Filmes por gênero

CREPÚSCULO DOS DEUSES (1950)

Sunset Boulevard
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Boulevard du crépuscule (França, Bélgica, Canadá)
Viale del tramonto (Itália)
El crepúsculo de los dioses (Espanha)
El ocaso de una vida (Argentina, México, Chile, Peru)
Boulevard der Dämmerung (Alemanha)
Alkony sugárút (Hungria)
Bulwar Zachodzacego Slonca (Polônia)
Сансет бульвар (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Filme Noir
Direção: Billy Wilder
Roteiro: Billy Wilder, Charles Brackett, D. M. Marshman Jr.
Produção: Charles Brackett
Música Original: Franz Waxman
Música Não Original: Johann Sebastian Bach, Richard Strauss, Gerardo Matos Rodríguez
Fotografia: John F. Seitz
Edição: Arthur P. Schmidt
Direção de Arte: Hans Dreier, John Meehan
Figurino: Edith Head
Maquiagem: Wally Westmore
Efeitos Sonoros: John Cope, Harry Lindgren
Efeitos Especiais: Gordon Jennings
Efeitos Visuais: Farciot Edouart
Nota: 9.6
Filme Assistido em: 1954

Elenco

William Holden Joe Gillis
Gloria Swanson Norma Desmond
Erich von Stroheim Max von Mayerling
Nancy Olson Betty Schaefer
Fred Clark Sheldrake
Lloyd Gough Morino
Jack Webb Artie Green
Franklyn Farnun Agente Funerário
Larry Blake Financista
Charles Dayton Financista
Cecil B. DeMille Ele próprio
Hedda Hopper Ela própria
Anna Q. Nilsson Ela própria
H. B. Warner Ele próprio
Ray Evans Ele próprio
Jay Livingston Ele próprio
Ruth Clifford Secretária de Sheldrake
Peter Drynan Alfaiate
Gerry Ganzer Connie
E. Mason Hopper Médico
Jack Perrin Detetive
Howard Negley Capitão da Polícia
Howard Joslin Tenente da Polícia
Len Hendry Sargento da Polícia
Kenneth Gibson Vendedor na Loja para Homens
James Hawley Assistente de câmera
Edward Wahrman Assistente de câmera
Bert Moorhouse Gordon Cole

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor História e Roteiro (Charles Brackett, Billy Wilder, D.M. Marshman Jr.)

Oscar de Melhor Trilha Sonora de uma Comédia ou Drama (Franz Waxman)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Hans Dreier, John Meehan, Sam Comer, Ray Moyer)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Franz Waxman)

Prêmio de Melhor Direção (Billy Wilder)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Gloria Swanson)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Americano (Billy Wilder)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Billy Wilder)

Prêmio Fita de Prata de Melhor Atriz Estrangeira (Gloria Swanson)

Prêmios Jussi, Finlândia

Jussi de Melhor Atriz Estrangeira (Gloria Swanson)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (Charles Brackett, Billy Wilder, D.M. Marshman Jr.)

Prêmios Blue Ribbon

Blue Ribbon de Melhor Filme Estrangeiro (Billy Wilder)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Billy Wilder)

Oscar de Melhor Ator (William Holden)

Oscar de Melhor Atriz (Gloria Swanson)

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (John F. Seitz)

Oscar de Melhor Filme (Charles Brackett)

Oscar de Melhor Edição (Arthur P. Schmidt, Doane Harrison)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Erich von Stroheim)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Nancy Olson)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Erich von Stroheim)

Prêmio de Melhor Roteiro (Charles Brackett, D.M. Marshman Jr., Billy Wilder)

Prêmio de Melhor Fotografia em Preto e Branco (John F. Seitz )

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Billy Wilder)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Billy Wilder)

Prêmio de Melhor Atriz (Gloria Swanson)

Prêmios Picturegoer, Reino Unido

Prêmio Medalha de Ouro de Melhor Ator (William Holden)

Prêmio Medalha de Ouro de Melhor Atriz (Gloria Swanson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

ligações são sempre interceptadas por Max.  Enquanto isso, Norma pede a Max para entregar o novo roteiro de 'Salomé', totalmente reescrito, nas mãos do diretor Cecil B. DeMille, nos Estúdios da Paramount.

Um dia, quando Joe e Norma saem para jogar 'bridge', ele para o carro na Schwab's Pharmacy a fim de comprar cigarros estrangeiros para ela.  Lá, ele encontra Betty em companhia de Artie.  Betty fica excitada ao vê-lo, oportunidade em que lhe diz que o Estúdio está muito interessado no seu roteiro escrito para o filme 'Dark Windows'.  Ele lhe agradece mas informa não estar mais interessado no projeto.

Dias depois, ao receber vários telefonemas da Paramount, Norma pensa que o seu 'Salomé' vai finalmente sair do papel.  Ela procura DeMille, mas este, informado de que o Estúdio está apenas interessado em alugar um exótico carro de Norma, para a realização de um filme com Bing Crosby e Bob Hope, procura ser atencioso com ela sem, entretanto, comprometer-se.

Do lado de fora, Joe encontra-se mais uma vez com Betty que insiste em trabalhar com ele, além de demonstrar o seu permanente interesse em sua pessoa.

Norma começa a desconfiar que Joe tem saído furtivamente da mansão altas horas da noite.  Na realidade, ele tem se encontrado com Betty e, juntos, têm trabalhado na elaboração de um roteiro.  Estando cada vez mais próximos, Joe e Betty terminam se apaixonando.  Juntos, eles planejam o que fazer para não machucarem o amigo Artie.

Enciumada com a relação do casal, Norma telefona para Betty, a quem diz que Joe não passa de um gigolô.  Joe entra e ouve a conversa.  Ele pega o telefone e diz a Betty que é melhor que ela venha a 10.086, Sunset Boulevard, a fim de ver com seus próprios olhos o que lá acontece.

Quando Betty chega ao local, Joe conta toda sua história desde que, acidentalmente, foi ter à mansão de Norma.  Ela, então, lhe diz que se ele realmente a ama, deve pegar suas roupas e sair dali imediatamente em sua companhia.  Ele recusa a idéia e explica que não pretende deixar a vida de luxo que Norma lhe proporciona.  Com os olhos cheios d'água, ela se retira após receber os votos de boa sorte da parte de Joe.

Ao voltar à mansão, ele sobe aos seus aposentos para fazer suas malas a fim de viajar para sua cidade, no Estado de Ohio, onde pretende retomar seu antigo emprego num jornal de lá.  Com isso, ele rejeita a possibilidade de ficar com Norma ou Betty, duas mulheres que representam diferentes facetas de sua fracassada experiência em Hollywood.

Quando ele está pronto para deixar a mansão, Norma ameaça matar-se.  Joe tenta trazê-la para a realidade, mostrando-lhe que seus antigos fãs já não se lembram mais dela e que centenas de milhares de pessoas não se preocuparão caso ela se mate.

Em seguida, Joe desce a escada e se dirige à saída, passando pela piscina.  É quando é atingido mortalmente por três tiros disparados por Norma.   (O flashback termina, voltando à cena inicial quando o Esquadrão de Homicídios de Los Angeles chega ao local).

O corpo de Joe é retirado da piscina e levado para a ambulância.  A mansão é invadida por policiais, jornalistas e fotógrafos de jornais e tablóides.  Max a avisa que as câmeras e fotógrafos a esperam.  Assim, depois de retocar a maquiagem, Norma Desmond desce a escada de mármore, acreditando estar representando Salomé na mais importante cena de sua carreira.

imagem

Comentários

"Sunset Boulevard" é um clássico filme 'noir' do início dos anos 50.  Realizado pelo cineasta Billy Wilder, que também co-assina o roteiro, talvez seja o mais aclamado filme sobre os bastidores de Hollywood, o preço da fama, o narcisismo, a ambição.

A história mistura, de forma cáustica, fatos e ficção, sonho e realidade, expondo as devastadoras influências dos estúdios da nova Hollywood, ao mostrar o declínio de velhas lendas do cinema mudo.

O excelente roteiro foi baseado no livro "A Can of Beans" de Wilder e Brackett.  A direção de Wilder é consistentemente boa do início ao fim.  A trilha sonora é, também, um dos pontos fortes do filme.

"Sunset Boulevard" traz, ainda, as magníficas interpretações de Gloria Swanson e William Holden nos papéis principais.  Merecem, também, destaques as atuações do diretor do cinema mudo, Erich von Stroheim, no papel do mordomo Max, e de Nancy Olson, ainda no início de sua carreira.  Em pequenos papéis, aparecem o grande cineasta, Cecil B. DeMille, e os astros do cinema mudo, Buster Keaton, Anna Q. Nilsson, H. B. Warner, entre outros.

CAA