Filmes por gênero

TUDO EM FAMÍLIA (2005)

The family Stone
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Esprit de famille (França, Bélgica)
Die Familie Stone - Verloben verboten! (Alemanha, Austria)
La joya de la familia (Espanha, Argentina)
La famille Stone (Canadá francês)
La neve nel cuore (Itália)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Thomas Bezucha
Roteiro: Thomas Bezucha
Produção: Michael London
Design Produção: Jane Ann Stewart
Música Original: Michael Giacchino
Fotografia: Jonathan Brown
Edição: Jeffrey Ford
Direção de Arte: T.K. Kirkpatrick
Figurino: Shay Cunliffe
Guarda-Roupa: Mark Agnes, Narciso Rodríguez, Lori Stilson e outros
Maquiagem: Kelcey Fry, Judy Chin, Carla White e outros
Efeitos Sonoros: Susan Dawes, Craig Heath, Matt Patterson e outros
Efeitos Especiais: Chris Bailey, Connie Brink, Joseph Livolsi
Efeitos Visuais: David Lingenfelser, Karen Murphy, Mark Dornfeld
Nota: 6.9
Filme Assistido em: 2006

Elenco

Diane Keaton Sybil Stone
Craig T. Nelson Kelly Stone
Sarah Jessica Parker Meredith Morton
Rachel McAdams Amy Stone
Claire Danes Julie Morton
Dermot Mulroney Everett Stone
Luke Wilson Ben Stone
Tyrone Giordano Thad Stone
Elizabeth Reaser Susannah Stone Trousdale
Brian White Patrick Thomas
Paul Schneider Brad Stevenson
Jamie Kaler John Trousdale
Savannah Stehlin Elizabeth Trousdale
Robert Dioguardi Davis Silver
Carol Locatell Joalheira

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Sarah Jessica Parker)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Diane Keaton)

Sinopse

Tradicionalmente, Sybil e Kelly Stone reúnem toda sua família durante as comemorações natalinas. Sybil é uma mulher forte e voluntariosa, que tem as rédeas da família, mas que, por outro lado, trata com naturalidade certos tabus da sociedade como a maconha, a virgindade e o homossexualismo.  É nessa ocasião que todos podem se reunir com Everett, o filho mais velho e favorito que mora em Manhattan.

Assim, em sua casa, numa pequena cidade da Nova Inglaterra, Sybil e Kelly se preparam para mais uma dessas reuniões anuais.  Enquanto aguardam a chegada de Everett, encontram-se com eles seus filhos Ben, o mais descontraído de todos, Thad, o caçula surdo e gay, em companhia de seu parceiro, o negro Patrick, a filha casada e grávida, Susannah, juntamente com a pequena Elizabeth, e Amy, a filha mais nova.

Everett finalmente chega, em companhia de Meredith, uma típica executiva estressada de Nova York, com quem ele pretende se casar.  Com exceção de Ben, todos antipatizam de cara com a recém-chegada, principalmente Sybil e Amy.  A pressão sobre ela é tamanha que Meredith decide mudar-se para uma pousada local, ao mesmo tempo em que telefona para sua irmã, Julie, pedindo-lhe para que venha se juntar a ela a fim de lhe dar apoio.

Tal rejeição, por parte da família, abala os planos de Everett de pedi-la formalmente em casamento no dia seguinte, principalmente quando descobre que sua mãe, Sybil, tem apenas poucos meses de vida.  Enquanto isso, Ben faz de tudo para consolar a futura cunhada, levando-a até um barzinho, de onde saem depois de tomarem um senhor porre.

Na manhã seguinte, Julie chega e, ao contrário da irmã, é muito bem aceita por todos.  Nesse ínterim, Kelly procura o filho Ben em seu quarto e descobre que Meredith passara a noite lá.  A confusão está formada quando Everett descobre o ocorrido.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito e dirigido por Thomas Bezucha, embora não tenha nada de excepcional, "Tudo em Família" é um bom filme sobre relações familiares.

A trama é bastante previsível.  Ao escrever o roteiro, Bezucha aborda vários temas interessantes e atuais, como a relação estável entre gays que, no filme, terminam adotando uma criança, a relação sexual antes do casamento, entre outros.  Como diretor, mesclando drama e comédia, consegue imprimir um bom ritmo à trama.  A música de Michael Giacchino agrada.

O elenco, de um modo geral, está todo muito bem.  Entretanto, merecem ser destacadas as atuações de Sarah Jessica Parker, no papel da hóspede antipatizada, e de Diane Keaton, como a matriarca da família.

CAA