Filmes por gênero

DENTRO DA NOITE (1940)

They drive by night
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Vidas nocturnas (Portugal)
Une femme dangereuse (França)
Les pirates de la route (Bélgica)
La pasión ciega (Espanha)
Strada maestra (Itália)
The road to Frisco (Reino Unido)
Sie fuhren bei nacht (Austria)
Nachts unterwegs (Alemanha)
Duistere wegen (Holanda)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Filme Noir, Suspense, Crime
Direção: Raoul Walsh
Roteiro: Richard Macaulay, Jerry Wald
Produção: Hal B. Wallis, Mark Hellinger
Música Original: Adolph Deutsch
Direção Musical: Leo F. Forbstein
Fotografia: Arthur Edeson
Edição: Thomas Richards
Direção de Arte: John Hughes
Figurino: Milo Anderson
Maquiagem: Perc Westmore
Efeitos Sonoros: Oliver S. Garretson
Efeitos Especiais: Byron Haskin, Hans F. Koenekamp
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1949

Elenco

Humphrey Bogart Paul Fabrini
George Raft Joe Fabrini
Ann Sheridan Cassie Hartley
Ida Lupino Lana Carlsen
Gale Page Pearl Fabrini
Alan Hale Ed Carlsen
Roscoe Karns Irish McGurn
George Tobias George Rondolos
John Litel Harry McNamara
John Ridgely Hank Dawson
Henry O'Neill Promotor
Joyce Compton Sue Carter
Charles C. Wilson Mike Williams
Frank Wilcox Repórter
Harry Semels Leo
John Hamilton Advogado de defesa
Howard C. Hickman Juiz
Mack Gray Mike
Joe Devlin Fatso
Carl Harbaugh Mecânico
Jack Wise Jake
Jesse Graves Charles Culpepper
Phyllis Hamilton Estenógrafa

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Os irmãos Joe e Paul Fabrini são dois caminhoneiros. Joe, teimosamente independente, está determinado a economizar o suficiente para iniciar seu próprio negócio, enquanto Paul, desencantado com a vida na estrada, sonha em ter uma vida tranquila ao lado da esposa Pearl.

Quando Ed Carlsen, um generoso dono de uma empresa de transportes, oferece a Joe um trabalho, este o recusa e Paul, por uma questão de lealdade para com o irmão, continua com sua vida na estrada. Certa noite, um Paul exausto adormece no volante, sofrendo um sério acidente, com perda de um braço e do veículo.

Lana Carlsen desejou Joe durante anos, mas ele sempre rejeitou seus avanços, especialmente depois que ela se casou com Ed. Agora, ainda apaixonada por Joe, ela convence o marido a oferecer-lhe um trabalho gerencial no escritório e Joe, agora o único apoio de seu irmão deficiente, aceita a proposta. Lana continua com sua obsessão a persegui-lo, mas ele, apaixonado por Cassie Hartley, resiste a seus avanços. Desesperada, ao sair de uma festa com o marido embriagado, ela, ao chegar em casa, o deixa no carro com o motor em funcionamento. Ed morre por asfixia, mas sua morte é considerada acidental.

Com seu marido morto, Lana oferece a Joe uma parceria no negócio, mas quando ela descobre que ele está planejando se casar com Cassie, o acusa de levá-la a cometer um assassinato. O promotor acredita nas colocações de Lana e acusa Joe como cúmplice no assassinato de Ed. Obcecada pelo crime cometido, Lana começa a perder o controle de si mesma. Assim, ao ser chamada para depor no julgamento de Joe, ela tem uma crise que termina inocentando-o. Uma vez livre, Joe volta para Cassie e para seu caminhão.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Raoul Walsh, a partir de um roteiro escrito por Richard Macaulay e Jerry Wald, “Dentro da Noite” é um ótimo filme ‘noir’ produzido pelos estúdios da Warner Bros em 1940.

A direção de Walsh é consistentemente boa, apresentando um ótimo ritmo do início ao fim. Os diálogos são inteligentes, dentro de um roteiro muito bem estruturado.

No elenco, Ida Lupino brilha no papel de Lana Carlsen, seguida pelas ótimas atuações de George Raft, Humphrey Bogart e Ann Sheridan.

CAA