Filmes por gênero

O OITAVO DIA (1996)

Le huitième jour
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: The eighth day (Reino Unido, Estados Unidos)
L'ottavo giorno (Itália)
El octavo día (Espanha, Argentina)
Am achten Tag (Alemanha)
Den Åttonde dagen (Suécia)
Den 8. dag (Dinamarca)
Ósmy dzien (Polônia)
Kahdeksas päivä (Finlândia)
День восьмой (Rússia)
Pais: Bélgica, França, Reino Unido
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Jaco van Dormael
Roteiro: Jaco van Dormael
Produção: Philippe Godeau
Design Produção: Hubert Pouille
Música Original: Pierre van Dormael
Fotografia: Walther van den Ende
Edição: Susana Rossberg
Figurino: Tess Hammami, Anne van Nyen
Guarda-Roupa: Tess Hammami
Maquiagem: Kaatje Van Damme, Cédric Gérard
Efeitos Sonoros: Dominique Warnier, Bruno Tarrière, M. Hubinon, François Groul
Efeitos Especiais: Olivier de Laveleye, Marc Jouveneau, Jean-François Pierlot
Efeitos Visuais: Pascal Charpentier, Pierre Biecher, Fred Place e outros
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1997

Elenco

Daniel Auteuil Harry
Pascal Duquenne Georges
Miou-Miou Julie
Henri Garcin Diretor do Banco
Isabelle Sadoyan Mãe de Georges
Michele Maes Nathalie
Fabienne Loriaux Fabienne, irmã de Georges
Alice van Dormael Alice
Juliette Van Dormael Juliette
Monique Florin Mãe de Nathalie
Jean Bollery Pai de Nathalie
Hélène Roussel Mãe de Julie
Pierre Godeau Sobrinho de Georges
Didier De Neck Sobrinho de Georges
Jo De Backer Manequim
Laszlo Harmati Luis Mariano
Harry Cleven Educador
Jean-Henri Compère Educador
Josse De Pauw Policial
Sabrina Leurquin Empregada
Olivier Gourmet Homem no Restaurante

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Ator (Daniel Auteuil, Pascal Duquenne)

Prêmios Joseph Plateau, Ghent, Bélgica

Prêmio Joseph Plateau de Melhor Ator Belga (Pascal Duquenne)

Prêmio Joseph Plateau de Melhor Filme Belga

Prêmio Joseph Plateau de Melhor Diretor Belga (Jaco van Dormael)

Prêmios Sudbury Cinéfest, Canadá

Prêmio International Audience Choice (Jaco van Dormael)

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Jaco van Dormael)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Ator (Daniel Auteuil)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro para a Família

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Harry é um dinâmico funcionário de um importante banco multinacional. Viciado no trabalho, ele se vê na beira do caos quando esquece suas filhas no metrô. E no caminho da casa delas, onde tentava encontrá-las, ele quase atropela Georges com um cachorro, que fugia do Centro especializado que o acolhia.

Georges, com sua síndrome de Down, vive em um mundo distante e ilusório, visto apenas por seus olhos, sempre com pensamentos positivos, menos quando alguém rejeita seu amor. Nesses momentos, ele entra em crise e fica triste. Sua busca pelo amor é incansável e sua dor pela rejeição é tremenda. Essa busca pelo amor vem de sua mãe e de várias mulheres que ele teve a oportunidade de encontrar, especialmente de uma colega que, como ele, é igualmente portadora da síndrome de Down.

Harry percebe em Georges sua simplicidade e, também, sua pura e excessiva inocência em ver a vida, um ponto que, talvez, Georges nunca tenha percebido. Tal percepção faz com que Harry entre em conflito com suas próprias atitudes e passe a encarar a vida através do olhar de Georges. Agindo dessa forma, ele termina reconquistando o amor de suas filhas e o respeito de sua ex-esposa.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta belga Jaco van Dormael, que também escreveu o roteiro, “O Oitavo Dia” é um ótimo filme do final do século XX. Sua trama retrata o cotidiano de dois personagens distintos e, ao mesmo tempo, semelhantes.

Na direção, van Dormael realiza um excelente trabalho, no que é ajudado pelas magníficas atuações de Daniel Auteuil e Pascal Duquenne nos papéis principais.

Enfim, “O Oitavo Dia” é um filme que merece ser visto.

CAA