Filmes por gênero

MEU CORAÇÃO TEM DONO (1950)

Duchess of Idaho
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A duquesa apaixonada (Portugal)
Jamais deux sans toi (França, Bélgica)
Serenata en el Valle del Sol (Espanha)
La duchessa dell'Idaho (Itália)
Die Venus verliebt sich (Austria, Alemanha)
Pigen på vippen (Dinamarca)
De hertogin van Idaho (Holanda)
Ur vattnet i elden Suécia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Musical, Comédia Romântica
Direção: Robert Z. Leonard
Roteiro: Dorothy Cooper, Jerry Davis, Sid Fields
Produção: Joe Pasternak
Música Original: George Stoll, Albert Sendrey
Direção Musical: George Stoll
Coreografia: Jack Donohue
Fotografia: Charles Edgar Schoenbaum
Edição: Adrienne Fazan
Direção de Arte: Cedric Gibbons, Malcolm Brown
Figurino: Helen Rose
Maquiagem: Jack Dawn, Eddie Polo
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer, Charles E. Wallace
Nota: 7.0
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Esther Williams Christine Riverton Duncan
Van Johnson Dick Layne
John Lund Douglas J. Morrison Jr.
Paula Raymond Ellen Hallit
Clinton Sundberg Matson
Connie Haines Peggy Elliot
Mel Tormé Cyril
Amanda Blake Linda Kinston
Tommy Farrell Chuck
Sig Arno Madame Le Blanche
Dick Simmons Alec J. Collins
Lena Horne Ela própria
Eleanor Powell Ela própria
Red Skelton Mestre de Cerimônias
Gene Brown Garçonete
Mae Clarke Betty, a Florista
Dorothy Douglas Eleanor
Bunny Waters Marsha
Charles Smith Johnny
Harold Miller Sr. Brown
Bess Flowers Mulher no Salão de Dança

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Christine Riverton Duncan, a estrela do Balé Aquático “Melody in Swimtime”, compartilha seu apartamento de Chicago com Ellen Hallet, secretária do playboy e magnata ferroviário Douglas Morrissen Jr.

Certa noite, ao jantar em um clube noturno com Linda Kinston, Douglas finge que Ellen é sua noiva para não dar-lhe qualquer esperança. Ellen, que é apaixonada por ele, desempenha alegremente o papel e fica para um drink. No final da noite, ela volta pra casa embriagada e deprimida por achar que ele não a ama.

No dia seguinte, Ellen aceita um convite para acompanhar Douglas numa viagem de negócios pelo Vale do Sol. Exultante, telefona para Christine para contar-lhe a novidade e esta a aconselha a comprar um vestido com um decote baixo. No entanto, assim que chega em casa com o vestido novo, recebe um telefonema de Douglas cancelando  o convite. Farta com o hábito do playboy de só procurar Ellen quando precisa de alguém para se defender de outras mulheres, Christine decide ajudar a colega de quarto a passar um trote nele.

Assim, toma o mesmo trem de Douglas para o Vale do Sol. Durante a viagem, ela recebe a atenção do playboy e aproveita a oportunidade para deixar claro que só lhe interessa um relacionamento mais sério. Entretanto, ao chegarem ao Vale do Sol, complicações surgem quando ela se apaixona por Dick Layne, maestro da orquestra do hotel.

Assim que Douglas retorna a seu escritório, Ellen bate fortemente com a cabeça em sua mesa de trabalho, ficando inconsciente por alguns minutos. Enquanto presta-lhe assistência pelo ocorrido, ele finalmente observa como seus olhos são bonitos e a convida para jantarem juntos. Ela prepara um romântico jantar para ele em seu apartamento, mas começa a perder as esperanças quando ele comenta que vai ter que retornar ao Vale do Sol para retomar seu romance com uma mulher que conhecera em sua última viagem.

De volta ao Vale do Sol, Christine ganha o título de “Duquesa de Idaho” num concurso de danças e, no momento em que Dick vai-lhe propor casamento, ela desvia sua atenção por conta da chegada de Douglas. O maestro interpreta o gesto como um sinal de rejeição, mas tudo volta ao normal depois que Douglas confessa para Christine que está completamente apaixonado por Ellen.

Enquanto isso, acreditando que a amiga roubou o seu homem, Ellen embarca para o Vale do Sol a fim de colocar as coisas em pratos limpos. Depois de vários desentendimentos, as duas mulheres perdem os seus pretendentes e retornam sozinhas à Chicago. No entanto, pouco tempo depois, Dick e Douglas fazem uma visita inesperada a elas com a intenção de se reconciliarem com suas respectivas namoradas. Ellen corre imediatamente para os braços de Douglas, e depois que Christine explica em detalhes o trote que haviam planejado contra o playboy, Dick a aceita de braços abertos.

imagem imagem imagem

Comentários

“Meu Coração Tem Dono” é mais uma razoável comédia musical da Hollywood dos anos 1940 e 1950. Realizada pelo cineasta Robert Z. Leonard, sua trama gira em torno de uma secretária que sonha em se casar com o patrão, um playboy e magnata da área ferroviária.

Estrelando Esther Williams, o filme não se acha entre os seus melhores, embora apresente duas ótimas sequências de balé aquático. Na área musical, destacam-se Lena Horne, ao cantar “Baby come out of the clouds”, e a incrível Eleanor Powell com seu sublime sapateado. Pena que Fred Astaire não esteja presente para formar com ela a maior dupla de todos os tempos.

Enfim, embora se tratando apenas de um filme razoável, “Meu Coração Tem Dono” não deixa de ser uma diversão agradável para os amantes do gênero.

CAA