Filmes por gênero

O CANGACEIRO (1953)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Cangaçeiro (Portugal)
Sans peur, sans pitié (França)
The ninth bullet (USA)
The bandit of Brazi (Canadá)
Il brigante (Itália)
O Cangaceiro - Die Gesetzlosen (Alemanha)
De vilda männen (Suécia)
De vogelvrijen (Holanda)
Banditten (Dinamarca)
Pais: Brasil
Gênero: Ação, Drama
Direção: Lima Barreto
Roteiro: Lima Barreto, Raquel de Queiroz (Diálogos)
Produção: Cid Leite da Silva
Música Original: Gabriel Migliori
Fotografia: H. E. Fowle
Edição: Oswald Hafenrichter, Giuseppe Baldacconi, Lúcio Braun
Figurino: Caribé, Pierino Massenzi
Maquiagem: Victor Merinow
Efeitos Sonoros: Ernest Hack, Erik Rasmussen, João Ruch
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1954

Elenco

Milton Ribeiro Capitão Galdino
Marisa Prado Olívia
Alberto Ruschel Teodoro
Vanja Orico Maria 'Bonita' Clódia
Adoniran Barbosa Mané Mole
Lima Barreto Comandante de Volante
Nieta Junqueira Mulher aos prantos
Ricardo Campos Cangaceiro torturado
Neusa Veras Cabocla volúvel
Zé do Norte Cangaceiro
Maria Luiza Splendore
Horácio Camargo .
Antônio Coelho .
José Herculano .
Homero Marques .
Bernadete Ruch .
Maria Luiza Sabino .
Ava Sagy .
Nicolau Sala .
Pedro Visgo .

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Internacional de Melhor Filme de Aventura (Lima Barreto)

Menção Especial (Melhor Trilha Sonora)

Indicações

Festival Internacional de Cannes, França

Grand Prix do Festival (Lima Barreto)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Impedindo que qualquer estrada rasgue o sertão, o bando de cangaceiros, comandado pelo Capitão Galdino, rouba os materiais dos trabalhadores pagos pelo Governo.  Em seguida, invade um vilarejo, saqueando e perseguindo as mulheres.  Antes de partirem, raptam a professora Olívia.  A moça desperta uma súbita paixão no também cangaceiro Teodoro.  Maria Bonita, mulher de Galdino, não vê com bons olhos a chegada de Olívia, já que ela ama o sensível Teodoro, de quem está grávida.

Forma-se então um grupo de voluntários para perseguir as forças do Capitão.    

Burlando a vigilância, Teodoro e Olívia abandonam o acampamento, fugindo pelo sertão.  Enquanto a tropa de voluntários põe-se em marcha para dizimar o grupo de cangaceiros, o Capitão Galdino e seu bando partem ao encalço dos fugitivos.  

Durante a escapada, Teodoro confessa sua paixão à Olívia, que procura convencê-lo a ficar com ela e entregar-se à justiça, mas Teodoro revela-se incapaz de abandonar o sertão.  

No enfrentamento, Teodoro fere Galdino, mas acaba se rendendo.  O Capitão arma uma situação, propiciando a Teodoro a esperança de partir em liberdade.  No entanto, ele cairá mortalmente ferido.

imagem

Comentários

Com roteiro de Lima Barreto e diálogos da escritora Raquel de Queiroz, "O Cangaceiro" é um ótimo filme nacional.  Realizado pelo diretor Lima Barreto, o filme narra a trajetória de um bando de cangaceiros que aterrorizava os nordestinos no início da década de 30.

Inaugurando o gênero 'cangaço', foi o primeiro longa-metragem brasileiro a ser premiado no Festival de Cinema de Cannes.  Além do ótimo trabalho de Lima Barreto, o filme apresenta uma bela fotografia em preto-e-branco e uma excelente trilha sonora.  Um dos grandes momentos do filme é quando o grupo de cangaceiros cavalga ao som de 'Mulher Rendeira'.

No elenco, os destaques são as atuações de Milton Ribeiro e Vanja Orico.

CAA