Filmes por gênero

UM SONHO EM HOLLYWOOD (1944)

Hollywood Canteen
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Sonho em Hollywood (Portugal)
Hollywood Canteen (França, Suécia, Dinamarca)
Ho baciato una stella (Itália)
Hollywood-Kantine (Alemanha)
Hollywood-kanttiini (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Musical
Direção: Delmer Daves
Roteiro: Delmer Daves
Produção: Alex Gottlieb
Música Original: M. K. Jerome
Fotografia: Bert Glennon
Edição: Christian Nyby
Direção de Arte: Leo Kuter
Figurino: Milo Anderson
Maquiagem: Perc Westmore
Efeitos Sonoros: Charles David Forrest, Oliver Garretson
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1947

Elenco

Bette Davis Ela própria
Eleanor Parker Ela própria
Joan Crawford Ela própria
Barbara Stanwyck Ela própria
Joan Leslie Ela própria
Ida Lupino Ela própria
Alex Smith Ela própria
Jane Wyman Ela própria
Roy Rogers Ele próprio
Alan Hale Ele próprio
Sydney Greenstreet Ele próprio
Peter Lorre Ele próprio
Paul Henreid Ele próprio
John Garfield Ele próprio
Jack Carson Ele próprio
S. Z. Sakall Ele próprio
Zachary Scott Ele próprio
Andrea King Ela própria
Faye Emerson Ela própria
Patty Andrews Ela própria (The Andrew Sisters)
Maxene Andrews Ela própria (The Andrew Sisters)
Laverne Andrews Ela própria (The Andrew Sisters)
Eddie Cantor Ele próprio
Irene Manning Ela própria
Joyce Reynolds Ela própria
Dane Clark Sgt. Nolan
Robert Hutton Cabo Ed 'Slim' Green
Janis Paige Angela
Jimmy Dorsey Ele próprio
Carmen Cavallaro Ele próprio
Jack Benny Ele próprio
Rosario e Antonio Eles próprios
Kitty Carlisle Ela própria
William Prince Ele próprio

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Gravação de Som (Nathan Levinson)

Oscar de Melhor Canção Original (M.K. Jerome, Ted Koehler)

Oscar de Melhor Trilha Sonora de um Musical (Ray Heindorf)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

 Durante a 2ª Guerra Mundial, Ed 'Slim' Green, um cabo que se acha no front do Pacífico Sul, é apaixonado pela atriz Joan Leslie.  Ao ser ferido numa batalha, ele e seu amigo, o Sgt. Nolan, são enviados à Hollywood, a fim de repousarem e se divertirem antes de voltarem ao teatro da guerra.

Quando Slim demonstra interesse em conhecer algumas atrizes do cinema, ele é enviado à Hollywood Canteen, um local de reunião para soldados, organizado por atores e atrizes.  Uma vez lá, fica impressionado ao tomar conhecimento que todos os shows e comida são gratuitos para soldados e mulheres.  Ao saber que ele é enrabichado por Joan Leslie, a presidenta da Cantina, Bette Davis, e Jane Wyman, fazem com que os dois se encontrem.

No dia seguinte, não acreditando na experiência vivida por Slim, Nolan decide acompanhá-lo em sua volta à Cantina, onde se mostra igualmente encantado com a simpatia das atrizes.  Os dois amigos, continuando a freqüentar o local e suas redondezas, encontram casualmente Joan Leslie no Mercado do Fazendeiro.  À noite, Slim torna-se o milionésimo soldado a visitar a Cantina, sendo agraciado com uma luxuosa suíte de um hotel, um carro, uma visita a um Estúdio de Cinema e um encontro com sua atriz favorita.  Ele convida Nolan para compartilhar de sua suíte e pede que seu encontro seja com Joan Leslie.  Após sair com ela, ele a deixa em casa, ocasião em que, sentados no quintal, falam de suas vidas.

No dia seguinte, Slim e Nolan visitam os Estúdios da Warner Bros e, em seguida, Slim janta na casa dos pais de Joan.  Antes de voltar para a zona de guerra, ele profere um patriótico discurso na Cantina, ao mesmo tempo em que homenageia todos os que dela participam.

Joan promete levá-lo à Estação Ferroviária, mas ao se deslocar para apanhá-lo no hotel, seu carro fica sem gasolina, atrasando-a.  Slim escreve um bilhete, agradecendo-lhe pelo maravilhoso fim-de-semana que ela lhe proporcionou.  No último minuto, entretanto, ela chega à Estação a tempo de lhe dar um beijo de despedida.

imagem

Comentários

"Um Sonho em Hollywood" é um agradável, romântico e fascinante entretenimento.  Dirigido pelo grande diretor Delmer Daves, que também assina o roteiro, sua trama é um mero pretexto para apresentar alguns dos mais famosos astros e estrelas da Hollywood dos anos 40, a maioria deles usando seus próprios nomes.

Durante um pouco mais de 2 horas de projeção, o espectador tem a oportunidade de assistir ao desfile de grandes monstros sagrados do cinema como, por exemplo, Barbara Stanwyck, Bette Davis, Joan Crawford e Eleanor Parker.  Alguns apresentam-se como empregados do Bar, outros como garçonetes, garçons e artistas que interpretam algum número em seus palcos.  Entre estes últimos, acham-se Jimmy Dorsey e sua Orquestra, as Andrew Sisters, Carmen Cavallaro e seu piano, o comediante Eddie Cantor e Roy Rogers com o seu Trigger.  Peter Lorre e Sydney Greenstreet estão ótimos ao fazerem uma deliciosa evocação ao filme "Relíquia Macabra", de 1941.  John Garfield e Bette Davis aparecem como os anfitriões que recebem os convidados.

As canções e os números de dança são magníficos.  Aliás, o filme foi indicado aos Oscars de Melhores Efeitos Sonoros, Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original.

CAA