Filmes por gênero

A BESTA DEVE MORRER (1969)

Que la bête meure
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ucciderò un uomo (Itália)
Requiem para um desconhecido (Portugal)
Accidente sin huella (Espanha)
Das Biest muß sterben (Alemanha)
The Beast must die (Estados Unidos)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama, Crime, Suspense
Direção: Claude Chabrol
Roteiro: Claude Chabrol, Paul Gégauff
Produção: André Génovès
Design Produção: Guy Littaye
Música Original: Pierre Jansen
Música Não Original: Dominique Zardi
Direção Musical: André Girard
Fotografia: Jean Rabier
Edição: Jacques Gaillard
Maquiagem: Louis Bonnemaison
Efeitos Sonoros: Monique Fardoulis, Guy Chichignoud
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Michel Duchaussoy Charles Thenier
Caroline Cellier Hélène Lanson
Jean Yanne Paul Decourt
Anouk Ferjac Jeanne Decourt
Marc Di Napoli Phillippe Decourt
Louise Chevalier Madame Levenes
Guy Marly Jacques Ferrand
Lorraine Rainer Anna Ferrand
Dominique Zardi Inspetor de Polícia
Stéphane Di Napoli Michel Thenier
Raymone Mãe de Paul
Maurice Pialat Inspetor de Polícia
Georges Charrier Motorista de táxi
Jean-Louis Maury Agricultor
Jacques Masson Filho do agricultor
Robert Rondo Garagista

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em um dia chuvoso na Bretanha, um motorista mata o filho de nove anos de Charles Thénier, um viúvo e autor de diversos livros infantis. Este jura vingança e passa a anotar em seu diário cada etapa de sua busca pelo assassino. Em suas andanças, um fazendeiro lhe conta que, no dia do acidente, um carro esportivo com algumas avarias esteve estacionado em suas terras e que Hélène Lanson, uma celebridade da televisão, era um dos passageiros. 

Em Paris, passando-se por um industrial, Charles conhece Hélène e inicia um relacionamento com ela. Pouco tempo depois, ao tomar conhecimento de que Paul Decourt, um cunhado de Hélène, possui uma oficina de reparos de automóveis, ele passa imediatamente a suspeitar de que Paul seja o responsável pela morte de seu filho.

Desconhecendo os verdadeiros motivos de Charles, Hélène o convida para passarem um final de semana na casa de seu cunhado. Ao ser apresentado a Paul, Charles o acha desprezível, mas se mostra amigável com seu filho de 12 anos, Philippe, que lhe confidencia estar planejando matar o pai.

Charles compra um barco e convida Paul para acompanhá-lo em um passeio. Sua intenção é a de afogá-lo. No entanto, antes de executar seu plano, ele é surpreendido quando Paul puxa uma pistola e lhe diz que teve a oportunidade de ler o seu diário e que a Polícia saberá que sua morte não será acidental.

Sem condições de realizar sua vingança, Charles retorna à Paris em companhia de Hélène, mas no caminho toma conhecimento de que Paul havia sido envenenado. Os dois retornam à Bretanha onde Charles é preso com base nas anotações de seu diário. No entanto, Philippe confessa ser o assassino do pai, o que faz com que a Polícia o solte.

No dia seguinte, Charles escreve uma falsa confissão endereçada à Hélène, a fim de inocentar o garoto e, em seguida, parte em seu barco, desaparecendo no horizonte. 


imagem imagem imagem

Comentários

Realizado pelo grande cineasta Claude Chabrol, que também contribuiu para a confecção do roteiro, “A Besta Deve Morrer” é mais um ótimo filme do cinema francês. Sua trama gira em torno de um escritor que, ao ter o filho morto num acidente de carro, larga tudo para se dedicar unicamente a localizar o responsável pela sua morte e, assim, poder fazer justiça com as próprias mãos.

Na direção, Chabrol está perfeito. Ele consegue manter um clima de tensão ao longo de toda a projeção. Nos papéis principais, Michel Duchaussoy e Jean Yanne se apresentam muito bem.

Merece ainda ser citada a bela trilha sonora assinada por Pierre Jansen, onde se destacam algumas músicas de Brahms e Mahler.

CAA