Filmes por gênero

DOCES PODERES (1996)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Sweet power (Estados Unidos)
Pais: Brasil
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Lúcia Murat
Roteiro: Lúcia Murat
Produção: Taiga Filmes
Design Produção: Sérgio Menezes
Música Original: Sacha Amback
Fotografia: Antônio Luiz Mendes
Edição: César Migliorin
Figurino: Inês Salgado
Maquiagem: Luiz Ferreira
Efeitos Sonoros: Maria Muricy
Nota: 7.1
Filme Assistido em: 1996

Elenco

Marisa Orth Beatriz Campos Jordão
Antônio Fagundes Deputado Chico Silva
Otávio Augusto Deputado Léo Miranda
José de Abreu Ronaldo Cavalcanti
Cláudia Lira Tatiana Lins
Sérgio Mamberti Bob
Tuca Andrada Alex
Cristina Aché Jornalista do Paraná
Catarina Abdala Jornalista de Pernambuco
Elias Andreato Jornalista do Paraná
Vicente Barcellos Guilherme
Jonas Bloch Paulo Beckman
Chico Diaz Jornalista de Rondônia
Zezé Polessa Jornalista de Brasília
Amir Haddad Dr. José Amâncio
Stepan Nercessian Candidato - Rondônia
Luís Melo Araponga
Vicente Janotti Candidato da oposição
Guida Oliveira Sra. Beckman
Daniel Minc Filho de Beckman
Júlia Murat Filha de Beckman
Luís Antônio Pilar Luizinho Vargas
Carmen Moretzsohn Repórter da TV
Mônica Botkay Fotógrafa

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Aceitando o cargo de chefe da sucursal de Brasília de uma grande rede de televisão, a jornalista Bia Jordão viaja para a capital do país em pleno período eleitoral.  

Ao mesmo tempo em que se surpreende com a debandada de colegas de profissão (todos agora trabalhando junto a políticos em outros estados), Bia reencontra seu antigo amor, na pessoa de Chico Silva, deputado e ex-militante da esquerda e que está coordenando a campanha do candidato de esquerda Luizinho Vargas ao governo do Distrito Federal, em oposição ao liberal e demagogo Ronaldo Cavalcanti.

As tentativas de fazer um jornalismo sério e realizar uma cobertura imparcial da campanha encontra obstáculos quando Bia recebe pressões de seus superiores do Rio de Janeiro para amenizar as denúncias contra Ronaldo, e quando a assessoria deste, preocupada com o crescimento do negro e humilde Luizinho nas pesquisas, passa a se utilizar de meios como a chantagem para conter o adversário.

imagem

Comentários

"Doces Poderes" é um bom filme brasileiro.  Roteirizado e dirigido pela cineasta Lúcia Murat, o filme procura mostrar a influência da mídia numa campanha eleitoral marcada pela corrupção.

O trabalho de Murat é competente, convincente.  Antônio Fagundes está perfeito no papel do deputado Chico Silva.  Marisa Orth também apresenta uma boa atuação.

Enfim, embora não seja um filme premiado, "Doces Poderes" merece ser visto, principalmente pela forma como tenta mostrar os bastidores do poder.

CAA