Filmes por gênero

AGORA SOU TUA (1950)

To please a lady
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Medo de amar (Portugal)
Pour plaire à sa belle (França)
Indianapolis (Itália)
Tod im Nacken (Alemanha)
Full Speed (Suécia)
Surmanajaja (Finlândia)
På højeste gear (Dinamarca)
Uszczesliwic kobiete (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Ação, Romance
Direção: Clarence Brown
Roteiro: Marge Decker, Barré Lyndon
Produção: Clarence Brown
Música Original: Bronislau Kaper
Fotografia: Harold Rosson
Edição: Robert Kern
Direção de Arte: Cedric Gibbons, James Basevi
Figurino: Helen Rose
Maquiagem: William Tuttle
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer, Charles E. Wallace
Efeitos Especiais: Warren Newcombe, A. Arnold Gillespie
Nota: 6.9
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Clark Gable Mike Brannan
Barbara Stanwyck Regina Forbes
Adolphe Menjou Gregg
Will Geer Jack Mackay
Roland Winters Dwight Barrington
William C. McGaw Joie Chitwood
Lela Bliss Secretária de Regina
Emory Parnell Sr. Wendall
Frank Jenks Agente da Imprensa
Helen Spring Janie
Erville Alderson Editor do Jornal
Henry Banks Motorista
Joe Garson Joe Youghal
Anne O'Neal Enfermeira
Bill Hickman Homem do Box de Mike
Lew Smith Homem do Box de Mike
Bess Flowers Espectadora na Corrida de Greengrove
Morgan Brown Espectador na Corrida
Holmes Herbert Benson, mordomo de Regina
John McGuire Juiz de Newark

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Regina Forbes, uma conhecida colunista especializada em expor fofocas da alta sociedade, está disposta a escrever uma matéria a respeito do automobilista Mike Brannan. Mike, um ex-fuzileiro naval, é desprezado pelos fãs desse esporte, por causa de suas táticas implacáveis e perigosas que costuma usar na pista. Depois de assistir à transmissão televisiva de uma de suas corridas, bem como, à entrevista por ele dada, Regina o procura na pista pouco antes de sua próxima corrida. Mike mostra pouco interesse na abordagem dela e na perspectiva de publicidade negativa em nível nacional.

Durante a corrida, ele mostra os truques sujos que o tornou famoso, causando acidentes e forçando outros carros a saírem da pista em momentos cruciais. Ele vence a corrida, mas Joe Youghal, o piloto de um dos carros forçados a se acidentarem, morre. Quando Regina o procura para que ele explique as mortes de Youghal e de outro piloto em sua corrida anterior, Mike rejeita ambas as acusações, alegando que tais acidentes fazem parte da profissão. No dia seguinte, quando o artigo contundente de Regina, sobre o incidente, é publicado nos jornais, operadores de pistas de diversos circuitos começam a se preocupar com um provável fim das corridas, face à má publicidade.

Para se protegerem, proprietários das mais diversas escuderias passam a barrá-lo em corridas futuras. Depois de ser rejeitado em diversas provas, Mike tenta correr usando um pseudônimo, mas é descoberto por um jornal da cidade de Bainsville. Furioso com Regina, a quem chama de “dama com os dedos sujos de tinta”, por arruinar sua carreira, Mike não vê outra alternativa a não ser a de vender seu carro de corrida e encontrar um novo tipo de trabalho. Regina, por sua vez, já se acha trabalhando na divulgação das atividades de Dwight Barrington, envolvido em um esquema fraudulento de seguros de pensões.

Certo dia, Gregg, gerente da colunista, lhe diz que Mike está agora trabalhando em um circo como um piloto que realiza uma série de acrobacias. Com sua curiosidade aguçada, ela assiste a um de seus shows e deduz que ele está planejando um retorno às pistas. Após o show, ele lhe pede para deixá-lo sozinho, mas em seguida, a agarra e lhe dá um forte beijo. Regina, no entanto, mantém a compostura imperturbável durante esse seu encontro, mas também começa a perceber que se acha apaixonada por ele.

Pouco antes do seu retorna às corridas, no Circuito de Greengrove, Mike caminha pela pista para melhor senti-la, quando encontra Regina. Enquanto os dois dão uma volta pela pista, Regina tem um problema no calcanhar e Mike a leva para seu carro. Na corrida, propriamente dita, ele chega em segundo lugar, mas leva o primeiro prêmio em várias corridas subseqüentes. No final da temporada, ele telefona para Regina e lhe diz que quer vê-la em Nova York. No entanto, uma noite romântica em uma boate termina em briga, quando ela traz à tona o tema dos pilotos que ele forçou a saírem da pista. Indiferente às respostas dadas por ele, Regina decide colocar um ponto final no romance.

Uma vez separados, Mike se prepara para sua próxima grande corrida. Quando chega o dia, Regina assiste parte da corrida pela televisão, desligando-a antes de seu final, certa de que Mike será o grande vencedor. Imediatamente após a corrida, ele vai ao apartamento dela e os dois retomam seu affaire.  A noite, no entanto, é estragada quando Regina recebe a notícia de que Barrington, que tinha sido sentenciado a 25 anos de prisão, como resultado de suas denúncias, havia cometido suicídio.

Quando Regina diz a Mike que se sente responsável pela morte de Barrington, ele tenta consolá-la dizendo-lhe que ela estava apenas fazendo o seu trabalho, da mesma forma como ele fez quando dirigiu de forma agressiva nas pistas de corridas. Ela discorda dos argumentos de Mike, e eles se separam novamente. Pouco tempo depois, no entanto, Regina tenta consertar as coisas ao aparecer na grande corrida de Indianápolis. Durante a corrida, Mike permite que outro carro o ultrapasse sem incidentes, embora ele perca o controle e gire para fora da pista. Ele é levado às pressas para um hospital, onde verificam que não sofreu qualquer ferimento grave. Orgulhosa pelo desempenho dele na pista, Regina agora não tem mais dúvidas de que ele seja o homem certo para ela.

imagem imagem imagem

Comentários

“Agora Sou Tua” é um razoável melodrama norte-americano de 1950. Escrito por Marge Decker e Barré Lyndon, e dirigido por Clarence Brown, sua trama gira em torno do mundo das corridas de carro com um ângulo romântico entre os dois principais atores.

Tanto o roteiro quanto a direção de Brown apresentam altos e baixos, sendo, portanto os responsáveis pelo resultado final aquém do esperado. Para os verdadeiros fãs de corridas automobilísticas, no entanto, acredito que o mesmo possa ser melhor ranqueado, pois há cenas de arquivo de corridas reais que se mostram bastante emocionantes.

Tanto Clark Gable, quanto Barbara Stanwyck mereciam um trabalho que estivesse à altura de suas qualificações. Mesmo assim, a química entre os dois é perfeita e eles não deixam de brilhar em seus respectivos personagens. No papel de Gregg, Adolphe Menjou mostra também o grande ator que ele é.

CAA