Filmes por gênero

TERRA ESTRANGEIRA (1995)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Terre lointaine (França)
Foreign Land (USA)
Fremdes land (Alemanha)
Vieras maa (Finlândia)
Idegenben (Hungria)
Obca ziemia (Polônia)
Pais: Brasil, Portugal
Gênero: Drama, Crime, Romance, Suspense
Direção: Walter Salles, Daniela Thomas
Roteiro: Walter Salles, Daniela Thomas, Millor Fernandes, Marcos Bernstein
Produção: Flávio R. Tambellini, Antônio da Cunha Telles
Design Produção: Daniela Thomas
Música Original: José Miguel Wisnik
Direção Musical: Jaques Morelenbaum
Fotografia: Walter Carvalho
Edição: Walter Salles, Felipe Lacerda
Figurino: Cristina Camargo
Maquiagem: Gabi Moraes
Efeitos Sonoros: Carlos A. Lopes, José Luiz Sasso, Gabriela Cunha, Geraldo Ribeiro
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1996

Elenco

Fernanda Torres Alex
Fernando Alves Pinto Paco
Alexandre Borges Miguel
Luís Mello Ígor
Laura Cardoso Manuela
Gerald Thomas Diretor de Teatro
Tchéky Karyo Kraft
João Lagarto Pedro
Beth Coelho Atriz de Teatro
Miguel Guilherme André
Edilson Botelho Ator de Teatro
Carlos Santos Olívio
Isilda Marques Mulher de Olívio
Zeka Laplaine Loli
Manuel Mendes Machado
Lulu Pavarin Cliente de Manuela
Miguel Hurst Angolano
António Pires Angolano
Ângelo Torres Angolano

Prêmios

Festival Entrevues de Cinema, Belfort, França

Prêmio Grand Prix - Filme Estrangeiro (Walter Salles, Daniela Thomas)

Encontro do Cinema de Bergamo, Bergamo, Itália

Prêmio Rosa Camuna de Ouro (Walter Salles, Daniela Thomas)

Festival de Cinema do SESC, Brasil

Prêmio do Público de Melhor Filme (Walter Salles, Daniela Thomas)

Prêmio da Crítica de Melhor Filme (Walter Salles, Daniela Thomas)

Prêmios Margarida de Prata da CNBB, Brasil

Prêmio Margarida de Prata (Walter Salles, Daniela Thomas)

Associação Paulista de Críticos de Arte

Prêmio de Melhor Roteiro (Walter Salles, Daniela Thomas, João Emanuel Carneiro)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

São Paulo, 13 de março de 1990.  Paco mora com a mãe, Manuela, uma costureira espanhola que sonha em rever San Sebastian, sua terra natal.  Enquanto vai ao teatro fazer um teste, a mãe assiste ao pronunciamento do presidente Collor, comunicando o confisco da poupança de inúmeros cidadãos brasileiros.

Abalada com as notícias, morre em seguida.  Paco, desesperado ao encontrar a mãe morta, vaga pelas ruas de São Paulo.  Conhece Igor, que acena com a possibilidade dele conhecer San Sebastian trabalhando para ele.

Lisboa, 15 de março de 1990.  Alex, brasileira, garçonete, cansada do comportamento inconstante de Miguel, seu namorado, decide abandoná-lo.  Demite-se do emprego e procura Pedro, um português amigo do casal.

Miguel trabalha para Igor, revendendo mercadorias ilegais no exterior.  Ao receber um bom dinheiro com a venda de pedras preciosas, ele procura Alex para voltarem ao Brasil.  Paco chega à Lisboa para encontrar-se com Miguel e lhe entregar uma encomenda enviada por Igor.  Miguel é assassinado e Paco procura outra pessoa que possa recebê-la.

Seguindo o rastro de Miguel, Paco conhece Alex.  Juntos, vão ao lugar onde Miguel costumava fazer as transações.  Esperam algum tempo, mas ninguém chega. Sem condução para voltarem, passam a noite no local, onde transam.

Ao voltar para o hotel, Paco é informado que uma pessoa retirara a mercadoria horas antes e recebe um bilhete que lhe deixaram na portaria marcando um encontro em um restaurante.  Lá, dois homens o esperam. Pedem a Paco que entregue as pedras preciosas.  Igor chega e o pressiona.  Assustado, ele foge e vai atrás de Alex que assume ter retirado a encomenda do hotel.

Ela lhe diz haver entregue, a um desconhecido, o violino dentro do qual estavam as pedras contrabandeadas.  Perseguidos por Igor, fogem a caminho de San Sebastian.  Ao pararem para comer, são surpreendidos por Igor.  Ao tentar enganá-lo, Paco é baleado.  Alex o coloca no carro, tenta mantê-lo acordado, seguindo a viagem.  O homem cego, para quem Alex dera o violino, toca em uma Estação.  Os transeuntes pisam nas pedras que caem do instrumento.

imagem

Comentários

Embora não seja um filme premiado, "Terra Estrangeira" é uma ótima realização do cinema nacional.  Walter Salles divide a direção com Daniela Thomas e o faz com muita categoria.

"Terra Estrangeira" é um dos marcos da retomada da produção nacional e reflete a desilusão que assolou o povo brasileiro por um bom período.  Partindo dos efeitos da política econômica do Governo Collor, a trama procura mostrar a angústia de um povo marcado pelos desmandos de seus governantes e pela solidão vivida pelos emigrantes.

O filme conta com uma belíssima fotografia em preto-e-branco, assinada por Walter Carvalho, e com uma ótima trilha sonora, que conta com a participação da bela voz de Gal Costa.  No elenco, acham-se nomes de peso como Laura Cardoso, Fernanda Torres, Luís Mello e Alexandre Borges.

CAA