Filmes por gênero

TARDE DEMAIS (1949)

The heiress
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A herdeira (Portugal)
L'héritière (França)
La heredera (Espanha)
L'ereditiera (Itália)
Die Erbin (Alemanha, Austria)
Arvtagerskan (Suécia)
De erfgename (Holanda)
Arvingen (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: William Wyler
Roteiro: Augustus Goetz, Ruth Goetz
Produção: William Wyler
Design Produção: Harry Horner
Música Original: Aaron Copland
Fotografia: Leo Tover
Edição: William Hornbeck
Direção de Arte: Harry Horner, John Meehan
Figurino: Edith Head
Guarda-Roupa: Gile Steele
Maquiagem: Wally Westmore, William Woods, Hal Lierley
Efeitos Sonoros: Hugo Grenzbach, John Cope, Leon Becker
Efeitos Especiais: Gordon Jennings
Nota: 8.9
Filme Assistido em: 1952

Elenco

Olivia de Havilland Catherine Sloper
Montgomery Clift Morris Townsend
Ralph Richardson Dr. Austin Sloper
Miriam Hopkins Lavinia Penniman
Vanessa Brown Maria
Betty Linley Sra. Montgomery
Ray Collins Jefferson Almond
Mona Freeman Marian Almond
Selena Royle Elizabeth Almond
Paul Lees Arthur Townsend
Harry Antrim Sr. Abeel
Russ Conway Quintus
David Thursby Geier
Franklyn Farnum Dr. Isaacs
Harry Pipe Sr. Gebhardt
Louise Lorimer Secretária do Dr. Sloper
Douglas Spencer Pastor
Donald Kerr Vendedor ambulante de peixe

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Olivia de Havilland)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (John Meehan, Harry Horner, Emile Kuri)

Oscar de Melhor Figurino em Branco e Preto (Edith Head, Gile Steele)

Oscar de Melhor Trilha Sonora de uma Comédia ou Drama (Aaron Copland)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Olivia de Havilland)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Olivia de Havilland)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (William Wyler)

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Leo Tover)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Ralph Richardson)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (William Wyler)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miriam Hopkins)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Ralph Richardson)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (Ruth Goetz, Augustus Goetz)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em meados do século XIX, Catherine Sloper é uma jovem doce mas sem maiores atrativos, filha de um rico e tirano viúvo, o Dr. Austin Sloper.  Eles vivem em Washington Square, Nova York.  Ele controla todos os seus movimentos e sempre está a lhe dizer que ela não se parece em nada com sua falecida mãe, uma mulher bonita e charmosa.

Os pretendentes terminam por evitá-la, face às suas maneiras desajeitadas.  Entretanto, quando ela conhece Morris Townsend em uma festa, recebe dele uma inesperada atenção que a deixa lisonjeada, principalmente quando ele lhe fala de suas intenções de casar-se com ela.  Ao tomar conhecimento do ocorrido, Dr. Austin logo lhe diz que Townsend é um caçador de dotes, que ele não está interessado nela e sim no seu dinheiro.  A fim de evitar o assédio de Townsend, Dr. Austin viaja com a filha para a Europa, na esperança de que, ao voltarem, Catherine já o terá esquecido.

Entretanto, cada vez mais, ela se sente apaixonada pelo rapaz, tendo que escolher entre sua família e seu amor, enquanto luta para acreditar que ele está realmente interessado nela e não no que ela possui.  Assim, determinada a viver sem o pai e sem o seu dinheiro, ela conta a Townsend sua decisão e lhe pede que volte à noite para que os dois fujam juntos.

À noite, como havia combinado, ela o espera horas a fio, até que sua tia, Lavinia Penniman, lhe diz acreditar que ele queria apenas a sua fortuna e que ela não lhe devia ter falado sobre seus planos de viver sem o dinheiro do pai.  Só aí, ela se convence das reais intenções de Townsend.

Finalmente, ao se confrontar com o rapaz, ela percebe ser capaz de controlar seus próprios sentimentos e que não voltará a ser vítima de ninguém.  Ela triunfa, assim, sobre os abusos emocionais legados do pai e está pronta para começar uma vida nova.

imagem

Comentários

"Tarde Demais" é um excelente filme que trata do drama de um tímida jovem, herdeira de um pai tirano, que fica dividida quando se apaixona por um pretendente que está apenas de olho em sua fortuna.

Com um ótimo roteiro e uma bela trilha sonora, o filme é absorvente  e altamente recomendável.  A direção de William Wyler é perfeita, tendo sido indicada a um Oscar.  Os quatro principais atores, Olivia de Havilland, Ralph Richardson, Montgomery Clift e Miriam Hopkins estão ótimos em seus papéis, com destaque para os dois primeiros.  Olivia de Havilland excede as expectativas ao representar uma jovem doce, mas desajeitada e sem maiores atrativos, tendo merecido o Oscar de Melhor Atriz.

CAA