Filmes por gênero

ACORDES DO CORAÇÃO (1946)

Humoresque
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Fascinação (Portugal)
Perdutamente (Itália)
De amor también se muere (Argentina, Espanha)
Humoreske (Alemanha, Austria)
Humoreska (Polônia)
Ikuinen sävel (Finlândia)
Humoreszk (Hungria)
Юмореска (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance, Música
Direção: Jean Negulesco
Roteiro: Clifford Odets, Zachary Gold
Produção: Jerry Wald
Direção Musical: Leo F. Forbstein, Franz Waxman
Fotografia: Ernest Haller
Edição: Rudi Fehr
Direção de Arte: Hugh Reticker
Guarda-Roupa: Bernard Newman, Adrian
Maquiagem: Perc Westmore
Efeitos Sonoros: Robert B. Lee, Charles David Forrest
Efeitos Especiais: Roy Davidson, Willard Van Enger
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1997

Elenco

Joan Crawford Sra. Helen Wright
John Garfield Paul Boray
Oscar Levant Sid Jeffers
J. Carrol Naish Rudy Boray
Joan Chandler Gina Romney
Tom D'Andrea Phil Boray
Peggy Knudsen Florence Boray
Ruth Nelson Mama Esther Boray
Craig Stevens Monte Loeffler
Paul Cavanagh Sr. Victor Wright
Richard Gaines Bauer
John Abbott Rozner
Robert Blake Paul Boray, quando criança
Tommy Cook Phil Boray, quando criança
Ann Lawrence Florence, quando criança
Sylvia Arslan Gina, quando criança
Don McGuire Eddie
Fritz Leiber Hagerstrom
Peg La Centra Cantora no Clube Noturno
Nestor Paiva Líder da Orquestra
Patricia Barry Fritzie, secretária de Bauer
Creighton Hale Professor
Harlan Briggs Jeffers
Eric DeLamarter Maestro
Richard Walsh Teddy

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora de uma Comédia ou Drama (Franz Waxman)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Nascido em uma família modesta, Paul Boray é um jovem violinista talentoso e ambicioso que se depara com uma série de dificuldades a vencer. Certa noite, ele é convidado a participar de uma recepção patrocinada por Helen Wright.

Mulher rica e defensora de jovens artistas, Helen é casada com um homem mais velho, Victor, que tolera a infidelidade de sua esposa. Fascinada com a personalidade de Paul, Helen tenta aproximar-se do jovem violinista, mas ele rejeita seus avanços. Ela, no entanto, o ajuda a conhecer pessoas influentes no mundo musical, a fim de que ele se torne um profissional bem-sucedido.

Depois de algum tempo, no entanto, Paul termina cedendo aos seus desejos e os dois amantes vivem um amor apaixonado. Preocupada com o envolvimento dos dois, a mãe de Paul se opõe abertamente à esse relacionamento.

Certo dia, ao observar Paul, em um bar, em companhia de uma jovem amiga de infância, que aparentemente se mostra igualmente apaixonada por ele, Helen, depois de uma violenta cena de ciúme, se faz algumas perguntas sobre sua relação. Apesar de Paul amar verdadeiramente Helen, sua paixão pela música é mais forte.

Uma noite, após recusar comparecer a um concerto apresentado por Paul, Helen o acompanha através do rádio. Convencida de que o relacionamento dos dois é impossível de ser verdadeiramente bem-sucedido, ela se dirige à praia onde caminha cada vez mais para o fundo do oceano.

imagem

Comentários

Partindo de um roteiro escrito por Clifford Odets e Zachary Gold, com base num romance de Fanny Hurst, “Acordes do Coração” é mais um bom filme do cineasta romeno Jean Negulesco. Sua trama gira em torno de uma socialite casada que passa a ter um interesse especial por um violinista e concertista em ascensão.

Um dos pontos altos do filme é, sem nenhuma dúvida, sua brilhante trilha sonora com músicas de Chopin, Mendelssohn, Dvorák, Bizet, Lalo, Gershwin, Cole Porter, dentre outros.

Na direção, Negulesco nos brinda com um ótimo trabalho, no que é ajudado pela magnífica atuação de Joan Crawford.

Enfim, “Acordes do Coração” é um filme que merece ser visto e revisto.

CAA