Filmes por gênero

O APARTAMENTO (1996)

L'Appartement
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: El apartamento (Espanha)
L'appartamento (Itália)
Lügen der Liebe (Alemanha)
Pais: França, Espanha, Itália
Gênero: Drama, Mistério, Romance
Direção: Gilles Mimouni
Roteiro: Gilles Mimouni
Produção: Georges Benayoun
Design Produção: Philippe Chiffre
Música Original: Peter Chase
Fotografia: Thierry Arbogast
Edição: Françoise Bonnot, Caroline Biggerstaff
Figurino: Laurence Heller
Guarda-Roupa: Laurence Heller
Maquiagem: Luca Oblach, Lourdes Briones
Efeitos Sonoros: Eric Chevallier, Eric Devulder, Thierry Lebon e outros
Efeitos Especiais: Reyes Abades
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 2013

Elenco

Vincent Cassel Max Mayer
Romane Bohringer Alice
Jean-Philippe Écoffey Lucien
Monica Bellucci Lisa
Sandrine Kiberlain Muriel, noiva de Max
Olivier Granier Daniel
Nelly Alard Madeleine
Paul Pavel Joalheiro
Bruno Leonelli Alain Beccaria
Tateo Isaizaki Homem de negócios japonês
Tsuyu Shimizu Intérprete japonesa
Ricardo Mateo Garçom do Café
Vincent Nemeth Barman
Bruno Fernández Vella Técnico em Vídeos
Jorge Bosch Bernard
Juan Carlos Martín Alonso Técnico em Vídeos
Claude Hirch Técnico em Vídeos
Vanessa Soboul Josiane
Marcel Godot Gerente do Hotel
Oury Milshtein Recepcionista
Sandra Gayarre Vendedora de sapatos
André Haber Padre
Bruno Ricci Ator de Teatro
Fenia Papadodima Atriz de Teatro
Eva Ionesco Mulher na Agência de Viagens

Prêmios

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Indicações

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor 1º Longa-Metragem (Gilles Mimouni)

César de Melhor Revelação Feminina (Monica Bellucci)

Sinopse

Após dois anos trabalhando em Nova Iorque, o bem sucedido executivo da área de informática, Max Mayer, volta para Paris e pretende se casar brevemente com sua noiva Muriel.

Ele tem um encontro com executivos japoneses em um restaurante, já que deverá viajar para Tóquio à noite daquele mesmo dia. Ao se retirar por alguns minutos para ir ao toalete, ele ouve uma mulher falando em uma cabine telefônica e acredita que se trata de Lisa, a grande paixão de sua vida que desaparecera misteriosamente dois anos atrás. Ao sair do toalete, ele a procura na cabine, mas ela já havia ido embora. Ele cheira o seu perfume familiar no orelhão e encontra a chave de um apartamento.

Decidido a reencontrar sua amada, Max desiste da viagem para Tóquio e se dirige ao hotel com a chave que encontrara. Uma vez lá, ele a usa para entrar no apartamento, mas não encontra ninguém. Sobre uma pequena mesa, acha um obituário rasgado e decide ir até o cemitério sempre com a esperança de rever Lisa.  Sem sucesso, segue um estranho chamado Daniel, que era a pessoa com quem a mulher da cabine estava falando, e chega a um apartamento que ele agora acredita tratar-se do verdadeiro endereço de Lisa. Nesse meio tempo, Max recorda seu romance com Lisa em flashbacks.

Em seguida, ele procura seu grande amigo, Lucien, a quem fala sobre a situação que está vivendo. Dizendo precisar voltar ainda naquele dia ao endereço que julga ser o de Lisa, Max pede emprestado o carro de Lucien. Este concorda com o empréstimo desde que o amigo o devolva no máximo até sete horas da noite, já que ele vai precisar do veículo para ir ao encontro de sua namorada Alice. Max perde o controle do tempo e só devolve o carro por volta das nove horas da noite, prejudicando os planos de Lucien.

Em seguida, decide voltar ao tal apartamento e, desta vez consegue entrar no mesmo, não encontrando ninguém. Entretanto, poucos minutos depois, uma mulher entra aos prantos e se dirige a uma janela disposta a se suicidar. Max impede que ela se jogue da janela e a tranquiliza. Ela diz chamar-se Lisa, mas na realidade, trata-se de Alice, a namorada de Lucien. Uma forte chuva começa a cair e Alice não permite que ele vá embora com aquele mau tempo.  Ela insiste em dividir a cama com ele, mas Max prefere dormir sentado numa poltrona.

De madrugada, entretanto, ela o acorda aos beijos e o arrasta para sua cama, onde fazem amor. Na manhã seguinte, antes de sair para o trabalho, Alice lhe diz que o estará esperando à noite. Na realidade, Alice é obcecada por Max há anos. Enquanto este acredita que Lisa o abandonou sem deixar vestígios, na realidade, antes de partir, ela deixou com Alice uma carta para ser entregue a ele, explicando os motivos de sua viagem, carta esta que nunca chegou às suas mãos.

Alice faz de tudo para marcar novos encontros com Max, mesmo sabendo que ele continua a procurar por Lisa. Ao descobrir que ele é um grande amigo de Lucien e que Lisa está de volta à Paris, ela entrega seu diário a Max explicando toda a história de sua obsessão por ele. Em seguida, termina seu relacionamento com Lucien e aceita a sugestão de Lisa no sentido de passar uma temporada em Roma.

Por outro lado, após ler o diário de Alice, Max decide correr até o aeroporto a fim de tentar encontrá-la antes que ela embarque para a Itália, mesmo depois de saber por Lucien que Lisa voltou para Paris e que quer se encontrar com ele naquela mesma tarde.

Uma vez no aeroporto, os dois se encontram e se abraçam amorosamente. Em seguida, ela lhe pede que a aguarde ali enquanto vai pegar uma de suas valises. Nesse meio tempo, Muriel, a noiva de Max, aparece e o abraça ternamente. Do Check-in, Alice observa o casal com um sorriso em seus lábios.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Gilles Mimouni, “O Apartamento” é um filme surpreendente, um thriller romântico com um enredo complicado, mas muito bem construído. É importante ressaltar que se trata da primeira experiência de Mimouni no cinema.

Algumas reviravoltas e o uso de flashbacks prendem o espectador até a última cena. Na área técnica, além do belo trabalho apresentado por Mimouni, merecem ainda ser destacados os de edição e de direção de arte.

No elenco, o grande nome a ser citado é o de Romane Bohringer, no papel de uma mulher à beira de um colapso nervoso. Sem dúvida alguma, ela rouba muitas das cenas em que aparece. Vincent Cassel, Jean-Philippe Écoffey e Monica Bellucci também se apresentam muito bem em seus respectivos papéis.

CAA