Filmes por gênero

NA BOCA, NÃO (2003)

Pas sur la bouche
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Nos lábios não (Portugal)
Not on the lips (Estados Unidos)
Mai sulla bocca (Itália)
Pais: França, Suíça
Gênero: Comédia Romântica, Musical
Direção: Alain Resnais
Roteiro: André Barde
Produção: Bruno Pésery
Design Produção: Jacques Saulnier
Música Original: Bruno Fontaine
Fotografia: Renato Berta
Edição: Hervé de Luze
Direção de Arte: Jean-Michel Ducourty
Figurino: Jackie Budin
Guarda-Roupa: Claire Chanat
Maquiagem: Sylvie Aid, Delphine Jaffart
Efeitos Sonoros: Gérard Hardy, Jean-Marie Blondel, Gérard Lamps
Efeitos Visuais: Frédéric Moreau
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 2009

Elenco

Sabine Azéma Gilberte Valandray
Isabelle Nanty Arlette Poumaillac, irmã de Gilberte
Audrey Tautou Huguette Verberie
Pierre Arditi Georges Valandray, 2º marido de Gilberte
Lambert Wilson Eric Thomson, 1º marido de Gilberte
Darry Cowl Madame Foin
Jalil Lespert Charley
Daniel Prévost Faradel
Nina Weissenberg Juliette
Bérangère Allaux Uma jovem
Françoise Gillard Uma jovem
Toinette Laquière Uma jovem
Gwenaëlle Simon Uma jovem

Prêmios

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Figurino

César de Melhor Som

César de Melhor Ator Coadjuvante (Darry Cowl)

Indicações

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme (Alain Resnais)

César de Melhor Direção (Alain Resnais)

César de Melhor Edição

César de Melhor Design de Produção

César de Melhor Música escrita para um Filme (Bruno Fontaine )

César de Melhor Atriz Coadjuvante (Isabelle Nanty)

Videoclipes

70 anos de cinema 70 anos de cinema

Sinopse

Ao passar uma temporada nos Estados Unidos, a francesa Gilberte conhece e se casa, em primeiras núpcias, com o industrial Eric Thomson. Seu casamento é um fracasso e, desiludida, ela retorna à França.

Como sua união não foi legalizada pelo cônsul francês, ela não é reconhecida em seu País, de modo que, de volta à capital francesa, Gilberte conhece e se casa com Georges Valandray, um rico empresário especializado na área de metalurgia. Os dois formam um belo casal burguês na Paris dos anos 20.

Ele crê na felicidade conjugal e nada sabe sobre o primeiro casamento de sua mulher. Na verdade, apenas Arlette Poumaillac, irmã solteira de Gilberte, conhece seu segredo. Por outro lado, Gilberte, uma mulher graciosa, sempre foi uma arrasadora de corações masculinos, tendo tido vários casos, entre os quais com Faradel, dez anos mais velho que ela, e com o jovem artista Charley. Neste último caso, Arlette faz de tudo para que o jovem passe a se interessar pela encantadora Huguette Verberie, que o ama.

Para complicar a situação, por pura coincidência, Georges tem a oportunidade de iniciar uma relação de negócios com a empresa de Eric Thomson, fazendo com que os dois empresários se aproximem e se tornem amigos. Gilberte, preocupada, procura o americano e lhe pede para guardar segredo sobre o período em que viveram casados nos Estados Unidos.

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

“Na Boca, Não” é uma adaptação musical de uma opereta escrita em 1925 por André Barde. Trata-se, assim, de uma surpreendente e feliz ideia de Alain Resnais, um dos grandes cineastas do cinema francês. Ele consegue, de forma brilhante, recriar a “l’art deco” dos anos 20.

Os cenários são muito bem montados, os figurinos se destacam por sua beleza e as músicas são encantadoras. As complicações apresentadas pela trama, além de serem bastante divertidas, tornam o filme ainda mais leve.

O desempenho dos atores também chama a atenção do espectador pela sua qualidade. Isabelle Nanty, no papel da irmã mais velha de Gilberte (Sabine Azéma), está maravilhosa. A respeito, é interessante verificar que, embora faça o papel da irmã mais velha, na vida real Isabelle é 12 anos mais nova que Sabine. Lambert Wilson e Pierre Arditi também merecem ser mencionados por seus respectivos desempenhos.

CAA