Filmes por gênero

DE OLHOS BEM FECHADOS (1999)

Eyes wide shut
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ojos bien cerrados (México)
Les yeux grands fermés (Canadá francês)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos
Gênero: Drama, Mistério
Direção: Stanley Kubrick
Roteiro: Stanley Kubrick, Frederic Raphael
Produção: Stanley Kubrick
Design Produção: Leslie Tomkins, Roy Walker
Música Original: Jocelyn Pook
Coreografia: Yolande Snaith
Fotografia: Larry Smith
Edição: Nigel Galt
Direção de Arte: Kevin Phipps, John Fenner
Figurino: Marit Allen
Guarda-Roupa: Nancy Thompson, Jacqueline Durran
Maquiagem: Robert McCann
Efeitos Sonoros: Edward Tise, Paul Conway, Nigel Galt e outros
Efeitos Especiais: Charles Staffell
Efeitos Visuais: Paddy Eason, Charles Staffell, Sally Goldberg
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Tom Cruise Dr. William Harford
Nicole Kidman Alice Harford
Madison Eginton Helena Harford
Sydney Pollack Victor Ziegler
Jackie Sawiris Roz
Leslie Lowe Illona
Leelee Sobieski Filha de Milich
Peter Benson Líder da Orquestra
Todd Field Nick Nightingale
Michael Doven Secretário de Ziegler
Sky Dumont Sandor Szavost
Louise J. Taylor Gayle
Vinessa Shaw Dominó, uma prostituta
Randall Paul Harris
Julienne Davis Mandy
Lisa Leone Lisa
Kevin Connealy Lou Nathanson
Marie Richardson Marion
Thomas Gibson Carl
Mariana Hewett Rosa
Rade Serbedzija Milich
Fay Masterson Sally
Christiane Kubrick Mulher sentada no Café Sonata
Katharina Kubrick Mãe de garoto na Sala de Exames
Clark Hayes Recepcionista do Hospital
Carmela Marner Garçonete no Gillespie's
Abigail Good Mulher misteriosa na Festa de Máscaras

Prêmios

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Bastone Bianco (Stanley Kubrick)

Indicações

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Americano

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

Sindicato Francês dos Críticos de Cinema, França

Prêmio da Crítica de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original

Sinopse

O médico William Harford e sua esposa, Alice, uma curadora de arte, casados há nove anos, flertam separadamente durante uma festa na casa de Victor Ziegler.  No dia seguinte, relaxados pela maconha, conversam francamente sobre seus ciúmes ao pé da cama.  Sentindo-se provocada pela aparente indiferença do marido, Alice confessa que teve desejos sexuais por outro homem durante as férias da família e que seria capaz de largar Bill e sua filha por ele.

A inesperada confissão desnorteia Bill, que fica irado com o adultério imaginário, mas o confronto iminente é interrompido pelo telefone anunciando a morte de um paciente.  Ele vai para lá e é surpreendido por uma inesperada declaração de amor de Marion, filha do falecido, que está de casamento marcado.

Na volta, Bill sai pelas ruas de Nova York, assombrado com a imagem da mulher nos braços de outro, até que encontra uma prostituta, Dominó.  Com esta, ele só não chega às vias de fato porque novamente um telefonema interfere.  O médico volta a perambular pela cidade, reencontra um amigo pianista dos tempos da faculdade e convence-o a dar o endereço de uma mansão onde se pratica uma espécie de orgia secreta.

Isso seria apenas uma experiência bizarra, se essa jornada não culminasse num misterioso caso de assassinato, num desaparecimento e em ameaças contra sua própria vida.  Desorientado entre a sensualidade, o mistério e o medo, Harford tenta organizar-se de maneira racional, em meio a uma atmosfera cada vez mais tensa, para descobrir o que realmente aconteceu, recompor-se e buscar a reconciliação com a esposa.

imagem imagem imagem

Comentários

"De Olhos Bem Fechados" é um excelente filme do mestre  Stanley Kubrick, aliás o último antes dele morrer em 07.03.1999.  Além de dirigi-lo, Kubrick co-assinou o roteiro e foi responsável pela produção.

O roteiro é perfeito e a trama bastante intrigante, já que o filme apresenta uma estrutura de suspense, com a possibilidade de conspirações e assassinatos.  Num clima de mistério, surgem uma espécie de pesadelos e uma série de personagens estranhos, que retratam fantasias sexuais.  Kubrick consegue apresentar o sexo e a nudez de uma forma mais perturbadora que erótica.

A música de Jocelyn Pook é singularmente eficaz, representando, talvez, o melhor uso de uma trilha sonora entre todos os filmes de Kubrick.  A fotografia de Larry Smith é fantástica.  A edição de Nigel Galt contribui para dar ao filme o ritmo perfeito.

Com relação ao quesito 'interpretação', há realmente apenas duas atuações que interessam em "De Olhos Bem Fechados": as de Tom Cruise e Nicole Kidman.  Atores como Sydney Pollack, Todd Field, Leelee Sobieski, só para citar alguns, desempenham seus respectivos papéis, mas seus tempos na tela são insignificantes se comparados com os dos dois líderes.  A atuação de Nicole é consistentemente magnífica.  Tom Cruise faz um bom trabalho, embora apresente alguns altos e baixos.

CAA