrice Dawson
Guarda-Roupa: Edith Head, Evelyn Gibbs
Maquiagem: Harold Fletcher, Pearl Tipaldi
Efeitos Sonoros: Buster Ambler, Red Law, Christopher Lancaster
Nota: 7.9
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Judy Garland Jenny Bowman
Dirk Bogarde David Donne
Jack Klugman George Kogan
Aline MacMahon Ida
Gregory Phillips Matt
Russell Waters Reynolds
Pauline Jameson Srta. Plimpton
Jeremy Burnham Cirurgião do Hospital
Gerald Sim Assistente da Gerência no Palladium
David Lee Pianista
Tony Robinson Poeta
Joey Luft Garoto no barco
Lorna Luft Garota no Barco
Leon Cortez Artista de rua
Eric Woodburn .
Robert Rietty .
Al Paul .
Paul Layton .
James Payne .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Ao se encontrar em Londres para uma apresentação no Palladium, a aclamada cantora americana, Jenny Bowman, decide procurar o cirurgião britânico David Donne com a intenção de retomar seu antigo relacionamento.

Anos antes, eles se conheceram em Nova York, apaixonaram-se, mas Jenny preferiu continuar sua carreira de cantora a ter que se casar com o médico e ir para a Inglaterra, abandonando sua vida profissional. Meses depois, quando Matt nasceu, fruto do relacionamento dos dois, ela concordou que o recém-nascido fosse levado para Londres, onde cresceria como filho adotivo do médico.

Ao se encontrar com David, agora viúvo, ela lhe pede para que a deixe ver o filho, agora um adolescente de quase dezoito anos. O médico, relutantemente, concorda com um único encontro.

Excitado pela presença da grande estrela internacional e cativado pelo seu charme, Matt desobedece às ordens do pai e permite que Jenny passe todo o seu tempo disponível com ele.

A desobediência de Matt desencadeia uma forte discussão entre David e Jenny, culminando com o jovem tomando conhecimento de que ela é sua verdadeira mãe. Diante da situação criada, é pedido a Matt que escolha com quem ele quer ficar.

Ao ser rejeitada, Jenny cai numa farra e termina num hospital de Londres. David a visita e lhe promete levá-la ao único local onde ela pode encontrar a felicidade. Assim, ele a acompanha até o Palladium, onde ela é cercada por admiradores e admite que ele está com a razão.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta britânico Ronald Neame, “Na Glória, a Amargura” é um bom filme anglo-americano dos anos 1960. Sua trama gira em torno de uma cantora americana que, aproveitando sua estada em Londres para realizar uma série apresentações no Palladium, anseia por rever um filho ilegítimo que vive com o pai desde seu nascimento, dezoito anos atrás.

Embora não se trate de um filme premiado, é muito bem dirigido por Neame e marca a despedida das telas da grande cantora Judy Garland.

CAA