Filmes por gênero

OLHOS SEM ROSTO (1960)

Les yeux sans visage
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Eyes without a face (USA, UK)
Occhi senza volto (Itália)
Los ojos sin rostro (Espanha, Argentina)
Los ojos sin cara (México)
Das Schreckenshaus des Dr. Rasanoff (Austria, Alemanha)
De bestialiska (Suécia)
Øjne uden ansigt (Dinamarca)
Silmät ilman kasvoja (Finlândia)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama, Horror
Direção: Georges Franju
Roteiro: Claude Sautet, Pierre Boileau, Thomas Narcejac, Jean Redon
Produção: Jules Borkon
Design Produção: Auguste Capelier
Música Original: Maurice Jarre
Direção Musical: Maurice Jarre
Fotografia: Eugen Schüfftan
Edição: Gilbert Natot
Direção de Arte: Margot Capelier
Figurino: Marie Martine
Maquiagem: Georges Klein
Efeitos Sonoros: Antoine Archimbaud
Efeitos Especiais: Charles-Henri Assola
Nota: 9.4
Filme Assistido em: 1962

Elenco

Pierre Brasseur Dr. Génessier
Alida Valli Louise
Juliette Mayniel Edna Grüber
Edith Scob Christiane Génessier
François Guérin Jacques Vernon
Alexandre Rignault Inspetor Parot
Béatrice Altariba Paulette
Claude Brasseur Um inspetor
Michel Etcheverry Dr. Lherminier, médico legista
Yvette Etiévant A mãe
René Génin Emile Tessot
Lucien Hubert Homem no cemitério
Marcel Pérès Homem no cemitério
Jimmy Perrys Homem no necrotério
Charles Lavialle Homem da portaria
Charles Bayard Homem na Conferência
Gabrielle Doulcet Administradora
Brigitte Juslin Juliette

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

O professor Génessier, um proeminente cirurgião plástico, decide restaurar o rosto de sua filha, Christiane, que foi horrivelmente desfigurado num acidente de carro por ele provocado. Louise, sua assistente, atrai estudantes de Paris, cujas características faciais se assemelham às de Christiane, para a propriedade do médico.

O corpo da primeira vítima é descoberto pela polícia, e Génessier o identifica como sendo o de sua filha para afastar a suspeita sobre os seus experimentos. Uma outra estudante, Edna Grüber, comete suicídio depois de ter seu corpo mutilado durante uma operação mal sucedida de enxertos de pele.

O inspetor Parot, informado pelo noivo de Christiane, Jacques Vernon, que falou com ela por telefone, usa uma jovem ladra de 20 anos, Paulette, para agir como uma isca, na esperança de que ela o ajude a descobrir o esquema do médico.

Quando Génessier é chamado ao hospital vizinho, Christiane, que enlouqueceu, liberta Paulette da mesa de cirurgia, apunhala Louise e abre um canil de cães que atacam e matam brutalmente o seu pai.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num romance de Jean Redon, “Olhos Sem Rosto” é uma pequena joia rara do cinema de horror francês. Sua trama gira em torno de um brilhante cirurgião que, contando com a ajuda de sua assistente Louise, rapta belas jovens com a finalidade de aproveitar partes de seus rostos como enxertos necessários ao seu minucioso trabalho de tentar recuperar a face desfigurada de sua filha Christiane, vítima de um terrível acidente de carro.

Contando com um roteiro engenhosamente construído, o cineasta Georges Franju nos brinda com uma ótima direção ao nos oferecer um filme de horror com cenas difíceis e, ao mesmo tempo, poéticas. O final é, sem dúvida alguma, inesquecível.

“Olhos Sem Rosto” conta ainda com a excelente música de Maurice Jarre e com as ótimas atuações de Pierre Brasseur, Alida Valli e Edith Scob.

CAA