Filmes por gênero

LABIRINTO DE PAIXÕES (1962)

The spiral road
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'homme de Bornéo (França)
La strada a spirale (Itália)
Camino de la jungla (Espanha)
Laberinto trágico (México)
Am schwarzen fluß (Alemanha, Austria)
Djungeldoktorn (Suécia)
Junglelægen (Dinamarca)
Tehtävä viidakossa (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura
Direção: Robert Mulligan
Roteiro: John Lee Mahin, Neil Paterson
Produção: Robert Arthur
Música Original: Jerry Goldsmith
Direção Musical: Joseph Gershenson
Fotografia: Russell Harlan
Edição: Russell F. Schoengarth
Direção de Arte: Henry Bumstead, Alexander Golitzen
Figurino: Rosemary Odell
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: Joe Lapis, Waldon O. Watson
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1997

Elenco

Rock Hudson Dr. Anton Drager
Burl Ives Dr. Brits Jansen
Gena Rowlands Els
Geoffrey Keen Willem Wattereus
Neva Patterson Louise Kramer
Will Kuluva Dr. Sordjano
Philip Abbott Frolick
Larry Gates Dr. Kramer
Karl Swenson Inspetor Bevers
Edgar Stehli Sultão
Judy Dan Laja
Robert F. Simon Dr. Martens
Ibrahim Pendek Stegomyia
Reggie Nalder Burubi
Leon Lontoc Dr. Hatta
David Lewis Major Vlormans
Parley Baer Sr. Boosmans
Fredd Wayne Van Bloor
Leslie Bradley Krasser
Barbara Morrison Sra. Boosmans
Martin Brandt Dr. Sander
Paul Keast Ministro

Prêmios

Prêmios Bambi, Alemanha

Prêmio Bambi de Melhor Ator Internacional (Rock Hudson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1936, um jovem médico ateu, Dr. Anton Drager, viaja para Java a fim de estudar os efeitos da lepra ao lado de um especialista no assunto, Dr. Brits Jansen. Os dois médicos têm muito em comum, no que tange aos seus pontos de vista científicos, mas, por outro lado, são filosoficamente incompatíveis, já que Drager não compartilha das mesmas crenças de Jansen nessa área. Além disso, sua esposa, Els, sente-se negligenciada por causa de sua dedicação quase que exclusiva ao trabalho.

Em Java, Drager se vê obrigado a embrenhar-se na selva para localizar Frolick, que se acha perdido. Este foi levado à loucura por Burubi, um xamã, que por meio de invocações ritualísticas, manifesta supostas faculdades curativas e divinatórias. Ao localizá-lo, no entanto, ele se vê obrigado a matá-lo em auto-defesa.

Após resgatar outro médico, na mesma região, Drager se vê perdido na selva. Ele quase morre e se acha em coma no momento em que é resgatado. Seu calvário faz com que ele mude suas percepções filosóficas e passe a acreditar, como Jansen, na natureza pecaminosa dos seres humanos e na necessidade de manter a fé salvadora através dos ensinamentos deixados por Nosso Senhor Jesus Cristo. Agora, ele tem consciência de que não se pode viver sem pensar no próximo, na esposa, em Deus.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Robert Mulligan, “Labirinto de Paixões” é um ótimo filme americano do início dos anos 1960. É um daqueles filmes que se pode assistir várias vezes, sempre encontrando novos detalhes.

Na direção, Mulligan realiza um bom trabalho, no que é ajudado pelas excelentes atuações de Burl Ives e Rock Hudson, tendo este último sido agraciado com o Prêmio Bambi de Melhor Ator Internacional. A música de Jerry Goldsmith é outro item que merece ser destacado.

Enfim, “Labirinto de Paixões” é um filme que merece ser visto e revisto.

CAA