Filmes por gênero

OS SETE PECADOS CAPITAIS (1952)

Les sept péchés capitaux
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: I sette peccati capitali (Itália)
The seven deadly sins (USA, UK)
El diablo siempre pierde (Espanha)
Die sieben Sünden (Alemanha, Austria)
De sju dödssynderna (Suécia)
De syv dødssynder (Dinamarca)
De zeven hoofdzonden (Holanda)
Siedem grzechów glównych (Polônia)
Pais: França, Itália
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Yves Allégret, Claude Autant-Lara, Eduardo De Filippo, Jean Dréville, Georges Lacombe, Carlo Rim, Roberto Rossellini
Roteiro: Jean Aurenche, Pierre Bost, Claude Autant-Lara, Charles Spaak, Diego Fabbri, Carlo Rim, Roberto Rossellini
Produção: Henry Deutschmeister, F. Kretschmer, Turi Vasile
Design Produção: Ugo Bloettler, Auguste Capelier, Max Douy
Música Original: Yves Baudrier, René Cloërec
Fotografia: André Bac, Roger Hubert, Enzo Serafin e outros
Edição: Madeleine Gug, Louisette Hautecoeur, Claude Nicole
Guarda-Roupa: Pierre Balmain
Maquiagem: Carmen Brel, Yvonne Fortuna, Jean Paul Ulysse
Efeitos Sonoros: Louis Kieffer, Georges Leblond, Jean Rieul
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1954

Elenco

O ORGULHO .
Michèle Morgan Anne-Marie de Pallières
Françoise Rosay Elisabeth de Pallières
Jean Debucourt Sr. Signac
Marcelle Praince A Presidenta
Louis Seigner Tio Henri
Marguerite Cassan Isabelle Signac
Yolande Laffon Mme. Signac
Sacha Pitoëff O pianista
A LUXÚRIA .
Viviane Romance Mme. Blanc
Franck Villard Ravila
Francette Vernillat Chantal
Jacques Fabbri Julien
Philippe Richard O bispo
Maurice Ronet O pároco
Claude Arvelle A empregada
Sophie Sel Amiga de Chantal
A PREGUIÇA .
Noël-Noël O diretor
Jacqueline Plessis A preguiça
Louis de Funès Gaston Martin
Madeleine Barbulée A secretária
Jean Solar O secretário
Paul Azaïs Dono do restaurante
Claire Gérard A belga
A INVEJA .
Andrée Debar Camille
Orféo Tamburi Olivier
Nicola Ciarletta O modelo
A AVAREZA E A IRA .
Isa Miranda Mme. Alvaro
Eduardo De Filippo Edouardo
Paolo Stoppa Sr. Alvaro
A GULA .
Henri Vidal O médico Antonin
Claudine Dupuis A camponesa
Jean Richard O camponês
Paul Faivre Jogador de cartas
OITAVO PECADO .
Gérard Philipe Animador e Pintor
Robert Dalban O feirante
Alfred Baillou O corcunda

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em uma feira pública, um apresentador chama a atenção dos passantes para diversas atrações:

ORGULHO
Após sofrerem vários reveses financeiros, Madame Elisabeth de Pallières e sua filha Anne-Marie levam uma vida extremamente modesta, o que as obriga a fazerem economia nas mínimas coisas. Tal fato, no entanto, não impede a jovem de aceitar o convite para participar do baile de noivado de uma antiga amiga. Durante as festividades, uma joia desaparece e todos os presentes aceitam passar por uma revista, com exceção de Anne-Marie. Ela havia furtado alguns sanduiches do bufê para levá-los para sua mãe. Orgulhosamente, decide ir embora, deixando à disposição sua pequena bolsa.
 
LUXÚRIA
Quando da realização de uma festa campestre paroquial, Chantal, uma adolescente de treze anos confia ao pároco que se acha grávida. O religioso anuncia a novidade à mãe da jovem, uma atraente proprietária de uma hospedaria, cortejada por um pintor. Para Chantal, o pai da criança seria este último. Na realidade, ela acreditou estar esperando uma criança por se sentar na poltrona habitual do artista. Esse falso drama vai finalmente reunir a mãe e o suposto pai em um sensual e perturbador abraço.

PREGUIÇA
Na Terra, os homens fabricam engenhos cada vez mais mortais, a ponto de se tornarem uma preocupação na esfera celeste. Por determinação de Deus, São Pedro envia ao nosso planeta uma preguiça com a missão de abrandar o ritmo frenético das atividades humanas. O resultado esperado, no entanto, não é o obtido uma vez que a humanidade descamba para um perigoso estado de letargia coletivo, fazendo com que o Santo venha pessoalmente tomar medidas para que o antigo ritmo seja retomado.

A INVEJA
Camille, esposa de um jovem pintor, é uma mulher extremamente invejosa. Seu marido, Olivier, é o seu principal alvo. Ela tem inveja de seu talento, de seus amigos e, principalmente, de sua gatinha por ele tão mimada. Certo dia, não suportando mais a dor de seus ciúmes, Camille pega o pequeno animal e o joga do alto de um terraço. Ao tomar consciência do ocorrido, Olivier decide separar-se da esposa.

A AVAREZA E A IRA
Alvaro é um vil e miserável proprietário de apartamentos que tem uma crise de fúria quando um de seus inquilinos, Edouardo, um músico pobre que vive de dar aulas de clarinete, lhe comunica que não está mais podendo pagar-lhe o aluguel contratado. Em sua crise, Alvaro perde sua carteira que o honesto Edouardo terminará por lhe devolver. A mulher do avarento proprietário, no entanto, para quem ele recusa dar dinheiro para seu cabeleireiro, num momento de cólera, joga todas as cédulas pela janela.

A GULA
Durante uma escura noite de tempestade, um jovem médico da zona rural, Antonin, tem o seu carro quebrado. Por sorte, ele é acolhido por um rústico casal de camponeses. A hospitalidade se mostra simples, mas extremamente acolhedora: uma sopa e um excelente queijo que encantam o convidado. Pouco depois, na hora de todos se recolherem, Antonin se vê obrigado a dividir a cama de casal dos seus anfitriões. A sensual camponesa faz alguns avanços contra ele, numa tentativa de satisfazer seus desejos, dizendo-lhe que peça o que quiser. Rapidamente, o jovem médico levanta-se e se dirige ao armário onde se encontra guardado o saboroso queijo, saciando sua gula.

O OITAVO PECADO
Depois de mostrados os sete pecados capitais, o apresentador evoca um oitavo: a imaginação negativa que faz com que as coisas sejam vistas segundo suas aparências. Nesse quadro, um jovem marinheiro chega de taxi em companhia de um bispo que paga a corrida; depois, um homem sorridente, vestido de mandarim, oferece bombons a uma jovem adolescente; uma senhora se dirige a uma jovem desnudada; um africano de tronco nu serve de guia para os que chegam. Mas tudo isso é simplesmente uma encenação destinada a um pintor, e não tudo aquilo que nossa mente poderia nos levar a pensar. Esses personagens são reunidos num quadro intitulado “Eles viram tudo”.

imagem

Comentários

“Os Sete Pecados Capitais” é uma interessante produção franco-italiana do início dos anos 1950. Dividida em sete esquetes totalmente independentes, cada um é realizado por um diferente cineasta, sendo cinco franceses e dois italianos.

Embora as histórias se mostrem basicamente num mesmo nível, chamaram-me mais atenção aquelas que falam:
• da preguiça, na qual o céu se mostra preocupado com o ritmo frenético das atividades humanas;
• da inveja, em que o objeto desencadeador do pecado não é outro ser humano, mas um simples gato;
• da gula, onde o médico prefere se deleitar com um saboroso queijo do que atender aos apelos sexuais de uma jovem mulher.

CAA