Filmes por gênero

MENINA DE OURO (2004)

Million Dollar Baby
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Million Dollar Baby - Sonhos vencidos (Portugal)
Una muchacha de coraje (Espanha)
La fille à un million de dollars (Canadá francês)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Clint Eastwood
Roteiro: Paul Haggis
Produção: Paul Haggis, Clint Eastwood, Tom Rosenberg, Albert Ruddy
Design Produção: Henry Bumstead
Música Original: Clint Eastwood
Fotografia: Tom Stern
Edição: Joel Cox
Direção de Arte: Jack G. Taylor Jr.
Figurino: Deborah Hopper
Guarda-Roupa: Lynda Foote, Jennifer Parker, Cathie Valdovino
Maquiagem: Tania McComas, Nancy Hancock, Jay Wejebe
Efeitos Sonoros: Alan Murray, Walt Martin, James Ashwill e outros
Efeitos Especiais: Steve Riley, Dominic V. Ruiz, Ante Dugandzic, H. Barclay Aaris
Efeitos Visuais: Liz Radley, James D. Tittle
Nota: 8.8
Filme Assistido em: 2005

Elenco

Clint Eastwood Frankie Dunn
Hilary Swank Maggie Fitzgerald
Morgan Freeman Eddie 'Scrap-Iron' Dupris
Jay Baruchel Danger Barch
Mike Colter Big Willie Little
Lucia Rijker Billie 'A Ursa Azul'
Brian F. O'Byrne Padre Horvak
Anthony Mackie Shawrelle Berry
Michael Peña Omar
Margo Martindale Earline Fitzgerald
Riki Lindhome Mardell Fitzgerald
Marcus Chait J. D. Fitzgerald
Benito Martinez Agente de Billie
Bruce MacVittie Mickey Mack
Tom McCleister Advogado
Morgan Eastwood Garotinha num caminhão
Erica Grant Enfermeira
Jamison Yang Paramédico
Susan Krebs Enfermeira
Sunshine Chantal Parkman Enfermeira
Kim Dannenberg Enfermeira

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Direção (Clint Eastwood)

Oscar de Melhor Atriz (Hilary Swank)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Morgan Freeman)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Clint Eastwood)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Hilary Swank)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Clint Eastwood)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Clint Eastwood)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado

Oscar de Melhor Ator (Clint Eastwood)

Oscar de Melhor Edição

Prêmios Amanda - Festival de Haugesund, Noruega

Amanda de Melhor Filme Estrangeiro

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Morgan Freeman)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Americano

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Frankie Dunn é uma lenda do boxe, tendo agenciado e treinado grandes boxeadores.  Ele costuma passar, aos lutadores com quem trabalha, a mesma lição que segue para sua vida: "antes de tudo, proteja-se".

Sofrendo com o doloroso afastamento de sua filha, Frankie é uma pessoa fechada, que apenas se relaciona com Scrap, um ex-boxeador e seu único amigo, que cuida também de seu ginásio.  Scrap sabe que, por baixo de sua aparência rude, encontra-se um homem que freqüenta a missa quase que diariamente, há 23 anos, em busca de um perdão por uma culpa que carrega em relação à sua filha.

Maggie Fitzgerald é uma jovem garçonete de 31 anos, com uma tremenda força de vontade, que, um dia entra no ginásio de Frankie, determinada a se tornar uma lutadora de boxe profissional.  Possuindo um talento não lapidado para o boxe, ela quer que Frankie a treine, mas este não aceita treinar mulheres e, além do mais, acredita que ela esteja velha demais para iniciar uma carreira nesse esporte.

Apesar da negativa de Frankie, Maggie se entrega totalmente aos treinos, encorajada apenas por Scrap.  Vencido pela determinação da jovem, Frankie acaba por aceitar treiná-la.  Assim, revezando momentos em que se agridem ou se inspiram mutuamente, os dois descobrem ter um espírito em comum que transcende as dores e perdas que sofreram no passado, e encontram, um no outro, a família que há muito perderam.  O que eles não sabem é que em breve enfrentarão uma batalha que exigirá mais coragem do que qualquer outra.

imagem imagem imagem

Comentários

"Menina de Ouro" é um excelente filme.  Produzido, dirigido e interpretado por Clint Eastwood, que também assina a trilha sonora, o filme é comovente, perturbador e triste, em seu final.

A direção de Eastwood é, sem dúvida alguma, incrível.  Ele está brilhante por trás das câmeras, bem como, à frente delas, com uma grande interpretação.  A história é extremamente cativante, prendendo a atenção do expectador, apesar de, em certos momentos, o filme apresentar um ritmo relativamente lento.

"Menina de Ouro" conta ainda com um ótimo roteiro, uma bela fotografia e, acima de tudo, com as extraordinárias atuações de Hilary Swank, Clint Eastwood e Morgan Freeman.  Já tendo ganho um Oscar de Melhor Atriz, por seu trabalho em "Meninos Não Choram", Hilary é agraciada com sua 2ª estatueta por sua atuação como a pobre garçonete que sonha em brilhar no mundo do boxe.

CAA