Filmes por gênero

À DERIVA (2009)

imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Adrift (Estados Unidos)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Heitor Dhalia
Roteiro: Heitor Dhalia
Produção: Fernando Meirelles, Andrea Barata Ribeiro, Bel Berlinc
Design Produção: Guta Carvalho
Música Original: Antonio Pinto
Fotografia: Ricardo Della Rosa
Edição: Gustavo Giani
Direção de Arte: Guta Carvalho
Figurino: Alexandre Herchcovitch
Maquiagem: Marisa Amenta
Efeitos Sonoros: Alessandro Laroca, Evandro Lima, Roger Hands e outros
Efeitos Especiais: Sergio Farjalla Jr.
Efeitos Visuais: Nills Bonetti, Rogério Marinho, Raquel Sancinetti
Nota: 7.5
Filme Assistido em: 2011

Elenco

Vincent Cassel Mathias
Débora Bloch Clarice
Laura Neiva Filipa
Camilla Belle Ângela
Izadora Armelin Fernanda
Max Huszar Antônio
Gabriela Flarys Juliana
Cauã Reymond Barman
Daniel Passi Artur
Gregório Duvivier Lucas
Matthew Rougé Louis
Thiare Maia Elvira
Maysa Miranda Miranda
Thomas Huszar Rodrigo
Josefina Schiller Isabela
Valentine Fontanella Clara
Bernardo Bichucher Peter
Nathalia Zemel Ava
Rafaela Prestes Dora

Prêmios

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Fotografia (Ricardo Della Rosa )

Festival de Cinema de Havana, Cuba

Prêmio de Melhor Fotografia (Ricardo Della Rosa)

Prêmio Coral de Melhor Fotografia (Ricardo Della Rosa)

Indicações

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Longa-Metragem Brasileiro

Prêmio de Melhor Direção (Heitor Dhalia)

Prêmio de Melhor Atriz (Débora Bloch)

Prêmio de Melhor Direção de Arte

Prêmio de Melhor Figurino (Alexandre Herchcovitch )

Prêmio de Melhor Edição

Prêmio de Melhor Som

Prêmio de Melhor Fotografia (Ricardo Della Rosa )

Sinopse

Mathias é um escritor francês casado com a brasileira Clarice. O casal, que mora em São Paulo, viaja com seus três filhos, Filipa, Fernanda e Antônio, para uma casa de praia no litoral de Búzios, onde a família pretende passar as férias.

Uma vez lá, sempre que pode, Mathias trabalha em seu novo livro. Na hora do banho de mar, ele tem um carinho especial por sua filha mais velha, Filipa, de 14 anos. Clarice, por outro lado, vive a implicar com o marido, o que faz com que Filipa se revolte contra ela. Na verdade, o casal vive uma profunda crise conjugal que faz com que, amargurada, Clarice se refugie na bebida numa tentativa de superar essa fase triste de sua vida.

Certo dia, Filipa descobre que seu pai está tendo um caso extraconjugal, ao vê-lo aos beijos com Ângela, uma bela turista americana. A jovem fica furiosa e, para aumentar sua carga emocional, vê o corpo de uma mulher infiel assassinada por um marido ciumento. Ao voltar pra casa, ainda assiste a uma briga feia dos pais.

Durante uma refeição, Mathias comenta que seu livro é sobre uma separação: “A mulher conhece um rapaz 10 anos mais novo que ela e os dois começam a ter um caso. No princípio, de forma discreta, ela acha que aquilo não tem a menor importância. No entanto, quando o marido descobre sua infidelidade, ela diz que quer a separação, mas ele não comunga com tal ideia”.

À noite, ao participar de uma festa, Filipa conhece Lucas, um jovem mais velho que ela. Na manhã seguinte, ela procura Artur, um garoto com quem já trocou uns beijos, e o leva até a frente da casa de Ângela, de onde eles podem observá-la nos braços de Mathias. Artur diz à Filipa que não sabe que razões ela teve para levá-lo até ali. Sem esclarecer seus motivos, ela o faz jurar que jamais comentará o fato de ter visto o pai dela na casa da amante e, em seguida lhe diz que não pretende mais ficar com ele.

No dia seguinte, uma amiga lhe procura para lhe dizer que Fernanda transou pela primeira vez, tendo Lucas como parceiro. Enquanto isso, sua mãe comunica ao marido que resolveu voltar para São Paulo, mas que ele pode continuar em Búzios para terminar seu livro. Os dois discutem e, em seguida, reúnem os filhos para comunicarem que decidiram morar em casas separadas por algum tempo.

À beira-mar, Filipa encontra Lucas e aceita um convite dele para dar um passeio de barco. Logo depois que os dois partem, ele tenta beijá-la à força, mas ela consegue pular na água e voltar para a praia a nado. Ao chegar em casa, Filipa discute com o pai sobre o caso dele com Ângela. Ele tenta justificar-se, mas ela não o ouve e corre até o quarto onde a mãe se prepara para voltar para São Paulo. A jovem conta-lhe tudo o que sabe sobre o relacionamento do pai com a americana. A mãe, entretanto, lhe diz que Ângela nada tem a ver com sua separação e afirma ser ela própria a grande responsável. Em seguida, comenta com a filha ser ela a mulher que se apaixonou por um rapaz 10 anos mais jovem, tudo conforme Mathias está colocando no livro que está escrevendo.

Desarvorada, Filipa corre até um Bar onde pede uma dose de whisky. Enquanto isso, Clarice se despede de Mathias, dizendo-lhe que vai morar com seu amante mais jovem e, em seguida, pede-lhe que cuide bem das crianças.

Finalmente, Filipa desperta sua própria sexualidade e, por outro lado, reconcilia-se com o pai que tanto lhe ama.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta pernambucano Heitor Dhalia, “À Deriva” é um ótimo drama brasileiro. Sua história gira em torno de uma adolescente que, juntamente com os pais e seus dois irmãos, vai passar férias numa casa de praia localizada no município de Búzios, Rio de Janeiro. Envolvente, a trama prende a atenção do espectador da primeira à última cena.

Além do ótimo trabalho desenvolvido por Dhalia, tanto no desenvolvimento do roteiro, quanto na direção, o filme ainda conta com a ótima fotografia de Ricardo Della Rosa e a bela trilha sonora assinada por Antônio Pinto.

O elenco apresenta nomes de peso como o do ator francês Vincent Cassel e da brasileira Débora Bloch, com boas atuações, mas quem chama mesmo a atenção do espectador é a jovem Laura Neiva, estreando no cinema aos 16 anos.
 
CAA