Filmes por gênero

SORTILÉGIO DE AMOR (1958)

Bell, book and candle
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'adorable voisine (França)
Una strega in paradiso (Itália)
Me enamoré de una bruja (Espanha)
Sortilegio de amor (México, Venezuela)
Meine Braut ist übersinnlich (Austria Alemanha)
Hokus pokus (Suécia)
Een huis vol heksen (Holanda)
Heks med sex (Dinamarca)
Колокол, книга и свеча (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Fantasia, Romance
Direção: Richard Quine
Roteiro: Daniel Taradash
Produção: Julian Blaustein
Música Original: George Duning
Fotografia: James Wong Howe
Edição: Charles Nelson
Direção de Arte: Cary Odell
Figurino: Jean Louis
Maquiagem: Ben Lane
Efeitos Sonoros: Franklin Hansen, John P. Livadary
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1960

Elenco

James Stewart Shepherd 'Shep' Henderson
Kim Novak Gillian 'Gil' Holroyd
Jack Lemmon Nicky Holroyd
Ernie Kovacs Sidney Redlitch
Hermione Gingold Bianca de Passe
Elsa Lanchester Tia Queenie Holroyd
Janice Rule Merle Kittridge
Philippe Clay Cantor francês no Zodiac Club
Bek Nelson Tina - Secretária de Shep
Howard McNear Andy White
Gail Bonney Betty, empregada de Merle
James Lanphier Waldo
Monty Ash Proprietário da Loja de ervas
Ollie O'Toole Ascensorista
John Truax Motorista de táxi
Don Brodie Motorista de táxi
Ted Mapes Cliente de Gillian
Os irmãos Candoli Músicos no Zodiac Club
Wolfe Barzell Proprietário do Zodiac Club

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Cary Odell, Louis Diage )

Oscar de Melhor Figurino (Jean Louis)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Comédia

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em uma Comédia (Ernie Kovacs)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Na véspera de Natal em Nova York, Gillian Holroyd, proprietária de uma Galeria especializada em arte primitiva, lamenta que sua vida seja desprovida de romance. O interesse dela é despertado por seu novo vizinho, o editor Shepherd Henderson. Quando Shepherd volta para casa naquela noite, ele encontra uma mulher espiando seu apartamento, que se apresenta como sendo Queenie Holroyd, sua vizinha. Depois que Shepherd bruscamente pede-lhe para se retirar, sem que ele saiba que ela é uma bruxa, ela olha para seu telefone e lança um feitiço.

Ao descobrir que seu telefone não está funcionando, Shepherd desce até a Galeria e pede para usar o telefone de Gillian. Enquanto ele disca o número de seu telefonema, Queenie, que é tia de Gillian, sugere que ela roube Shepherd de sua noiva. Gillian, que também é uma bruxa, percebe que sua tia tornou inoperante o telefone de Shepherd e a castiga por usar inapropriadamente seus poderes mágicos. Antes que ele saia para se encontrar com sua noiva, Queenie menciona que ela e sua sobrinha vão ao Clube Zodiac naquela noite.

Ao chegarem ao clube, Gillian afirma à Queenie que pretende abandonar sua bruxaria e se tornar uma pessoa comum. Logo depois, Shepherd entra com sua esnobe noiva, Merle Kittridge. Ao vê-la, Gillian a reconhece como sendo uma ex-colega de faculdade, que a denunciou ao diretor por não usar sapatos, e decide se vingar. Lembrando-se que ela é apavorada com trovões, Gillian usa seus poderes para fazer com que o som da bateria da orquestra do Clube, na qual seu irmão Nicky é o baterista, se torne insuportável aos ouvidos dela. Sua bruxaria funciona e Merle deixa o Clube aos gritos.

Mais tarde, na Galeria, os Holroyds trocam presentes de Natal, ocasião em que Nicky dá à Gillian uma poção mágica para que ela possa ter ao seu lado a pessoa que desejar. Lembrando que Shepherd manifestou interesse no autor mais vendido, Sidney Redlitch, Gillian usa a poção para fazer com que o escritor venha à Nova York.

Quando Shepherd volta para casa, depois de seu encontro com Merle, ele observa chamas dançando em uma tigela, onde Gillian havia ativado a tal poção mágica. Alarmado com o fogo, ele bate na porta de Gillian. Conscientes dos sentimentos de Gillian por Shepherd, Nicky e Queenie pedem desculpas e se retiram, enquanto ela lhe oferece uma bebida. Quando Shepherd lhe fala de seu casamento, no dia seguinte, Gillian pega seu gato mágico, Pyewacket, através do qual canaliza seus feitiços para ele. Assim, depois de uma noite mágica, Shepherd se declara apaixonado por Gillian.

Naquela manhã, Shepherd informa uma indignada Merle que está cancelando seu casamento. Mais tarde, em seu escritório, ele encontra Redlitch sentado na sala de espera, perguntando-se por que  experimentara um desejo inexplicável de viajar para Nova York, a fim de discutir seu novo livro com ele. Depois que Redlitch, uma autoridade em magia, propõe escrever um livro sobre as bruxas em Nova York, Shepherd se mostra cético. O escritor, então, se vangloria de reconhecer uma bruxa pelo fato de que elas são incapazes de corar ou chorar. Quando Redlitch menciona que elas costumam fazer ponto no Clube Zodiac, Shepherd o convida para tomar uma bebida com ele naquela noite no Zodiac.

Uma vez lá, depois que Redlitch descreve sua ideia para Gillian, esta se mostra contrária e pede a Nicky para boicotar o projeto. Em vez disso, ao voltar para casa com Redlitch, ele se oferece para colaborar na feitura do livro por cinquenta por cento dos lucros. Quando Nicky afirma que, como bruxo, ele está em uma posição única para ajudar a Redlitch, o autor se mostra cético até que ele lança um feitiço que faz a luz da rua acender e apagar.  

Nos dias seguintes, quando Shepherd e Gillian investem em seu romance, Nicky revela os segredos de seu negócio com Redlitch. Certa noite, quando Shepherd propõe a Gillian, ela se mostra insegura porque, de acordo com os preceitos da feitiçaria, apaixonar-se vai fazer com que ela perca seus poderes mágicos. No entanto, logo depois, ela reconsidera e aceita a proposta de Shepherd.

Depois que Gillian informa Nicky que planeja renunciar à feitiçaria para se casar com Shepherd, ele se mostra incrédulo. Receosa de que Shepherd descubra que ela era uma bruxa, Gillian pede para que Nicky deixe de colaborar com Redlitch, e quando ele se recusa, ela o adverte de que vai fazer um último feitiço para sabotar o livro. Fiel à sua palavra, Gillian lança um feitiço contra o manuscrito de Redlitch, fazendo com que Shepherd o jogue no lixo como inútil. Sentindo-se culpada por usar seus poderes para atrair Shepherd, Gillian confessa a ele que é uma bruxa e Nicky um bruxo, mas ele acredita que ela está brincando.

No entanto, não esquecendo suas palavras, Shepherd procura Queenie, que confirma que Gillian colocou um feitiço sobre ele para que não se casasse com Merle. Assim, ele procura Gillian, exigindo saber se ela realmente o ama. Em seguida, ao sair da Galeria, Shepherd vai até o Zodiac para falar com Nicky e Redlitch. Os dois o levam até a casa da Sra. Bianca de Passe, uma proeminente feiticeira, que mistura uma poção para quebrar o feitiço de Gillian. Depois de relutantemente tomar a poção, Shepherd retorna ao seu apartamento para arrumar seus pertences. Em seguida, ele para na Galeria para entregar uma vassoura à Gillian e lhe dizer adeus.

Quando Gillian ameaça maldosamente pôr um feitiço em Merle, Shepherd vai ao seu apartamento para adverti-la, mas ela acha que ele perdeu a cabeça. Ao se preparar para lançar seu feitiço, Gillian descobre que Pyewacket não se encontra no momento. Algum tempo depois, quando Queenie retorna com Pyewacket, o felino foge dela e, quando Gillian começa a chorar, ela percebe que perdeu seus poderes ao se apaixonar. À medida que os meses passam, Gillian fica cada vez mais abatida, desanimada.

Preocupada com o bem-estar de sua sobrinha, Queenie decide reconciliar Gillian e Shepherd. Nesse sentido, ela faz com que Pyewacket entre inesperadamente no escritório de Shepherd, através da janela. Assim, quando Shepherd leva o gato de volta à Gillian, em sua Galeria, ele descobre que as horríveis máscaras primitivas foram substituídas por conchas delicadas e coloridas. Ao ver Shepherd, Gillian fica nervosa, cora e chora. Percebendo que ela perdeu seus poderes mágicos, ele nota que ela está realmente apaixonada por ele, e os dois se abraçam.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Richard Quine, a partir de um roteiro escrito por Daniel Taradash, “Sortilégio de Amor” é um filme norte-americano produzido pelas empresas Columbia Pictures Corporation e Phoenix Production em 1958. Sua trama, baseada numa peça de John Van Druten, é marcada por belos cenários, pela música de George Duning e pela ótima fotografia a cargo de James Wong Howe.

Na direção, Quine realiza, mais uma vez, um hino à beleza de sua atriz fetiche, ajudado pelo suntuoso guarda-roupa criado por Lean-Louis. No elenco, depois de trabalharem juntos no filme “Um Corpo que Cai”, de Alfred Hitchcock, James Stewart e Kim Novak demonstram, mais uma vez, uma perfeita química entre eles. Merecem ainda ser citados, Jack Lemmon, Ernie Kovacs e Elsa Lanchester, com ótimas atuações.

CAA