Filmes por gênero

HORAS DE DESESPERO (1955)

The desperate hours
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La maison des otages (França, Bélgica)
Ore disperate (Itália)
Horas desesperadas (Espanha, Argentina, Uruguai)
An einem Tag wie jeder andere (Austria, Alemanha)
Skräckens timmar (Suécia)
Godziny rozpaczy (Polônia)
Desperate timer (Dinamarca)
Чaсы отчаяния (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Filme Noir, Suspense
Direção: William Wyler
Roteiro: Joseph Hayes
Produção: William Wyler
Música Original: Gail Kubik
Fotografia: Lee Garmes
Edição: Robert Swink
Direção de Arte: Hal Pereira, J. McMillan Johnson
Figurino: Edith Head
Maquiagem: Wally Westmore
Efeitos Sonoros: Hugo Grenzbach, Winston H. Leverett
Efeitos Visuais: Farciot Edouart, John P. Fulton
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1957

Elenco

Humphrey Bogart Glenn Griffin
Fredric March Dan C. Hilliard
Arthur Kennedy Xerife Jesse Bard
Martha Scott Ellie Hilliard
Dewey Martin Hal Griffin
Gig Young Chuck Wright
Mary Murphy Cindy Hilliard
Richard Eyer Ralphie Hilliard
Robert Middleton Sam Kobish
Alan Reed Detetive
Bert Freed Tom Winston, auxiliar de Bard
Ray Collins Xerife Masters
Paul Salata Xerife
Whit Bissell Agente Carson do FBI
Ray Teal Tenente da Polícia Estadual Fredericks
Michael Moore Detetive
Don Haggerty Detetive
Walter Baldwin Patterson
Ann Doran Sra. Walling
Edmund Cobb Sr. Walling
Beverly Garland Srta. Swift
Helen Kleeb Srta. Wells
Ric Roman Sal
Pat Flaherty Dutch
Ralph Dumke Clint

Prêmios

Prêmios Edgar Allan Poe

Prêmio de Melhor Filme (Joseph Hayes)

Indicações

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Direção (William Wyler)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Quando os irmãos Griffin, Hal e Glenn, e seu cúmplice Sam Kobish, escapam de uma prisão do Estado, eles se dirigem a um bairro tranquilo onde possam se esconder por um ou dois dias. Eles planejam ter uma família como retém, de preferência com crianças, uma vez que assim os pais são propensos a cooperar. Dirigindo um carro roubado, eles procuram por uma casa. Enquanto isso, a polícia emite um boletim alertando a população de que se trata de criminosos armados e perigosos.

Numa casa do bairro para onde eles se dirigem, Dan e Ellie Hilliard, juntamente com seus filhos, Cindy e Ralphie, estão acabando de tomar o café da manhã. Cindy tem dezenove anos e seu maior desejo é se casar, mas seu pai não simpatiza com seu namorado, Chuck Wright. Terminado o café, Ralphie sai para a escola, enquanto Cindy vai para o trabalho com seu pai, ocasião em que este lhe expõe o que pensa a respeito de Chuck. Ao ficar sozinha em casa, Ellie aproveita o tempo para fazer uma faxina enquanto ouve as notícias do dia em seu rádio portátil. Num determinado momento, é noticiada a fuga dos três criminosos, sem que ela imagine que eles, naquele momento, encontram-se em sua rua.

Minutos depois, quando a campainha toca, Ellie vai atender e se depara com Glenn Griffin, um dos criminosos, que lhe pede algumas informações. Enquanto ela tenta ajudá-lo, Kobish entra na casa pela porta da cozinha e, ao vê-lo, ela fica aterrorizada e dá o melhor de si para responder às perguntas que lhe são feitas. Por outro lado, Hal retira o carro de Ellie da garage, substituindo-o pelo velho que eles roubaram. Em seguida, Glenn força Ellie a lhe dizer onde se encontram seus objetos de valor.

Horas depois, quando Dan e Cindy retornam pra casa, eles notam o carro roubado em sua garagem. Intrigados, eles entram em casa e são, imediatamente, feitos prisioneiros. Diante da situação, ele promete entregar todo o dinheiro de que dispõe, caso eles se retirem imediatamente de sua casa. Na ocasião, Glenn ri em sua cara dizendo-lhe que ele não tem o suficiente para tentá-lo. Em seguida, o criminoso estabelece que a vida da família deve manter as aparências de normalidade, para que não venha a levantar suspeitas. Assim, a jovem Cindy deve continuar a se encontrar com o namorado, enquanto Dan vai trabalhar normalmente em seu escritório.

Enquanto isso, Glenn faz uma ligação telefônica para sua namorada, orientando-a a trazer-lhe uma determinada importância em dinheiro, a fim de financiar sua fuga. No entanto, como ela está impedida de dirigir, face à uma infração de trânsito, ele a orienta a enviar o dinheiro para o escritório de Dan. No dia seguinte, ao chegar ao trabalho, Dan orienta sua secretária a procurá-lo tão logo uma encomenda, que deverá ser entregue pelo correio, chegue ao escritório. Dessa forma, ao tomar conhecimento que a mesma não foi entregue, ele corre até o seu Banco, onde retira todo o seu dinheiro. Em seguida, escreve uma carta anônima para a polícia, informando que os criminosos se escondem em uma casa particular, e paga a um mensageiro para entregá-la.

Embora Dan pretenda dar o dinheiro para garantir a segurança de sua família, o Xerife Masters, que acaba de chegar ao local, ordena que a casa seja invadida. No entanto, com a concordância do Xerife Jesse Bard, o Agente Carson do FBI entrega uma arma a Dan, que retira suas balas. Ao entrar em casa, ele faz com que Glenn a encontre. Logo em seguida, de arma em punho, o criminoso vai ao andar superior decidido a levar Ellie e Ralphie em sua fuga.

Enquanto isso, depois de assustar Kobish, Dan bate a porta em sua mão, pega sua arma e o empurra para fora, onde ele é baleado por atiradores da polícia. Em seguida, ele instrui Ellie a correr e confronta Glenn, que aponta uma arma para Ralphie. Quando, por insistência de Dan, o filho corre para seus braços, Glenn dispara sua arma, mas descobre, tarde demais, que a mesma não se acha carregada. Desesperado, ele tenta enganar a polícia, mas é morto a tiros com uma saraivada de balas.

Finalmente, a família se abraça, comemorando o fim de tamanho pesadelo.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta William Wyler, a partir de um roteiro escrito por Joseph Hayes, “Horas de Desespero” é um ótimo filme ‘noir’ produzido pela Paramount Pictures em 1955. Sua trama é marcada por um alto nível de suspense, principalmente nos quarenta minutos finais.  

Na direção, demonstrando mais uma vez seu completo domínio da câmera, Wyler nos brinda com mais um belo trabalho, no que é ajudado pela ótima fotografia em preto e branco assinada por Lee Garmes. No elenco, Humphrey Bogart e Fredric March brilham nos papéis principais, seguidos pelas ótimas atuações apresentadas por Martha Scott e Arthur Kennedy.

CAA