Filmes por gênero

A REGRA DO JOGO (1939)

La règle du jeu
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La regola del gioco (Itália)
The rules of the game (Estados Unidos)
La regla del juego (Espanha)
Die spielregel (Alemanha, Austria)
Spelets regler (Suécia)
Zasada gry (Polônia)
Pelin säännöt (Finlândia)
Pais: França
Gênero: Comédia Dramática, Romance
Direção: Jean Renoir
Roteiro: Jean Renoir
Produção: Jean Renoir
Design Produção: Max Douy, Eugène Lourié
Música Original: Joseph Kosma
Fotografia: Alain Renoir, Jacques Lemare, Jean Bachelet
Edição: Marguerite Renoir, Marthe Huguet
Figurino: Coco Chanel
Maquiagem: Ralph
Efeitos Sonoros: Joseph de Bretagne
Nota: 9.6
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Nora Gregor Marquesa Christine de la Cheyniest
Marcel Dalio Marquês Robert de la Cheyniest
Paulette Dubost Lisette
Mila Parély Geneviève de Marras
Odette Talazac Madame de la Plante
Claire Gérard Madame de la Bruyère
Anne Mayen Jackie, sobrinha de Christine
Lise Elina Rádio-Repórter
Julien Carette Marceau, o caçador
Roland Toutain André Jurieux
Gaston Modot Edouard Schumacher, encarregado da caça
Jean Renoir Octave
Pierre Magnier O General
Eddy Debray Corneille, o mordomo
Pierre Nay O Sr. de Saint-Aubin
Richard Francoeur O Sr. de La Bruyère
Léon Larive O cozinheiro
André Zwoboda O engenheiro
Nicolas Amato O convidado sul-americano
Henri Cartier-Bresson O empregado inglês
Roger Forster Convidado efeminado

Prêmios

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Europeu (Jean Renoir)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No aeroporto de Le Bourget, o aviador André Jurieux aterrissa após bater o recorde de travessia do Atlântico. Ele é saudado por uma multidão onde se encontra seu amigo Octave, o qual lhe diz que a mulher para quem dedicara sua façanha, Christine de la Cheyniest, não teve condições de estar ali presente. A uma radialista que lhe estende o microfone, ele se mostra amargurado e injustiçado pela ausência que está a sentir.

Em seu luxuoso apartamento, Christine, de origem austríaca, que assiste à transmissão radiofônica dedicada à fabulosa proeza, desliga em seguida seu rádio. Lisette, sua camareira, assiste a tudo. Christine é casada há três anos com o Marquês Robert de la Cheyniest. Por outro lado, Lisette é há dois anos a mulher de Edouard Schumacher, encarregado da caça na região da Sologne, onde se encontra o luxuoso castelo dos Cheyniest.

O marquês conhece a relação ambígua de sua esposa com o aviador, mas parece perdoá-la, bem como rejeita qualquer ofensa por parte de André. Tudo parece ir em ordem. Robert decide telefonar para sua amante, Geneviève de Marras, a fim de marcar um encontro e por fim ao seu relacionamento. No entanto, devido à sua fraqueza, ele não consegue romper a relação, convencido pelos argumentos de Geneviève. Esta é ainda convidada para um fim de semana de caça na propriedade do marquês.

Enquanto isso, dirigindo em alta velocidade numa pequena estrada, o angustiado André provoca voluntariamente um desastre, do qual ele e seu carona, Octave, saem ilesos. Para colocar um fim a esse desespero de amor, Octave decide falar com Christine, sua amiga de infância. Habilmente, ele a convence a convidar André para o final de semana. Ele também consegue convencer o marquês, que o chama de “poeta perigoso”.

Na região de caça, Schumacher flagra Marceau, um caçador clandestino, no momento em que este pega um coelho com o uso de uma armadilha. O dois homens encontram o marquês, irritado com a proliferação de coelhos em suas terras. Simpatizando com o caçador, Robert o convida a trabalhar para ele.

Logo após sua chegada ao castelo, Marceau começa a fazer a corte à Lisette, que não se mostra insensível a seus galanteios. Por outro lado, os convidados para o fim de semana começam a chegar, todos pertencentes à aristocracia e à alta burguesia francesa. Diante de todos, salvando as aparências, Christine recebe André, destacando a amizade existente entre eles, e o marquês decide organizar uma festa à fantasia em homenagem ao aviador.

No período determinado à caça, os participantes se posicionam e, dada a partida, eles conseguem abater um grande número de animais. Em seguida, Robert puxa Geneviève à parte com a intenção de romper definitivamente com a relação dos dois.  Depois de ouvi-lo, Geneviève pede-lhe um beijo de despedida. Christine, que a tudo observa com uma pequena luneta, flagra o tal beijo e, sem entender o motivo do mesmo, decide encontrar uma maneira de se vingar do marido.

Ao começar a festa promovida pelo marquês em homenagem a André, Schumacher inicia uma perseguição a Marceau, tentando matá-lo a tiros. Por outro lado, ao ver Geneviève pendurada no pescoço do marido, Christine decide enganá-lo com Saint-Aubin, mas não tem tempo suficiente para concretizar seu desejo, pois André aparece e inflige uma severa punição ao aristocrata. Sozinha com o aviador, ela lhe confessa seu amor por ele, mas não recebe  o retorno esperado. É que ele não aceita fugir naquele momento, preferindo respeitar as conveniências e o marquês que o recebera de forma tão amigável.

A perseguição de Schumacher a Marceau faz com que Christine e André sejam flagrados juntos pelo marquês. Os dois homens lutam com violência, mas uma bala atirada por Schumacher faz com que eles parem e se reconciliem. Durante esse tempo, Octave, em companhia de Christine, constata que não passa de um parasita, de um fracassado. Ela lhe diz que, àquela altura, não sabe mais se ainda ama André. Ao ouvir tal afirmação, Octave cria coragem e lhe confessa que a ama. Os dois decidem fugir imediatamente. Escondidos no escuro, Schumacher e Marceau observam a cena e, pouco depois, Schumacher confunde Christine com Lisette, porque a primeira está vestindo uma pelerine que ele havia dado à esposa.

Octave retorna ao castelo para pegar uma capa de Christine, enquanto esta o aguarda a poucos metros do local onde Schumacher e Marceau se encontram. Uma vez no castelo, ele é convencido por Lisette a abandonar seu projeto de fuga com a marquesa. Assim, Octave faz com que André vá ao encontro de Christine, em seu lugar. Entretanto, quando o aviador está prestes a se juntar à mulher amada, é morto por uma bala de fuzil disparada por Schumacher, que o confundiu com Octave. Após a tragédia, este e Marceau decidem ir embora.

Por outro lado, alertados pelo barulho do disparo, os convidados se dirigem à escadaria externa do castelo onde o marquês lhes afirma que, por acreditar que se tratasse de um caçador clandestino, seu empregado teria disparado a arma como era seu dever. Assim, a morte de André não teria sido nada além de um simples acidente.

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

Considerado um dos melhores filmes franceses de todos os tempos, “A Regra do Jogo” é um excelente exercício crítico da sociedade, em particular da forma como o homem se agarra às regras como forma de proteção dele próprio. Trata-se de uma obra imensa onde os mais diversos temas se acham presentes: O humor, o drama, o amor, a morte, a luta de classes, a guerra dos sexos, etc.

Os maiores destaques desse filme são, sem dúvida alguma, seus ótimos e inspirados diálogos, bem como algumas de suas cenas passadas na casa de campo.

Enfim, escrito, produzido e dirigido por um dos maiores cineastas franceses, Jean Renoir, filho do não menos famoso pintor impressionista, Pierre Auguste Renoir, “A Regra do Jogo” é um filme imperdível.

CAA