Filmes por gênero

CLAMOR DO SEXO (1961)

Splendor in the Grass
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Esplendor na relva (Portugal)
La fièvre dans le sang (França)
Splendore nell'erba (Itália)
Esplendor en la hierba (Espanha, Argentina, México)
Fieber im Blut (Alemanha)
Feber i blodet (Suécia, Dinamarca, Noruega)
Wiosenna bujnosc traw (Polônia)
Beликолепие в траве (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Elia Kazan
Roteiro: William Inge
Produção: Elia Kazan, William Inge, Charles H. Maguire
Design Produção: Richard Sylbert
Música Original: David Amram
Direção Musical: David Amram
Coreografia: George Tapps
Fotografia: Boris Kaufman
Edição: Gene Milford
Figurino: Anna Hill Johnstone
Guarda-Roupa: Flo Transfield, George Newman
Maquiagem: Robert Jiras
Efeitos Sonoros: Dick Vorisek, Edward J. Johnstone, Frank Lewin
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1962

Elenco

Natalie Wood Wilma Dean Loomis
Warren Beatty Bud Stamper
Pat Hingle Ace Stamper
Audrey Christie Sra. Loomis
Barbara Loden Ginny Stamper
Zohra Lampert Angelina
Charles Robinson Johnny Masterson
Jan Norris Juanita Howard
Joanna Roos Sra. Stamper
Fred Stewart Del Loomis
John McGovern Doc Smiley
Martine Bartlett Srta. Metcalf
Ivor Francis Dr. Judd
William Inge Reverendo Whitman
Eugene Roche Detetive particular
Sandy Dennis Kay
Lynn Loring Carolyn
Gary Lockwood Allen 'Toots' Tuttle
Sean Garrison Glenn
Crystal Field Hazel
Marla Adams June
Mark Slade Rusty

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original (William Inge )

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (Warren Beatty)

Prêmios Photoplay, Estados Unidos

Prêmio Medalha de Ouro

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Natalie Wood)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Estrangeira (Natalie Wood)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Warren Beatty)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Natalie Wood)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Elia Kazan)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama (Natalie Wood)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em uma pequena cidade de Kansas, no final da década de 1920, dois alunos do ensino médio, Wilma Dean Loomis e Bud Stamper, se apaixonam. Amedrontados por seus desejos físicos, mas não querendo ter uma relação sexual, seu tempo juntos se mostra cheio de confusão e frustração. Além disso, seus pais bem-intencionados são de pouca ajuda. A mãe de Wilma é uma mulher dominadora que se orgulha de sua aversão aos homens e adverte sua filha de que garotas finas não têm sentimentos sexuais.

O pai de Bud, Ace Stamper, é um milionário arrogante que aconselha seu filho a esquecer o casamento até que ele se gradue em Yale. Assim, incapazes de consumarem seu amor, seja sexualmente ou através do casamento, os jovens põem um ponto final em seu relacionamento. Para Bud, isso significa um colapso físico e emocional, e, depois de ser acometido de uma pneumonia, ele faz amizade com Juanita, a garota mais permissiva da escola. Por outro lado, após uma tentativa de suicídio, Wilma sofre um esgotamento nervoso e é enviada a um sanatório para ser submetida a tratamentos psiquiátricos.

Anos depois, uma tragédia adicional atinge Bud. Sua irmã promíscua, Ginny, morre em um acidente automobilístico, enquanto seu pai, cujas explorações de petróleo foram seriamente abaladas pelo crash da Bolsa de Valores de 1929, comete suicídio. Desorientado, ele deixa Yale, depois de falhar em seus estudos, e se casa com uma pobre garçonete italiana, Angelina.

Por outro lado, quando Wilma é liberada do sanatório, seu colega Johnny Masterson lhe propõe casamento, oferecendo-lhe a chance de uma nova vida. Antes de aceitar sua proposta, ela sente necessidade de ver Bud mais uma vez. Assim, ela o visita em sua pequena fazenda, onde os dois se sentem como estranhos, percebendo que o passado deve ser esquecido.

imagem