Filmes por gênero

O OVO DA SERPENTE (1977)

The serpent's egg
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Das schlangenei (Alemanha)
L'oeuf du serpent (França)
L'uovo del serpente (Itália)
El huevo de la serpiente (Espanha, Argentina, México)
Ormens ägg (Suécia)
Jajo weza (Polônia)
Kígyótojás (Hungria)
Slangens æg (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos, Alemanha
Gênero: Drama, Mistério, Suspense
Direção: Ingmar Bergman
Roteiro: Ingmar Bergman
Produção: Dino De Laurentiis
Design Produção: Rolf Zehetbauer
Música Original: Rolf A. Wilhelm
Coreografia: Heino Hallhuber
Fotografia: Sven Nykvist
Edição: Jutta Hering
Direção de Arte: Werner Achmann, Friedrich Thaler
Figurino: Charlotte Flemming
Guarda-Roupa: Anton Eder, Friedel Schröder
Maquiagem: Franz Göbel, Babette Juli, Susi Krause, Raimund Stangl
Efeitos Sonoros: Karsten Ullrich, Milan Bor, Theo Müller, Armin Münch
Efeitos Especiais: Dieter Ortmeier, Karl Baumgartner
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1979

Elenco

Liv Ullmann Manuela Rosenberg
David Carradine Abel Rosenberg
Gert Fröbe Inspetor Bauer
Heinz Bennent Hans Vergerus
James Whitmore O Padre
Heino Hallhuber Noivo
Glynn Turman Monroe
Kyra Mladeck Srta. Dorst
Georg Hartmann Hollinger
Christian Berkel Estudante
Isolde Barth Garota com uniforme
Toni Berger Sr. Rosenberg
Richard Bohne Policial
Paula Braend Sra. Hemse
Hans Quest Dr. Silbermann
Fritz Strassner Dr. Soltermann
Erna Brünell Sra. Rosenberg
Gaby Dohm Mulher com bebê
Hans Eichler Max
Edith Heerdegen Sra. Holle
Grischa Huber Stella
Lisi Mangold Mikaela
Walter Schmidinger Solomon
Paul Bürks Comediante do Cabaré
Hildegard Busse Prostituta
Kai Fischer Prostituta

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em novembro de 1923, na cidade de Berlim, os habitantes acham-se oprimidos pela hiperinflação e temerosos em relação ao futuro por conta da crise política instalada no País. Nesse cenário, o trapezista judeu de um circo norte-americano, Abel Rosenberg, chega à pensão onde mora e encontra seu irmão, o também artista Max, morto. Ele havia se suicidado com um tiro na boca. Os dois haviam brigado, não estavam mais trabalhando e Abel começara a beber sem parar.

Apavorado, vai à polícia, onde é ouvido pelo Inspetor Bauer e, em seguida, procura Manuela, ex-esposa de Max e também artista. Ao encontrá-la, surpreende-se ao descobrir que ela havia passado a se apresentar num bordel.

Os dois procuram se ajudar mutuamente e decidem morar juntos, mas Abel se irrita quando Manuela lhe fala sobre seu relacionamento com Hans Vergerus, um antigo conhecido por ele detestado. Pouco tempo depois, ao serem despejados, Manuela aceita um quarto oferecido por Vergerus. Apesar de contrariado, Abel se vê obrigado a ficar com ela, bem como, a aceitar o cargo de arquivista numa clínica clandestina onde ele trabalha.

Certo dia, o inspetor Bauer procura Abel para mostrar-lhe vários cadáveres que se encontram num necrotério. Ao vê-los, ele se surpreende ao constatar que todos são de pessoas conhecidas suas. Acreditando que a polícia o considera responsável por todas aquelas mortes, Abel tenta fugir, mas é detido pelos policiais. No entanto, para sua surpresa, é solto logo depois sem explicações.

imagem

Comentários

Embora não esteja entre os melhores filmes do grande mestre do cinema sueco, Ingmar Bergman, “O Ovo da Serpente” não pode ser considerado um filme ruim. Sua trama segue um roteiro muito rico, denso, profundo e bem desenvolvido pelo próprio Bergman. Nela, sem qualquer tabu, o cineasta aborda temas que implicam um estado de crise como a prostituição, o racismo, o trabalho mal remunerado, entre outros.

Adicionalmente, a fotografia de Sven Nykvist, parceiro de Bergman em inúmeros filmes, reconstitui de forma admirável a Alemanha dos anos 1920, quando o nazismo começava a se tornar um movimento que levaria Hitler ao poder.

No elenco, Liv Ullmann nos brinda com uma excelente atuação. No papel de Abel Rosenberg, David Carradine se sai bem.

CAA