Filmes por gênero

A CULPA É DO FIDEL (2006)

La faute à Fidel
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La faute à Fidel! (Itália)
Blame It on Fidel! (Estados Unidos)
La culpa es de Fidel (Argentina)
La culpa la tiene Fidel (México)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama
Direção: Julie Gavras
Roteiro: Julie Gavras
Produção: Sylvie Pialat
Design Produção: Laurent Deroo
Música Original: Armand Amar
Fotografia: Nathalie Durand
Edição: Pauline Dairou
Figurino: Annie Thiellement
Maquiagem: Annie Marandin, Paillette
Efeitos Sonoros: Nicolas Naegelen, Stephane Rabeau, Franck Desmoulins
Efeitos Visuais: Stephanie Boutinaud
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 2008

Elenco

Nina Kervel-Bey Anna
Julie Depardieu Marie
Stefano Accorsi Fernando
Benjamin Feuillet François
Marie Kremer Isabelle
Raphaël Personnaz Mathieu
Mar Sodupe Marga
Raphaëlle Molinier Pilar
Gabrielle Vallières Cécile
Carole Franck Irmã Geneviève
Marie Llano Madre Anne-Marie
Marie-Noëlle Bordeaux Filomena
Christiana Markou Panayota
Thi Thy Tien N'Guyen Maï-Lahn
Lucienne Hamon Suzanne
Flore Vannier-Moreau Testemunha
Coralie Amedeo Testemunha
Sylvia Lasfargeas Mulher do MLF
Francisco López Ballo Emilio
Francisco Pizarro Saenz de Urtury Pierre

Indicações

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

Festival do Cinema Independente de Sundance, USA

Prêmio do Grande Júri (Julie Gavras)

Sinopse

Anna é uma garota de 9 anos, mora em Paris e leva uma vida regrada e tranquila, dividida entre a escola católica e o entorno familiar. A família mora numa maravilhosa casa e Anna adora a empregada cubana que cozinha muito bem. Ela ama ainda suas aulas de catecismo e o banho que sempre toma antes do jantar.

No entanto, com a morte de seu tio espanhol, um comunista convicto, sua tia Marga e sua prima Pilar vêm morar em sua casa. Sua vida, então, vira de cabeça para baixo. Até então, nunca ouvira falar de Franco, Allende, Liberação da Mulher, Aborto e outros nomes. Para piorar a situação, quando seus pais voltam do Chile, após a eleição de Salvador Allende, eles se mostram completamente diferentes, mudando completamente a rotina da família.

Agora, Ana não tem mais suas aulas de catecismo nem o banho à tardinha que tanto amava. A família muda-se para um apartamento menor, trocas de empregadas passam a ocorrer com frequência, visitas de estranhos barbudos mudam por completo a rotina da família. Assustada com essa nova realidade, Anna resiste à sua maneira, mas aos poucos, começa a ter uma nova compreensão do mundo.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito e dirigido pela cineasta Julie Gavras, filha do grande mestre Costa-Gavras, “A Culpa é do Fidel” é, sem dúvida alguma, um ótimo filme. Seu enredo teve por base o romance “Tutta Colpa di Fidel”, da escritora italiana Domitilla Calamai, que gira em torno de uma garota de 9 anos, cuja vida é virada de cabeça para baixo quando seus pais mudam repentinamente de uma vida burguesa para militantes da esquerda.

O filme encanta do início ao fim através de uma proposta inteligente, uma direção que mostra que Julie Gavras já alça voos solos e, principalmente, pela maravilhosa interpretação da pequena atriz Nina Kervel-Bey em sua estreia no cinema.

CAA