Filmes por gênero

A CADELA (1931)

La chienne
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La cagna (Itália)
La golfa (Espanha)
The bitch (Estados Unidos)
Die hündin (Alemanha)
Yöperhonen (Finlândia)
A szuka (Hungria)
Suka (Polônia)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: Jean Renoir
Roteiro: Jean Renoir, André Girard
Produção: Pierre Braunberger, Roger Richebé
Design Produção: Gabriel Scognamillo
Fotografia: Theodor Sparkuhl
Edição: Pál Fejös, Denise Tual
Direção de Arte: Marcel Courmes
Efeitos Sonoros: Marcel Courmes, Denise Batcheff
Nota: 9.1
Filme Assistido em: 2008

Elenco

Michel Simon Maurice Legrand
Janie Marèse Lucienne 'Lulu' Pelletier
Georges Flamant Andre 'Dédé' Govain
Magdeleine Bérubet Adèle Legrand
Roger Gaillard Alexis Godard
Jean Gehret Dugodet
Alexandre Rignault Langelard
Lucien Mancini Wallstein
Marcel Courmes Coronel
Max Dalban Bonnard
Henri Guisol Amedée
Romain Bouquet Henriot
Pierre Desty Gustave
Christian Argentin Juiz
Sylvain Itkine Advogado de Dédé
Colette Borelli Lily
Mlle Doryans Yvonne
Viviane Romance .
Adèle Legrand .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Maurice Legrand, humilde funcionário de uma empresa de tecidos, é um homem tímido e sem amigos. Infeliz em seu casamento com Adèle, uma mulher controladora e autoritária, viúva de um herói de guerra, ele encontra alívio na arte de pintar.

Certo dia, ao ver uma mulher na rua sendo espancada por um homem, ele enfrenta o agressor em defesa da jovem agredida. Ela se chama Lucienne Pelletier, mas é conhecida pelo apelido de Lulu. Na verdade, trata-se de uma prostituta que vive sendo explorada por um cafetão de nome André Govain, mais conhecido como Dédé.

Desconhecendo a vida que ela leva, principalmente que o homem que a agredira é seu cafetão, Legrand logo se apaixona pela jovem. Seu amor é tão grande que ele chega a roubar o patrão para atender aos seus caprichos, sem imaginar que todo o dinheiro que ela consegue arrancar dele acaba nas mãos do cafetão.

Lulu diz admirar as pinturas de Legrand e, por consequência, ele lhe presenteia com diversas telas. No entanto, persuadida por Dédé, ela consegue vendê-las a um negociante de artes que se impressiona com o trabalho. Ao descobrir o que está realmente acontecendo, o apaixonado Legrand a perdoa.

Algum tempo depois, o primeiro marido da Sra. Legrand, que se acreditava morto no campo de batalha, reaparece. Feliz, Legrand sai de casa para se juntar à Lulu. Ele a encontra nos braços de Dédé, descobrindo toda a verdade sobre a prostituta e o cafetão. No dia seguinte, transtornado, volta a procurá-la e, num acesso de raiva, a mata brutalmente. No entanto, o crime é atribuído a Dédé, que termina condenado e executado.

Legrand torna-se um vagabundo, enquanto seus quadros circulam a altos preços.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num romance de Georges de La Fouchardière, “A Cadela” é um excelente filme do grande cineasta francês Jean Renoir, que também co-assina o roteiro. Sua trama gira em torno de um triângulo amoroso marcado por ciúmes e tragédia.

Partindo de um roteiro coeso, Renoir conduz o filme com maestria do início ao fim, mantendo o espectador atento aos mínimos detalhes. Assim, ele mostra por que viria a se tornar um dos grandes expoentes do cinema mundial.

No elenco, Michel Simon está muito bem no papel de Legrand, mas o grande destaque fica por conta de Georges Flamant, no papel do cafetão Dédé.

CAA