Filmes por gênero

INSTINTO SECRETO (2007)

Mr. Brooks
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Monsieur Brooks (Canadá Francês)
Mr. Brooks - Der Mörder in Dir (Alemanha)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Crime, Suspense, Drama
Direção: Bruce A. Evans
Roteiro: Bruce A. Evans, Raynold Gideon
Produção: Kevin Costner, Raynold Gideon, Jim Wilson
Design Produção: Jeffrey Beecroft
Música Original: Ramin Djawadi
Fotografia: John Lindley
Edição: Miklos Wright
Direção de Arte: William Ladd Skinner
Figurino: Judianna Makovsky
Guarda-Roupa: Bill Edwards, Claire Breaux, Nisa Kellner
Maquiagem: Francisco X. Pérez, Gloria Belz, Erin Ayanian
Efeitos Sonoros: Paul Ordonez, Dessie Markovsky, Steve C. Aaron e outros
Efeitos Especiais: Jack Lynch, Bob Trevino, Jeffery D. Woodrel
Efeitos Visuais: Leo Vezzali, David Sosalla, Pat McClung e outros
Nota: 7.2
Filme Assistido em: 2008

Elenco

Kevin Costner Sr. Earl Brooks
Demi Moore Det. Tracy Atwood
Dane Cook Sr. Smith
William Hurt Alter Ego de Earl Brooks
Marg Helgenberger Emma Brooks
Ruben Santiago-Hudson Hawkins
Danielle Panabaker Jane Brooks
Aisha Hinds Nancy Hart
Lindsay Crouse Capt. Lister
Jason Lewis Jesse Vialo
Reiko Aylesworth Sheila - Advogada de Jesse
Matt Schulze Thorton Meeks
Traci Dinwiddie Sarah Leaves
Kit Gwin Detetive Carfagno
Marcus Hester Detetive Smolny
Rosie Cafarelli Vaughn
Steve Coulter Roger
Stephen Michael Ayers Sr. Clifford
Mark Scarboro Detetive
Phillip DeVona Policial
Dodie Brown Policial
Sergio March Policial

Sinopse

Earl Brooks é um empresário honesto e homem de família, recentemente homenageado como “O Homem do Ano da Câmara de Comercio de Portland, Oregon”. Em sua vida secreta, Brooks é um serial killer, incentivado por seu id, que se manifesta como um alter ego sádico, a que ele se refere como Marshall, que só ele pode ver ou ouvir.

Tendo conseguido passar dois anos sem cometer um crime, ele volta a sentir uma vontade crescente de assassinar alguém e, estimulado por Marshall, mata um casal em sua residência. Apesar de matá-los antes de notar que as cortinas estavam abertas, Brooks segue seu meticuloso “modus operandi”, limpando a cena do crime antes de partir. Como parte de sua patologia, ele deixa as impressões digitais de suas vítimas em um abajur.

No dia seguinte, Brooks participa da reunião semanal dos Alcoólicos Anônimos, onde revela seu vício. Logo depois, sua filha Jane volta pra casa após ter abruptamente largado a Faculdade. Ela passa a visitar a empresa de seu pai e demonstra interesse em trabalhar lá, como uma forma de permanecer ao lado da família. Jane, finalmente, revela que se acha grávida. Mais preocupante é a presença de um homem que se diz chamar Sr. Smith, um voyeur que fotografou Brooks na cena do crime. Chantageando-o, o Sr. Smith pede para acompanhar Brooks em seu próximo assassinato.

Ambos ficam nervosos com a presença da detetive Tracy Atwood, investigadora-chefe do caso do “assassino das digitais”. Através da internet, Brooks entra no arquivo pessoal e nos dados financeiros de Tracy, descobrindo que a detetive é herdeira de mais de sessenta milhões de dólares, que poderia ter entrado para o negócio da família, mas que preferiu ser uma profissional de sucesso na carreira por ela escolhida. Ele chega a admirá-la a ponto de desejar que sua filha Jane fosse mais parecida com a detetive. Na realidade, Tracy tem muitos problemas pessoais, incluindo um conturbado divórcio de seu ex-marido, Jesse Vialo, além da preocupação com Thorton Meeks, um serial killer que escapou da prisão com a única intenção de matá-la.

Certo dia, Brooks encontra detetives do lado de fora de sua casa, percebendo que eles estão interessados em falar com sua filha, a qual deixou a Faculdade após ter ocorrido o assassinato de um estudante. Jane professa sua inocência durante o interrogatório, mas Brooks fica convencido de que a filha realmente cometeu o crime e que sofre do mesmo mal que ele. Assim, passa a considerar a possibilidade de deixá-la ir para a cadeia, na esperança de que tal gesto venha a salvá-la de se tornar uma serial killer.

Ao mesmo tempo, Brooks elabora um plano para neutralizar o esquema de chantagem do Sr. Smith. A conclusão a que chega é que o melhor para sua família seria que ele próprio fosse assassinado, uma decisão que enfurece Marshall, que deixaria de existir com sua morte.

Brooks, então, leva o Sr. Smith consigo, ao decidir entrar num determinado apartamento para assassinar outro casal. Estes são revelados como sendo o ex-marido da detetive Tracy Atwood, Jesse Vialo, e sua advogada, a Dra. Sheila. O duplo homicídio é consumado, mas não antes de um super excitado Smith se molhar no piso do apartamento.

Tracy solicita um mandado de busca e vai ao apartamento de Smith, agora acreditando que ele seja o assassino das impressões digitais e o encontra vazio, exceto por uma fatura com o endereço de entrega de alguns móveis. Ao ir até o local indicado na fatura, propositadamente plantada no apartamento de Smith, ela descobre que o mesmo nada mais é do que o esconderijo de Meeks. No tiroteio que se segue, ela fere o serial killer e sua namorada. Meeks mata a namorada e, em seguida, comete suicídio.

Por outro lado, Smith puxa uma arma contra Brooks que, calmamente, revela sua intenção de morrer nas mãos dele a fim de poupar a família da vergonha de sua eventual detenção. Os dois vão a um cemitério onde, em frente a uma cova aberta, Brooks pede a Smith que o mate. Este aperta o gatilho, mas a arma não dispara. Brooks então revela que havia desabilitado a arma para o caso dele mudar de idéia. Após ter enfrentado a morte, ele percebeu que queria continuar a viver para ver seu neto nascer. Dessa forma, mata Smith e o joga na cova aberta.

Com a urina de Smith fornecendo a única amostra de DNA do assassino das impressões digitais, na cena do crime, Brooks permanece além de qualquer suspeita. Assim, ele retorna à sua vida normal e, telefonando anonimamente para a detetive Tracy, procura descobrir os motivos que a levaram a se tornar uma policial. Tranquilamente, ela lhe diz ter escolhido tal profissão para provar ao seu desamoroso pai que ele estava errado. Mais tarde, naquela noite, Brooks vai para a cama, parando primeiro no quarto de sua filha. Enquanto ele a beija com ternura, ela crava uma tesoura em seu pescoço, deixando-o sangrar até a morte.

Brooks acorda do pesadelo acreditando que o mesmo simbolizava o seu enorme medo de que a filha viesse a se tornar uma serial killer.

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

Escrito pelos roteiristas Bruce A. Evans e Raynold Gideon, “Instinto Secreto” é um filme razoavelmente bom. Sua trama gira em torno de um renomado empresário, pai exemplar, mas que, no fundo, não passa de um autêntico psicopata assassino.

Dirigido por Bruce A. Evans, um dos roteiristas, seu maior problema reside em sua estrutura, com demasiadas subtramas, algumas mal resolvidas. Por outro lado, uma das partes mais interessantes do filme está na relação do empresário/serial killer com seu alter ego.

No elenco, há atores de peso como Kevin Costner e William Hurt, mas ambos não se encontram em seus melhores dias. De qualquer forma, poderia afirmar que, dentre todos, os que mais se sobressaem, neste filme, são Kevin Costner e Dane Cook.

CAA