Filmes por gênero

SUBLIME TENTAÇÃO (1956)

Friendly Persuasion
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La loi du Seigneur (França, Canadá)
La legge del Signore (Itália)
La gran prueba (Espanha)
La gran tentación (México, Chile)
Lockende Versuchung (Alemanha, Austria)
Folket i den lyckliga dalen (Suécia)
Przyjacielska perswazja (Polônia)
Folket i den lykkelige dal (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Faroeste, Guerra Civil
Direção: William Wyler
Roteiro: Michael Wilson
Produção: William Wyler
Música Original: Dimitri Tiomkin
Fotografia: Ellsworth Fredericks
Edição: Robert Swink, Edward A. Biery, Robert Belcher
Direção de Arte: Ted Haworth
Figurino: Dorothy Jeakins
Guarda-Roupa: Bert Henrikson
Maquiagem: Emile LaVigne
Efeitos Sonoros: Ralph Butler, Del Harris, Gordon Sawyer
Efeitos Especiais: Augie Lohman
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1957

Elenco

Gary Cooper Jess Birdwell
Dorothy McGuire Eliza Birdwell
Anthony Perkins Josh Birdwell
Richard Eyer Little Jess Birdwell
Robert Middleton Sam Jordan
Phyllis Love Martha 'Mattie' True Birdwell
Peter Mark Richman Gardner 'Gard' Jordan
Walter Catlett Prof. Waldo Quigley
Richard Hale Purdy
Joel Fluellen Enoch
Theodore Newton Maj. Harvey
John Smith Caleb Cope
Edna Skinner Opal Hudspeth
Marjorie Main A viúva Hudspeth
Frances Farwell Ruby Hudspeth
Marjorie Durant Pearl Hudspeth
Everett Glass Irmão Amos
Charles Halton Irmão Cope
Russell Simpson Irmão Griffith
Nelson Leigh Pastor Metodista
Jean Inness Sra. Purdy
Mary Carr Emma
Diane Jergens Elizabeth

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado

Oscar de Melhor Gravação de Som

Oscar de Melhor Canção Original (Friendly Persuasion)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Anthony Perkins)

Oscar de Melhor Direção (William Wyler)

Oscar de Melhor Filme (William Wyler)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme a Promover a Paz entre os Povos

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Marjorie Main)

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Gary Cooper)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (William Wyler)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Os Birdwells, uma próspera família Quaker de Indiana, tentam permanecer fora da Guerra Civil que está sendo travada no Sul. Quando a família se prepara para ir ao encontro dominical, a filha Mattie se maquia enquanto seus irmãos, Josh e Little Jess, brincam de soldados em guerra.

No caminho para a cidade, o pai de Gard, o fazendeiro vizinho Sam Jordan, passa ao lado dos Birdwells, iniciando seu ritual de corrida do domingo. Eliza desaprova fortemente as corridas, mas não tem êxito em convencer o marido, Jess, a desistir da competição. Como de costume, o cavalo de Sam é o vencedor. Ao chegarem à pequena cidade, enquanto os Birdwells se dirigem ao encontro dos Quakers, Sam e Gard vão participar do culto metodista. 

Durante o encontro, o Major Harvey, do exército da União, chega ao local para exortar os homens Quakers a pegarem em armas contra o Sul. Embora alguns, incluindo Jess e Josh, admitam dúvidas em relação às suas crenças pacifistas, o major não consegue nenhuma adesão, principalmente depois que Eliza, uma das Ministras, faz uma vigorosa defesa dos princípios Quakers.

Poucos dias depois, Gard, que é um oficial do exército, vai à casa dos Birdwells para ver Mattie, ocasião em que pergunta à família se eles não planejam visitar a Feira de Diversões do Condado. Embora Eliza se mostre contra a idéia, Jess consegue que toda a família vá conhecê-la.

Uma vez lá, enquanto Eliza visita um estande de colchas, Jess e Sam entram numa casa repleta de instrumentos musicais, Mattie aceita o convite de Gard para dançarem no pavilhão, Little Jess assiste numa barraca a um jogo de azar e Josh, acompanhado do amigo Caleb, passa por um ringue de luta livre, onde Caleb aceita o desafio de enfrentar um corpulento lutador. Quando Eliza vê a filha dançando e toma conhecimentos das atividades em que seus outros membros da família estiveram presentes, ela decide voltar imediatamente para casa, por achar que a Feira não seja um local conveniente àqueles que professam os princípios Quakers.

Na manhã seguinte, Jess parte em viagem de negócios através de Indiana e Ohio. Ele trabalha com mudas de plantas, tais como, macieiras, roseiras, amoreiras, framboeseiras e outras do gênero. Josh decide acompanhar o pai, apesar da opinião contrária de Eliza, que teme por sua segurança. No último dia de sua viagem, os dois param na fazenda da viúva Hudspeth, cujas três filhas estão dispostas a fazerem de tudo para se casarem. Enquanto a Sra. Hudspeth e Jess vão ao pomar para verificarem quais as melhores mudas a serem negociadas, um tímido Josh é assediado pelas três jovens. A preocupação de Josh aumenta quando a viúva insiste para que os dois pernoitem na fazenda. No dia seguinte, depois de Jess trocar o seu lento cavalo pela veloz égua da Sra. Hudspeth, ele e o filho voltam para casa depois de dez dias de viagem.

Ao chegarem, eles são recebidos por Little Jess, Mattie e por uma Eliza transbordante de alegria. Minutos depois, no entanto, tamanha felicidade se transforma numa tremenda briga, quando o Prof. Waldo Quigley chega para entregar o belíssimo órgão que Jess havia comprado, sem o conhecimento dela, quando da visita à Feira de Diversões do Condado. Ela se coloca na porta e proíbe o marido de levar o instrumento para dentro de casa. Este, por sua vez, não gostando do fato dela lhe ter proibido, ao invés de pedido, coloca o órgão em sua sala. Inconformada, Eliza decide ir dormir no celeiro. Depois que os filhos se recolhem, Jess resolve passar a noite ao lado da mulher. Na manhã seguinte, de braços dados, o casal volta para casa, ocasião em que Jess promete à Eliza que o órgão será deslocado para o sótão e que ele não o tocará aos domingos, dia dedicado ao Senhor.

No domingo, quando a família vai à cidade, graças à égua que pertencera à viúva Hudspeth, Jess ganha pela primeira vez a corrida com Sam, para desgosto de Eliza. À noite, Gard, que voltara para casa depois ser ferido no campo de batalha, aparece na casa dos Birdwells para ver Mattie. Na ocasião, Josh, Little Jess e Mattie lhe pedem para que fale sobre suas experiências no exército. Em seguida, Josh afirma que quer se juntar às tropas de defesa, mas Gard lhe pede para pensar melhor sobre sua decisão. Mais tarde, enquanto Gard e Mattie se beijam no sótão, Josh e Enoch ajudam uma vaca da família a dar à luz.

Poucos dias depois, Gard vem visitar Mattie, que está à beira do rio com Little Jess. Ele revela a Jess e à Eliza que veio se despedir porque foi recrutado para servir no Pelotão de Defesa. Logo a seguir, Josh chega e avisa que soldados confederados encontram-se a menos de 30 milhas e que deverão alcançar a fazenda da família no dia seguinte. Gard aconselha Jess e Eliza a pegarem as crianças e se esconderem na floresta, mas Eliza afirma que, se for a vontade de Deus, não há nada que eles possam fazer. Por outro lado, tendo ouvido Gard dizer que havia sido convocado, Mattie corre ao seu encontro e, juntos, confessam o amor que têm um pelo outro e prometem se casar quando tudo voltar ao normal.

Na manhã seguinte, depois de se despedir dos pais, Josh pega uma arma e se engaja no pelotão de defesa da cidade, que se dirige para a beira do rio, onde tentará impedir que os confederados o cruzem. Pouco tempo depois, quando Jess está a cortar lenha, Elder Purdy o procura para dizer que sua fazenda foi saqueada e suas colheitas queimadas. Embora Jess ofereça-se para partilhar o que tem, ele, que anteriormente se gabava de que nunca iria trair seus princípios, dá uma bronca no amigo por resistir a pegar em armas. Nesse instante, Sam chega e diz a Purdy que, se quer lutar, que vá em frente. Em seguida, Sam diz a Jess que vai até a beira do rio para ver como estão os rapazes e, se houver luta, vai lutar por si próprio e por ele. Na beira do rio, quando os confederados começam a atravessá-lo, a batalha tem início. Vendo a morte de um homem que tinha sido gentil para com ele, Josh repetidamente carrega sua arma de fogo e atira na direção dos confederados que se aproximam, enquanto lágrimas rolam pelo seu rosto.

Pouco depois, a égua da família que havia sido usada por Josh, quando de sua partida, chega à fazenda sem cavaleiro, fazendo com que Eliza acredite que seu filho esteja morto. Ato contínuo, ao ver Jess apanhar sua espingarda e partir, embora magoada, ela não tenta impedi-lo. Em seguida, soldados confederados chegam à fazenda e Eliza os surpreende ao oferecer-lhes comida e hospitalidade. No entanto, quando um dos soldados agarra seu pato de estimação, ela se torna histérica. Depois de pedir-lhe desculpas, o soldado sai com os outros, deixando-a envergonhada a ponto de pedir aos filhos que não contem, nada a respeito, para o pai.
 
Enquanto isso, Jess se aproxima do rio, onde encontra Sam mortalmente ferido, vindo a falecer minutos depois. Nesse instante, um soldado confederado atira nele, que é atingido de raspão, mas finge estar morto. Achando que os dois homens estão mortos, o soldado se afasta para recarregar sua arma, mas Jess se levanta e luta com ele, tomando-lhe o fuzil. Dizendo-lhe que não vai matá-lo, Jess permite que o mesmo vá embora tranquilamente. Minutos depois, ele se depara com a cena de devastação à beira do rio. Entre os corpos dos mortos, ele encontra o filho ligeiramente ferido, mas em estado de choque por ter matado o soldado que se acha ao seu lado. Jess o leva para casa, onde Eliza os acolhe.
 
Algum tempo depois, após as batalhas cessarem, Jess, Eliza, Josh, e Little Jess sobem na charrete da família para irem ao encontro dominical, agora seguida por uma segunda charrete em que se encontram Gard e Mattie.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num livro de Jessamyn West e escrito pelo roteirista Michael Wilson, “Sublime Tentação” é uma verdadeira jóia do cinema norte-americano de meados dos anos 50. Produzido e realizado pelo grande cineasta William Wyler, sua trama retrata o dilema moral que enfrentam os pacifistas Quakers quando suas fazendas são invadidas por tropas confederadas durante a Guerra Civil americana.

A direção de Wyler é irretocável. Na área técnica, merecem ainda ser destacados o roteiro de Michael Wilson, a trilha sonora de Dimitri Tiomkin e a fotografia de Ellsworth Fredericks. O belo tema musical, “Friendly Persuasion”, de Dimitri Tiomkin e Paul Francis Webster, que abre e fecha o filme durante a apresentação dos créditos, na voz de Pat Boone, foi indicado ao Oscar de Melhor Canção Original.

Por outro lado, há ainda o elenco que se destaca como mais outro ponto forte do filme: Gary Cooper e Dorothy Mcguire, como os cabeças da família e principais responsáveis por mantê-la sempre unida, nos brindam com brilhantes atuações; Anthony Perkins, como o filho adolescente que deve decidir se vai lutar para proteger a propriedade da família, mesmo contra a vontade de sua mãe, por sua grande atuação foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante; e a fabulosa Marjorie Main, embora com pouco tempo de tela, no papel da viúva Hudspeth, merece também ser citada.

Resumindo, “Sublime Tentação” é um filme imperdível.

CAA