Filmes por gênero

MAYERLING (1968)

Mayerling
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Pais: França, Reino Unido
Gênero: Romance, Histórico
Direção: Terence Young
Roteiro: Terence Young
Produção: Robert Dorfmann
Design Produção: Georges Wakhévitch
Música Original: Francis Lai
Coreografia: Beatrice Mosena
Fotografia: Henri Alekan
Edição: Monique Bonnot
Direção de Arte: Maurice Colasson, Tony Roman
Figurino: Marcel Escoffier
Guarda-Roupa: Jeanne Renucci, Pierre Nourry, Georgette Fillon
Maquiagem: Marie-Madeleine Paris, Roger Chanteau, Odette Berroyer
Efeitos Sonoros: Jacques Carrère, Joseph de Bretagne, Len Shilton e outros
Nota: 6.5
Filme Assistido em: 1998

Elenco

Omar Sharif Príncipe Rudolf da Áustria, Hungria e Bohemia
Catherine Deneuve Baronesa Maria Vetsera
James Mason Imperador Franz-Josef
Ava Gardner Imperatriz Elizabeth
James Robertson Justice Edward, o Príncipe de Gales
Geneviève Page Condessa Larish
Andréa Parisy Princesa Stéphanie da Bélgica
Mony Dalmès Baronesa Vetsera
Fabienne Dali Mizzi Kaspar
Lyne Chardonnet Hanna Vetsera
Liane Daydé Princesa Giselle, irmã de Rudolf
Irene von Meyendorff Condessa Stockau
Howard Vernon Príncipe Montenuevo
Jean-Claude Bercq Duque Michael de Braganza
Ivan Desny Conde Hoyos
Maurice Teynac Moritz Szeps
Moustache Bratfisch
Charles Millot Conde Taafe
Roger Pigaut Conde Karolyi
Jacques Berthier Príncipe Salvator
Jacqueline Lavielle Marinka
Roger Lumont Inspetor Losch
Bernard La Jarrige Loschek
Véronique Vendell Lisl Stockau
Jean-Michel Rouzière Superintendente da Polícia
Alain Saury Baltazzi

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro de Língua Inglesa

Videoclipes

70 anos de cinema 70 anos de cinema

Sinopse

Em 1888, na cidade de Viena, o príncipe herdeiro Rudolf encontra-se frustrado, tanto em relação à sua vida doméstica quanto à política. Simpatizante da causa dos progressistas, que lutam por um governo mais democrático, bem como pela independência da Hungria, ele desafia o pai, o Imperador Franz-Josef, ao participar de manifestações estudantis. Além disso, o fracasso de seu casamento politicamente arranjado com a Princesa Stéphanie da Bélgica, o leva à morfina e ao deboche público, com destaque para seu flagrante caso com a abominável atriz Mizzi Kaspar.

Certo dia, ele conhece a bela Baronesa Maria Vetsera, de apenas 17 anos, cuja família de novos-ricos não é aceita na Corte. Pouco depois que sua mãe, a Imperatriz Elizabeth, retorna do exterior, com Edward, o Príncipe de Gales, a reboque, Rudolf persuade sua prima, a Condessa Larish, a organizar um encontro clandestino entre ele e Maria. Surpreso ao se descobrir apaixonado, Rudolf não faz segredo de seus sentimentos e o caso vira rapidamente um escândalo judicial.

O Imperador Franz-Josef envia Rudolf em uma viagem de inspeção para, logo em seguida, praticamente banir Maria para Veneza, depois do que Rudolf faz seu primeiro apelo ao Vaticano pela anulação de seu casamento e, em seguida, procura refúgio para ele e Maria na França. Quando ele fracassa em suas duas tentativas, a Imperatriz aconselha o filho a levar Maria para Mayerling, a pequena casa de campo real, utilizada geralmente em período de caça, e isolada na floresta de Viena.

Enquanto o casal se refugia lá, chega a notícia de que a insurreição húngara foi abafada, bem como, o Imperador Franz-Josef toma conhecimento da cumplicidade do filho em relação à causa húngara. Enquanto isso, ao perceberem que qualquer possibilidade de felicidade acha-se destruída, os amantes fazem um pacto de morte. Assim, ao amanhecer do dia 30 de janeiro de 1889, Rudolf pega um revólver e mata Maria, enquanto ela dorme. Em seguida, volta a arma contra si mesmo, cometendo suicídio.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado nos livros “Mayerling”, de Claude Anet, e “The Archduke”, de Michel Arnold, e em documentação histórica, “Mayerling” é um bom filme histórico franco-britânico do final da década de 60. Roteirizado e dirigido pelo cineasta Terence Young, sua trama gira em torno da vida do Arquiduque da Áustria e Príncipe da Áustria, Hungria e Bohemia, Rudolf Franz Karl Josef, morto aos 30 anos de idade.

O roteiro de Young procura claramente mostrar os amantes Rudolf e Maria Vetsera como bodes expiatórios políticos até os últimos minutos. Os diálogos são, em grande parte, inexpressivos. Por outro lado, o filme é muitíssimo bem fotografado por Henri Alekan, além de apresentar uma excelente trilha sonora e um belo figurino.

No elenco, James Mason e Ava Gardner estão ótimos em seus respectivos papéis, esta incansável na busca pela felicidade do filho. Quanto a Omar Sharif e Catherine Deneuve, embora continuem sendo os bons artistas que tanto conhecemos, aqui mostra-se evidente a falta de química entre eles.

CAA