Filmes por gênero

A HISTÓRIA DE MARIE E JULIEN (2003)

Histoire de Marie et Julien
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Storia di Marie e Julien (Itália)
The story of Marie and Julien (USA, UK)
La historia de Marie y Julien (Argentina)
Die geschichte von Marie und Julien (Alemanha)
Historia Marii i Juliena (Polônia)
Marie és Julien története (Hungria)
Historien om Marie og Julien (Noruega)
История Мари и Жюльена (Rússia)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama, Romance, Mistério
Direção: Jacques Rivette
Roteiro: Pascal Bonitzer, Christine Laurent, Jacques Rivette
Produção: Martine Marignac
Design Produção: Emmanuel de Chauvigny
Fotografia: William Lubtchansky
Edição: Nicole Lubtchansky
Figurino: Laurence Struz
Guarda-Roupa: Ana Palacios
Maquiagem: Mona Bausson, Benoît Lestang
Efeitos Sonoros: Florian Eidenbenz, Bernard Le Roux, Fabien Adelin e outros
Efeitos Especiais: Nicolas David, Fabien Girodot
Efeitos Visuais: Fabien Girodot, Hubert Fourneaux
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 2008

Elenco

Emmanuelle Béart Marie
Jerzy Radziwilowicz Julien Müller
Anne Brochet Madame X
Nicole Garcia A amiga
Bettina Kee Adrienne
Olivier Cruveiller O editor
Mathias Jung Porteiro

Indicações

Festival Internacional de San Sebastián, Espanha

Prêmio Concha de Ouro (Jacques Rivette)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Julien é um relojoeiro que vive sozinho com seu gato em uma casa grande de um subúrbio parisiense. Ele chantageia 'Madame X', uma importadora de objetos antigos e falsos da China, que pode ter assassinado sua própria irmã. Por acaso, ele conhece Marie, uma jovem e bela mulher, com a qual inicia um relacionamento apaixonado. Embora evasiva, Marie concorda em morar com ele. Ela age de forma estranha, às vezes, parecendo ausente. Um mistério conecta Marie à irmã morta de Madame X. O filme é dividido em quatro partes:

Julien: Julien, um relojoeiro de 40 anos, sonha com Marie, que ele conheceu há pouco mais de um ano em uma festa, e com quem ele teria começado um relacionamento, embora ambos tivessem seus parceiros. 

Certo dia, ao vê-la, ele corre em sua direção na rua, enquanto ela toma um ônibus. Eles concordam em voltarem a se ver, mas no dia acordado, ela não aparece. Ao voltar para casa, ele encontra Madame X, uma bela e rica mulher que trafica objetos antigos. Os dois fazem negócios onde ele sempre procura aumentar seus preços e ela tenta pechinchar.

Quando Marie o convida para jantar, Julien comenta que sua namorada fugiu com outro homem, enquanto ela revela que o seu morreu seis meses atrás. Eles fazem sexo e, na manhã seguinte, ao voltar para casa, ele descobre que a mesma foi saqueada. Dias depois, ele tenta localizá-la telefonando para seu antigo chefe. Logo em seguida, uma mulher desconhecida lhe telefona para informar o nome do hotel onde Marie se acha hospedada. Julien a procura, ocasião em que Marie concorda em morar com ele.

Julien e Marie: Marie sente-se à vontade, experimentando as roupas da antiga namorada de Julien, explorando a casa e observando-o em seu ofício. Sua vida amorosa é apaixonante, mas seu comportamento é incomum. Às vezes, se mostra fria, recitando palavras em uma língua não identificada. Outras vezes, compulsivamente decora e reorganiza um quarto localizado no sótão. Em seus sonhos, ela vê uma menina que mostra seu “sinal proibido”. Depois de conhecer Madame X, ela recebe uma carta de alguém que afirma ser ela irmã de Madame X. Enfim, ela é a garota de seus sonhos.

Marie et Julien: A carta é da irmã de Madame X, Adrienne. Quando Madame X volta a se encontrar com Julien, ela comenta que sua irmã se matou por afogamento seis meses antes. Ele não consegue entender quem realmente deu a carta à Marie. Madame X volta a insistir que a carta foi entregue por sua irmã, Adrienne, que apesar de morta, conversa com ela. Julien acha que ela é louca. Por outro lado, ele se mostra frustrado por Marie passar tanto tempo sozinha no sótão. Quando ela finalmente lhe mostra o quarto, comenta que não sabe para que ele serve. Na manhã seguinte, ela vai embora antes que ele acorde e, em seguida, hospeda-se em outro hotel. Ao acordar, Julien volta a telefonar para o antigo chefe de Marie, que lhe sugere procurar Delphine, uma amiga dela, que confirma que o fim de seu relacionamento com Simon a deixou confusa.

Marie: Julien visita o antigo apartamento de Marie e Simon, onde o agente de locação mostra-lhe um quarto que ele reconhece como sendo idêntico àquele que ela compulsivamente decorava no sótão. Este é o local onde ela se enforcou. Ao voltar para casa, ele encontra Marie que, silenciosamente, o leva até o sótão onde ela preparou uma corda por sentir que precisa voltar a se enforcar. Julien a leva para baixo e os dois voltam a fazer amor. Em seguida, ela sai para se encontrar com Adrienne, que diz que ela sabe que Marie não quer morrer. As duas concordam que não conhecem as regras da situação. Ao retornar, Marie interrompe Julien que se achava prestes a se enforcar para se juntar a ela. Ele corre para a cozinha e tenta cortar seu pulso. Marie intervém, mas o pulso dela e a mão dele são cortados. Marie avisa que ele vai perder toda a lembrança dela, mas ele diz que tudo o que quer é sua presença. Ela cobre lentamente o rosto com as mãos - "o sinal proibido" - e Julien se torna alheio a ela e não se lembra por qual razão está sangrando. Madame X chega e queima a carta, liberando Adrienne. Marie observa o sono de Julien enquanto suas lágrimas caem sobre seu pulso que sangra. Ao acordar, Julian pergunta quem é ela, que lhe responde ser aquela que ele amava. Ele não acredita por achar que ela não seja o seu tipo, mas com um sorriso nos lábios, ela comenta que isso é apenas uma questão de tempo.
Julien é um relojoeiro que vive sozinho com seu gato em uma casa grande de um subúrbio parisiense. Ele chantageia 'Madame X', uma importadora de objetos antigos e falsos da China, que pode ter assassinado sua própria irmã. Por acaso, ele conhece Marie, uma jovem e bela mulher, com a qual inicia um relacionamento apaixonado. Embora evasiva, Marie concorda em morar com ele. Ela age de forma estranha, às vezes, parecendo ausente. Um mistério conecta Marie à irmã morta de Madame X. O filme é dividido em quatro partes:

Julien: Julien, um relojoeiro de 40 anos, sonha com Marie, que ele conheceu há pouco mais de um ano em uma festa, e com quem ele teria começado um relacionamento, embora ambos tivessem seus parceiros. 

Certo dia, ao vê-la, ele corre em sua direção na rua, enquanto ela toma um ônibus. Eles concordam em voltarem a se ver, mas no dia acordado, ela não aparece. Ao voltar para casa, ele encontra Madame X, uma bela e rica mulher que trafica objetos antigos. Os dois fazem negócios onde ele sempre procura aumentar seus preços e ela tenta pechinchar.

Quando Marie o convida para jantar, Julien comenta que sua namorada fugiu com outro homem, enquanto ela revela que o seu morreu seis meses atrás. Eles fazem sexo e, na manhã seguinte, ao voltar para casa, ele descobre que a mesma foi saqueada. Dias depois, ele tenta localizá-la telefonando para seu antigo chefe. Logo em seguida, uma mulher desconhecida lhe telefona para informar o nome do hotel onde Marie se acha hospedada. Julien a procura, ocasião em que Marie concorda em morar com ele.

Julien e Marie: Marie sente-se à vontade, experimentando as roupas da antiga namorada de Julien, explorando a casa e observando-o em seu ofício. Sua vida amorosa é apaixonante, mas seu comportamento é incomum. Às vezes, se mostra fria, recitando palavras em uma língua não identificada. Outras vezes, compulsivamente decora e reorganiza um quarto localizado no sótão. Em seus sonhos, ela vê uma menina que mostra seu “sinal proibido”. Depois de conhecer Madame X, ela recebe uma carta de alguém que afirma ser ela irmã de Madame X. Enfim, ela é a garota de seus sonhos.

Marie et Julien: A carta é da irmã de Madame X, Adrienne. Quando Madame X volta a se encontrar com Julien, ela comenta que sua irmã se matou por afogamento seis meses antes. Ele não consegue entender quem realmente deu a carta à Marie. Madame X volta a insistir que a carta foi entregue por sua irmã, Adrienne, que apesar de morta, conversa com ela. Julien acha que ela é louca. Por outro lado, ele se mostra frustrado por Marie passar tanto tempo sozinha no sótão. Quando ela finalmente lhe mostra o quarto, comenta que não sabe para que ele serve. Na manhã seguinte, ela vai embora antes que ele acorde e, em seguida, hospeda-se em outro hotel. Ao acordar, Julien volta a telefonar para o antigo chefe de Marie, que lhe sugere procurar Delphine, uma amiga dela, que confirma que o fim de seu relacionamento com Simon a deixou confusa.

Marie: Julien visita o antigo apartamento de Marie e Simon, onde o agente de locação mostra-lhe um quarto que ele reconhece como sendo idêntico àquele que ela compulsivamente decorava no sótão. Este é o local onde ela se enforcou. Ao voltar para casa, ele encontra Marie que, silenciosamente, o leva até o sótão onde ela preparou uma corda por sentir que precisa voltar a se enforcar. Julien a leva para baixo e os dois voltam a fazer amor. Em seguida, ela sai para se encontrar com Adrienne, que diz que ela sabe que Marie não quer morrer. As duas concordam que não conhecem as regras da situação. Ao retornar, Marie interrompe Julien que se achava prestes a se enforcar para se juntar a ela. Ele corre para a cozinha e tenta cortar seu pulso. Marie intervém, mas o pulso dela e a mão dele são cortados. Marie avisa que ele vai perder toda a lembrança dela, mas ele diz que tudo o que quer é sua presença. Ela cobre lentamente o rosto com as mãos - "o sinal proibido" - e Julien se torna alheio a ela e não se lembra por qual razão está sangrando. Madame X chega e queima a carta, liberando Adrienne. Marie observa o sono de Julien enquanto suas lágrimas caem sobre seu pulso que sangra. Ao acordar, Julian pergunta quem é ela, que lhe responde ser aquela que ele amava. Ele não acredita por achar que ela não seja o seu tipo, mas com um sorriso nos lábios, ela comenta que isso é apenas uma questão de tempo.

imagem

Comentários

Realizado por Jacques Rivette, aos 75 anos de idade, “A História de Marie e Julien” é um fascinante filme que reune o famoso diretor francês com a atriz que brilhantemente encarnou tudo o que ele desejou falar sobre a natureza da criatividade em “A Bela Intrigante”, Emmanuelle Béart. A química entre o artista e sua musa continua presente mais de 10 anos depois.

Neste novo filme, sua trama fala de um amor louco, de uma paixão eterna e sobrenatural, repleta de detalhes melodramáticos, como a chantagem de Julien contra a Madame X e as misteriosas circunstâncias de sua vida com Marie, tudo apresentado de forma bastante comedida.

Com cenas lentamente desenvolvidas, Rivette parece procurar fazer com que o espectador veja e sinta o desespero de Julien e o modo estranho de ser de Marie. O filme foi indicado ao Prêmio Concha de Ouro do Festival Internacional de San Sebastián, na Espanha.

CAA