Filmes por gênero

UM LUGAR CHAMADO NOTTING HILL (1999)

Notting Hill
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Coup de foudre à Notting Hill (França, Bélgica)
Un lugar llamado Notting Hill (Argentina)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos
Gênero: Comédia Romântica
Direção: Roger Michell
Roteiro: Richard Curtis
Produção: Duncan Kenworthy
Design Produção: Stuart Craig
Música Original: Trevor Jones
Coreografia: Geraldine Stephenson
Fotografia: Michael Coulter
Edição: Nick Moore
Direção de Arte: John King, Andrew Ackland-Snow, David Allday
Figurino: Shuna Harwood
Guarda-Roupa: John Scott, Jane Petrie, Fran Vega-Buck
Maquiagem: Richard Dean, Jenny Shircore, Norma Webb
Efeitos Sonoros: David Stephenson, Derek Lomas, Ed Colyer e outros
Efeitos Especiais: Dave Crownshaw
Efeitos Visuais: Timothy Webber, Dan Glass, Fiona Walkinshaw
Nota: 7.3
Filme Assistido em: 2000

Elenco

Julia Roberts Anna Scott
Hugh Grant William Thacker
Richard McCabe Tony
Rhys Ifans Spike
James Dreyfus Martin
Dylan Moran Rufus, o ladrão
Roger Frost Cliente importuno
Henry Goodman Recepcionista do Ritz
Alec Baldwin Jeff King
Lorelei King Karen
Tim McInnerny Max
Emma Bernard Keziah
Sally Phillips Carolyn
Arturo Venegas Ator estrangeiro
Gina McKee Bella
Emma Chambers Honey
Hugh Bonneville Bernie
Melissa Wilson Tessa
Dennis Matsuki Homem de negócios japonês
Patrick Barlow Patrick Barlow Recepcionista do Savoy
Maureen Hibbert Jornalista
David Sternberg Jornalista

Prêmios

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio do Público

Prêmio do Público

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio Alexander Korda de Melhor Filme Britânico

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Rhys Ifans)

Prêmios Amanda - Festival de Haugesund, Noruega

Amanda de Melhor Filme Estrangeiro

Academia do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Julia Roberts)

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Hugh Grant)

Sinopse

Anna Scott é a atriz de cinema mais famosa do mundo.  Suas fotos aparecem nas capas de todas as revistas e qualquer movimento que faça o mundo todo fica sabendo.  William Thacker possui uma livraria no extravagante bairro de Notting Hill, em Londres.  Seu negócio está estagnado, sua vida amorosa não é nada satisfatória e, até na vida doméstica, ele divide o apartamento com um cara horroroso e completamente idiota.

Um dia, ele assiste à deusa entrar em sua livraria, comprar um livro e sair sem lhe dar a menor importância.  Minutos depois, o desajeitado William esbarra casualmente na rua na famosa atriz e lhe dá um banho de suco de laranja.  Para remediar a situação, ele a convida a ir até sua casa, um verdadeiro antro de bagunça e sem nenhum glamour, para que possa limpar os estragos ocasionados em sua roupa.

A imprensa sensacionalista logo descobre que o pacato dono de livraria hospedou em sua casa a grande diva do cinema.  É o que bastava para sua vida virar de pernas para o ar.  Começam as perseguições infernais dos "paparazzi", a surgir imagens fabricadas e os repórteres infames que povoam a vida das celebridades.

imagem imagem imagem

Comentários

"Um Lugar Chamado Notting Hill" é uma agradável comédia, reunindo Julia Roberts e Hugh Grant nos papéis principais.  Realizado pelo cineasta sul-africano, radicado em Londres, Roger Michell, o filme narra uma interessante história de amor, sem cair numa overdose açucarada.

Roteirizado por Richard Curtis, um dos melhores escritores britânicos em 1999, às vezes parece forçado, mas nada que prejudique o desenvolver da narrativa.  Inserido na trama, encontra-se um dos problemas mais atuais, qual seja a perseguição que as celebridades sofrem dos famosos "paparazzi".

A história apresenta alguns momentos maravilhosos.  A trilha sonora é ótima, bem como, a fotografia de Michael Coulter.

Os grandes destaques são, sem dúvida, as participações de Julia Roberts e Hugh Grant, embora ambos não estejam em seus melhores dias.  O elenco coadjuvante também não se sai mal, valendo destacar a participação especial de Alec Baldwin.
 
CAA