Filmes por gênero

NO SILÊNCIO DE UMA CIDADE (1956)

While the city sleeps
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Cidade nas trevas (Portugal)
La cinquième victime (França)
Quando la città dorme (Itália)
Mientras Nueva York duerme (Espanha)
Die bestie (Austria, Alemanha)
Det femte offret (Suécia)
Terwijl de stad slaapt (Holanda)
Læbestiftmorderen (Dinamarca)
Пока город спит (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Filme Noir, Crime, Suspense
Direção: Fritz Lang
Roteiro: Casey Robinson
Produção: Bert E. Friedlob
Música Original: Herschel Burke Gilbert
Fotografia: Ernest Laszlo
Edição: Gene Fowler Jr.
Direção de Arte: Carroll Clark
Figurino: Norma Koch
Guarda-Roupa: Robert Martien, Jackie Spitzer
Maquiagem: Gustaf Norin
Efeitos Sonoros: Jack Solomon, Verna Fields, Buddy Myers
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1957

Elenco

Dana Andrews Edward Mobley
George Sanders Mark Loving
Thomas Mitchell John Day Griffith
James Craig Harry Kritzer
Rhonda Fleming Dorothy Kyne
Ida Lupino Mildred Donner
Sally Forrest Nancy Liggett
Howard Duff Tenente Burt Kaufman
Vincent Price Walter Kyne
John Drew Barrymore Robert Manners
Mae Marsh Sra. Manners
Robert Warwick Amos Kyne
Ralph Peters Gerald Meade
Sandra White Judith Felton
Celia Lovsky Srta. Dodd, enfermeira de Kyne
Larry J. Blake Tim, Sgt. da Polícia
Ed Hinton Mike O'Leary
Vladimir Sokoloff George Pilski
Andrew Lupino Jim Leary
Leonard Carey Steven, mordomo de Walter
Carleton Young Interrogador da Polícia
Charles Sherlock Detetive
Pitt Herbert Carlo, barman
David Andrews Pianista
Ralph Brooks Garçom

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Nova York, quando o empregado de uma farmácia, Robert Manners, vai entregar uma encomenda no apartamento de Judith Felton, ele sub-repticiamente destrava sua porta e se esconde do lado de fora. Depois que o zelador do prédio, George Pilski, sai do apartamento dela, Robert vai até lá e a estrangula, deixando a mensagem “Pergunte à Mãe” rabiscada em batom na parede. Quando o enfermo magnata da mídia, Amos Kyne, recebe a notícia sobre o assassinato, ele chama seus três principais assessores, John Day Griffith, editor do New York Sentinel, Harry Kritzer, chefe do Departamento de Fotografia do jornal, e Mark Loving, chefe da Kyne Wire Services. Ele também convoca seu melhor empregado, o ex-repórter ganhador do Prêmio Pulitzer e novelista, Edward Mobley, que agora é o responsável por um programa de televisão em sua estação local. Depois de repreendê-los por ainda não terem divulgado a notícia sobre o estrangulamento da Sra. Felton, Amos os instrui a rotular o assassino de “O Assassino de Batom” e a colocar a matéria em suas primeiras páginas.

Depois que os três assessores se retiram, Amos confessa a Edward que cometeu dois grandes erros em sua vida: estragando seu único filho, Walter, e não o convencendo a assumir seus negócios. Quando Edward lhe diz que nunca desejou o poder, Amos o lembra que liderar os meios de comunicação permite a liberdade de expressão florescer e auxilia a democracia. De repente, o magnata sofre um ataque fulminante e, pouco tempo depois, Edward transmite a notícia de sua morte. Walter, um playboy imaturo sem nenhum conhecimento da grande mídia, assume o controle do Império Kyne. No escritório de seu pai, ele revela seus planos para forçar Griffith, Kritzer e Loving a competirem pelo cargo de editor-executivo, o homem que vai tomar todas as decisões, enquanto ele leva o crédito.

Cada um deles percebe que escavar a história de “O Assassino de Batom” fará dele um candidato ao cargo de executivo e, assim, procura seus aliados do escritório para ajudá-lo em segredo. Loving chama sua namorada, a colunista de moda, Mildred Donner, que o aconselha a colaborar com o repórter Gerald Meade. Enquanto isso, Griffith se aproxima de Edward, que se recusa a tomar partido, mas em casa mais tarde, sua namorada, Nancy Liggett, que é secretária de Loving, o exorta a ajudar Griffith, com o que ele concorda depois que ela promete se casar com ele. Ao mesmo tempo, Walter convida seu velho amigo, Kritzer, pra jantar, sem saber que ele secretamente está tendo um caso com sua esposa, Dorothy, esperando que ela convença o marido a promovê-lo.

Mais tarde, ao descobrir que uma prisão foi efetuada, Griffith pede a Edward para obter os detalhes de seu amigo, o Tenente Burt Kaufman da Polícia. Burt permite que Edward assista a interrogação de Pilski, cujas digitais foram encontradas no quarto da Judith, mas ele logo conjectura que Pilski é inocente. Depois que outro assassinato é reportado, e uma revista em quadrinhos é deixada na cena do crime, Edward e Burt supõem que se trata do mesmo assassino. Juntos, eles bolam um plano em que Edward vai insultar o assassino através da televisão, a fim de incitá-lo a agir precipitadamente. Enquanto isso, o repórter Meade toma conhecimento da prisão de Pilski e informa Loving que o zelador é “O Assassino de Batom”. No escritório, quando Loving diz a Griffith e a Walter que ele vai imprimir a história, Griffith ressalta que eles podem estar cometendo difamação. Walter é publicamente envergonhado por desconhecer o termo difamação, e Loving é forçado a matar a história. Momentos mais tarde, Edward aborda o assassino diretamente de seu programa, cuja transmissão Robert está assistindo de sua casa. A descrição dele como o “menino da mamãe” o enfurece ao lembrar sua mãe tratando-o como se fosse uma garota durante sua infância.

Edward, Burt, Griffith e Nancy encontram-se no Bar, onde Edward informa Nancy que eles devem usá-la como isca para prender o assassino. Depois que ela descobre que Mike O'Leary a seguirá em todos os lugares, Nancy concorda com o plano, ocasião em que Edward anuncia seu noivado, através de seu programa, com a intenção de alertar o assassino para a existência de Nancy. Loving, sentindo que está perdendo a competição, pede que Mildred alicie Edward para o lado deles. Naquela noite, ela se junta a Edward na Blue Dell e, depois de encorajá-lo a beber excessivamente, o convida para sua casa.

Ao mesmo tempo, no apartamento que Dorothy mantém para encontros com Kritzer, ela o informa que se ela convencer Walter a contratá-lo, ele deverá passar a responder a ela. Robert é enviado para entregar um pacote à Dorothy e, quando ele a vê, é inflamado com luxúria. Ele não tem tempo para arrombar a fechadura da porta, mas ao sair, observa o nome de Nancy do lado de fora de seu apartamento, do outro lado do corredor. Ele toca a campainha mas, sem resposta, corre até o edifício Kyne e observa Edward e Mildred na Blue Dell. Apesar do estado de embriaguês de Edward, sua lealdade para com Nancy o impede de fazer amor com Mildred, mas na manhã seguinte, esta diz para todo o escritório, incluindo Nancy, que os dois passaram a noite juntos, fazendo com que Nancy rompa seu noivado. Ao descobrir que ele conseguiu um contrato lucrativo para a televisão, Loving comemora seu golpe e assume que ganhou a competição. Mais tarde, Edward manobra para que Nancy se encontre com ele e Burt no Bar, mas ela não aparece.  

No Bar, Edward e Burt deduzem que o assassino vai procurar um novo estímulo e percebendo que ele pode atacar independentemente da presença ou não de Mike, correm até o apartamento de Nancy. Lá, Robert havia tentado entrar, mas Nancy, supondo que se tratava de Edward, manteve a porta trancada. Dessa forma, Robert seguiu Dorothy até o apartamento dela e tentou sufocá-la, mas seus gritos fizeram com que Nancy a ajudasse a passar para seu apartamento. Quando Edward e Burt aparecem, Nancy mostra Robert, que eles perseguem até o metrô, onde conseguem prendê-lo. Ed chama Griffith e lhe pede para mandar Mildred até o apartamento de Nancy para descobrir a identidade da vítima mais recente. Ao chegar lá, ela reconhece que é de fato Dorothy e, juntamente com Kritzer, elabora um plano para chantagear Walter, que deverá querer evitar a humilhação de ser publicamente chamado de corno.

No escritório, Griffith está celebrando seu triunfo quando Kritzer chega e exige falar com Walter. Mais tarde, naquele dia, Edward e Griffith lamentam no Bar a vitória de Kritzer. Nancy, sentada a alguns metros, e Walter, que acaba de se juntar a eles, se mostram surpresos quando Edward anuncia que está se demitindo porque não pode trabalhar para um homem que coloca seus próprios interesses acima dos da empresa. Quando Ed deixa o local, Nancy o segue.

Dias depois, em um quarto de hotel na Flórida, Nancy lê para Edward um artigo relatando que Walter demitiu Kritzer, nomeou Griffith editor executivo e chamou Mildred para ser sua assistente pessoal. Quando ela continua dizendo que Walter anunciou o retorno de Edward como seu editor-executivo, ele rasga o jornal, coloca o chapéu sobre o telefone e beija sua nova esposa.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Fritz Lang, a partir de um roteiro escrito por Casey Robinson, “No Silêncio de uma Cidade” é um ótimo filme ‘noir’ produzido pela Bert Friedlob Productions em 1956. Sua trama, baseada no romance “The Blood Spur” de Charles Einstein, combina drama, crime e suspense.

Embora não possa ser considerado entre as grandes realizações de Lang, já que ele se ressente de um melhor ritmo, o filme não deixa de ser interessante. Por outro lado, merecem ser destacados o belo figurino, assinado por Norma Koch, bem como a excelente fotografia, em preto e branco, a cargo de Ernest Laszlo.

No elenco, Dana Andrews e Ida Lupino's brilham em seus respectivos papéis. Com atuações bastante convincentes, destacam-se Thomas Mitchell e George Sanders.

CAA