Filmes por gênero

DAMA POR UM DIA (1961)

Pocketful of miracles
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Milagre por um dia (Portugal)
Milliardaire pour un jour (França)
Angeli con la pistola (Itália)
Un gángster para un milagro (Espanha)
Milagro por un día (Argentina, México)
Die unteren Zehntausend (Austria, Alemanha)
Fickan full av flax (Suécia)
Lady for en dag (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Frank Capra
Roteiro: Hal Kanter, Harry Tugend
Produção: Frank Capra
Música Original: Walter Scharf
Direção Musical: Walter Scharf
Coreografia: Nick Castle
Fotografia: Robert J. Bronner
Edição: Frank P. Keller
Direção de Arte: Hal Pereira, Roland Anderson
Figurino: Edith Head, Walter Plunkett
Maquiagem: Wally Westmore
Efeitos Sonoros: Charles Grenzbach, Hugo Grenzbach
Efeitos Visuais: Farciot Edouart
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Glenn Ford Dave 'Dude' Conway
Bette Davis Apple Annie
Hope Lange Queenie Martin
Arthur O'Connell Conde Alfonso Romero
Peter Falk Joy Boy
Thomas Mitchell Juiz Henry Blake
Ann-Margret Louise
Edward Everett Horton Hudgins
Mickey Shaughnessy Junior
Sheldon Leonard Steve Darcey
Peter Mann Carlos Romero
Barton MacLane Comissário de Polícia
John Litel Inspetor de Polícia McCrary
Jerome Cowan Prefeito
Jay Novello Cortego
Frank Ferguson Editor de jornal
David Brian Governador
Hayden Rorke Capt. Polícia Moore
Ellen Corby Soho Sal
James Griffith Briscoe
Mike Mazurki Big Mike
Fritz Feld Pierre
Gavin Gordon Sr. Cole
Betty Bronson Esposa do Prefeito
Jacqueline de Wit Louise
Byron Foulger Lloyd
Michael Ross Detetive
Bess Flowers Mulher entrando no Clube

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Glenn Ford)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Peter Falk)

Oscar de Melhor Figurino (Edith Head, Walter Plunkett )

Oscar de Melhor Canção Original (Jimmy Van Heusen, Sammy Cahn)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Bette Davis)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Frank Capra)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Canção (Jimmy Van Heusen, Sammy Cahn)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Manhattan, 'Apple' Annie é uma vendedora de rua que, com seu cesto cheio de maçãs, percorre a região da Broadway todos os dias.  Ela tem uma filha, Louise, que vive em Barcelona, onde foi criada num convento.  Em conluio com um dos recepcionistas de um luxuoso hotel da cidade, há anos ela se corresponde com a filha, usando o endereço do hotel como se nele morasse.  Seu principal cliente é Dave 'Dude' Conway, um traficante de bebidas ilegais.

Dude é extremamente supersticioso, a ponto de não fechar nenhum negócio se não estiver com uma das maçãs de Annie.  Por outro lado, é bastante generoso com as pessoas que o cercam.  Quando o amigo Rudy Martin morre, sua filha, Queenie, o procura para lhe dizer que sabe que seu pai lhe devia US$ 20 mil, dívida que ela pretende honrar nem que leve 10 anos para saldá-la.  Na ocasião, Dude decide gastar quase todo seu dinheiro para transformar Queenie numa estrela de seu clube noturno.  O investimento é um sucesso, com um ótimo retorno para ele, além de proporcionar à Queenie a oportunidade de quitar a dívida deixada pelo pai.  No 2º ano de funcionamento, o clube torna-se a sensação do bairro.

Dude e Queenie se apaixonam e passam a falar em casamento.  Entretanto, ao saber que Dude está pensando em se encontrar com Steve Darcey, o chefão do tráfico em Chicago, para discutirem uma eventual divisão de territórios, ela lhe diz que, se ele for em frente com tal idéia, poderá esquecer o casamento.

Os dois traficantes terminam se encontrando, mas não fecham nenhum acordo, pois cada um se considera como aquele que deve ditar as normas.  Cumprindo sua ameaça, Queenie se afasta de Dude e, algum tempo depois, anuncia que está para se casar com Howard Porter, o dono de um restaurante.

Annie fica arrasada ao receber uma carta da filha, avisando-lhe que está embarcando num navio com seu noivo, Carlos Romero, e o pai deste, o Conde Alfonso Romero, a fim de lhe fazerem uma visita e oficializarem o casamento.  Sem saber o que fazer, pois em suas cartas sempre se passou por uma alta dama da sociedade nova-iorquina, Annie entra em depressão, deixando de vender suas maçãs pelas ruas da Broadway.

Sem as maçãs de Annie, o supersticioso Dude entra em pânico, adiando decisões e acreditando que a sorte vai abandoná-lo.  Diante dessa situação, Queenie volta a se aliar a Dude com o fim de transformarem a velha vendedora de rua numa verdadeira dama, pelo menos durante a semana em que Louise, Carlos Romero e o Conde vão estar na cidade.  Para começar, Dude a instala numa grande suíte do Hotel Marberry, enquanto Queenie se encarrega de contratar uma equipe de profissionais especializados em figurino, maquiagem, boas maneiras, etc.  O próximo desafio da dupla é encontrar uma pessoa que possa se passar por marido de Annie, já que, em suas cartas, ela dizia à filha que a mesma tinha um padrasto.  Depois de várias sugestões, escolhem o juiz aposentado Henry Blake.

Quando o navio finalmente chega à Nova York, todo o esquema já se acha preparado e ensaiado.  Mesmo assim, a todo instante surgem imprevistos que eles têm que contornar.  A felicidade de Annie é total.  O noivado é oficializado, mas as dificuldade em manter as aparências fazem com que ela por pouco não conte toda a verdade à filha e ao conde.  Assim, chega finalmente o dia em que os visitantes retornam à Europa.

imagem imagem imagem

Comentários

"Dama por um Dia" é uma ótima comédia.  Produzido e dirigido pelo veterano cineasta Frank Capra, o filme é um remake de "Lady for a Day", realizado pelo próprio Capra em 1933.

Como sempre, Capra nos brinda com um ótimo trabalho de direção, embora inferior a outras magníficas realizações suas como "A Mulher Faz o Homem", "A Grande Ilusão" e "A Felicidade não se Compra".

A trilha sonora, onde se destaca a canção "Pocketful of Miracles", assim como, o trabalho de edição de Frank Keller, são outros pontos altos dessa deliciosa comédia.

No elenco, destacam-se as atuações de Bette Davis, Glenn Ford, Hope Lange, Thomas Mitchell e Peter Falk.  Ann-Margret, aos 20 anos de idade, faz sua estréia no cinema no papel da jovem Louise.

CAA