Filmes por gênero

CARROSSEL DA ESPERANÇA (1949)

Jour de fête
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Há festa na aldeia (Portugal)
Día de fiesta (Espanha, Argentina)
Giorno di festa (Itália)
Tatis Schützenfest (Alemanha)
Fest i byn (Suécia)
Het is feest vandaag (Holanda)
En festlig dag (Dinamarca)
Dzien swiateczny (Polônia)
Праздничный день (União Soviética)
Pais: França
Gênero: Comédia
Direção: Jacques Tati
Roteiro: Jacques Tati, Henri Marquet, René Wheeler
Produção: Fred Orain, André Paulvé
Música Original: Jean Yatove
Fotografia: Jacques Mercanton, Jacques Sauvageot
Edição: Marcel Morreau
Figurino: Jacques Cottin
Efeitos Sonoros: Jacques Maumont, Xavier Bonneyrat
Nota: 8.7
Filme Assistido em: 1951

Elenco

Jacques Tati François, o carteiro
Guy Decomble Roger, proprietário do Circo
Paul Frankeur Marcel, sócio de Roger
Santa Relli Germaine, esposa de Roger
Maine Vallée Jeannette
Roger Rafal Cabeleireiro
Jacques Beauvais Proprietário do Café
Delcassan Operadora fofoqueira do velho cinema
Robert Balpo Homem do Castelo
Valy Edith
Henri Marquet Açougareiro
Alexandre Wirtz .
Jacques Cottin .
Gisèle Lamy .
Thérèse Raveau .

Prêmios

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Internacional de Melhor Roteiro (Jacques Tati )

Indicações

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Leão de Ouro (Jacques Tati)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

François é o carteiro de uma pequena cidade francesa. Ele é frequentemente o centro das atenções na cidade, que nem sempre o trata como deveria. Ele tenta ser útil e amável, mas a maioria da cidade zomba dele quando ele não se acha presente.

Quando das festividades do dia da Bastilha na cidade, depois dele ter bebido bastante, os habitantes o convidam para assistir a um curta-metragem sobre as modernas técnicas utilizadas pelo Serviço Postal norte-americano, as quais incluem, entre outras facilidades, a utilização de helicópteros e aviões.

No dia seguinte, ao ficar sóbrio e determinado a aumentar a velocidade de suas entregas, François se inspira no exemplo norte-americano e procura modernizar seu trabalho com a ajuda de sua bicicleta, provocando uma série de confusões entre os moradores da cidade. Nessa tarefa, ele ultrapassa carros, gira em torno de uma vaca, enfrenta uma cabra irritante e um incontável número de copos de vinho branco que se interpõem em seu caminho.

No final, os habitantes da pequena cidade reconhecem que, dentro de suas limitações, ele incorporou o jeito americano de realizar o serviço postal.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Jacques Tati, a partir de um roteiro por ele escrito, juntamente com Henri Marquet e René Wheeler, “Carrossel da Esperança” é uma deliciosa comédia francesa produzida no final dos anos 1940. Sua trama conta a história de um modesto carteiro de uma pequena cidade da França que, após assistir um documentário sobre os avanços tecnológicos do serviço postal americano, decide provar que não é menos capaz.

O grande nome do filme é, sem nenhuma dúvida, Jacques Tati, diretor, um dos roteiristas e principal ator, no papel do modesto carteiro. Sua genialidade nos faz lembrar o inigualável Charles Chaplin.

Outro quesito que merece atenção é a excelente música a cargo de Jean Yatove.

Enfim, “Carrossel da Esperança” é um filme altamente recomendável.

CAA