Filmes por gênero

DE VENTO EM POPA (1957)

imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Pais: Brasil
Gênero: Comédia
Direção: Carlos Manga
Roteiro: José Cajado Filho
Produção: Guido Martinelli
Música Original: Alexandre Gnatalli
Fotografia: Ozen Sermet
Edição: Waldemar Noya
Figurino: Euracy Santos
Maquiagem: Paulo Carias
Efeitos Sonoros: Aloísio VIana, Antonio Smith Gomes
Nota: 6.8
Filme Assistido em: 1959

Elenco

Oscarito Chico
Cyll Farney Sérgio
Sônia Mamede Mara
Doris Monteiro Lucy
Zezé Macedo Madame Frou-Frou
Margot Louro Luisa
Nelson Vaz Tancredo
Eloína Empregada
Abel Pera Médico
Carlos Imperial
Francisco Carlos .
Vicente Marchelli .
Luiz Carlos Braga .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Num transatlântico, um falso taifeiro, Chico, e Mara, sua parceira numa dupla sertaneja, querem participar de um show a bordo.  

O show é promovido por Sérgio, que volta dos Estados Unidos, onde fora estudar energia nuclear a mando do pai, mas acabou se interessando em aprender bateria e música popular.  Seu sonho: montar uma boate, o que pretende fazer com o dinheiro que recebera do pai para desenvolver sua carreira de pesquisador e cientista.

Tentando iludir o pai e realizar seu sonho, Sérgio convence Chíco a se passar por um famoso professor de energia nuclear, tendo Mara como sua assistente.

Lucy, candidata a esposa de Sérgio, que fora adestrada para se transformar numa perfeita dona-de-casa, ao descobrir que não é dessa forma que conquistará seu coração, decide mudar de tática e canta uma modinha jazzística que ele próprio, sem saber, acompanha ao piano.

Na noite de estréia da boate, por ocasião da ausência do astro Melvis Prestes, Chico se veste de rei do rock'n'roll e, com uma guitarra desajeitada, dança enlouquecidamente e canta a canção "Calypso Rock'n'roll".

imagem imagem imagem

Comentários

"De Vento em Popa" é uma divertida comédia brasileira, recheada de vários sucessos musicais da época.  Realizado pelo cineasta Carlos Manga, o filme conta com a bela fotografia de Ozen Sermet e com a música de Alexandre Gnatalli.

Zezé Macedo está ótima no papel de Madame Frou-Frou, uma cantora lírica.  Oscarito, como sempre, está magnífico, apresentando vários momentos memoráveis como na seqüência em que  imita Elvis Presley.

Números musicais:
"Tem que rebolar"   (José Batista e Magno de Oliveira) com Oscarito e Sônia Mamede
"Dó, re, mi"   (Fernando César) com Dóris Monteiro
"Chove lá fora"   (Tito Madi), com Doris Monteiro
"O delegado no coco"    (José de Sousa Dantas Filho-Zé Dantas), com Oscarito e Sônia Mamede
"Mocinho bonito"   (Billy Blanco) com Dóris Monteiro

"Mambo caçula"   (Benê Alexandre e Getúlio Macedo)
"Calypso rock"   (Carlos Imperial e Roberto Reis), com Oscarito, Sônia Mamede e o grupo 'Os Terríveis'.

CAA