Filmes por gênero

FRENESI DE PAIXÕES (1955)

Female on the beach
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A casa da praia (Portugal)
La maison sur la plage (França)
Cet homme m'appartient (Bélgica)
Delitto sulla spiaggia (Itália)
Una mujer en la playa (Espanha)
Skriget i natten (Dinamarca)
Kvinnan på stranden (Suécia)
Das Haus am Strand (Alemanha Ocidental)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Crime, Drama, Mistério
Direção: Joseph Pevney
Roteiro: Robert Hill, Richard Alan Simmons
Produção: Albert Zugsmith
Música Original: Herman Stein, Heinz Roemheld
Fotografia: Charles Lang
Edição: Russell F. Schoengarth
Direção de Arte: Robert Clatworthy, Alexander Golitzen
Figurino: Sheila O'Brien
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: Leslie I. Carey, Robert Pritchard
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 1956

Elenco

Joan Crawford Lynn Markham
Jeff Chandler Drummond Hall
Jan Sterling Amy Rawlinson
Cecil Kellaway Osbert Sorenson
Judith Evelyn Eloise Crandall
Charles Drake Tenente da Polícia
Natalie Schafer Queenie Sorenson
Stuart Randall Frankovitch
Marjorie Bennett Sra. Murchison
Judy Pine Mulher na praia
Romo Vincent Pete Gomez
Nan Boardman Sra. Gomez
Ed Fury Roddy
James Hyland Policial

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Na praia de Balboa, Califórnia, Eloise Crandall ameaça chamar a polícia depois de descobrir que seu amante, Drummond Hall, e seus companheiros, Osbert e Queenie Sorenson, tentaram roubar sua fortuna. Quando Drummond chega afobado, ela tropeça atrás dele e cai da varanda, morrendo em seguida. No dia seguinte, a agente imobiliária Amy Rawlinson prepara a casa para Lynn Markham, a jovem viúva de seu proprietário, que planeja vendê-la.

Mais tarde, o Tenente Galley, que está investigando a morte de Eloise, chega e insulta Lynn, detalhando seu passado como dançarina e uma mulher casada infeliz. Na manhã seguinte, ela é despertada com o barulho da lancha de Drummond e logo depois, descobre que ele está preparando peixes frescos em sua cozinha. Apesar de sua boa aparência e charme, Lynn o coloca para fora, mas ele a informa que sua lancha continuará onde se encontra porque sua bomba de combustível está quebrada. Em seguida, ele retorna para a casa de Sorenson, onde ele mora em troca de uma porcentagem sobre dinheiro que ele consegue de viúvas ricas. Ao ser cobrado sobre seus planos para seduzir Lynn, ele volta até a casa dela e tenta mais uma vez conquistá-la. Ela continua a rejeitá-lo, mas quando ele a agarra e sussurra que ela parece solitária, ela cai em seus braços por um momento antes de se afastar.

Quando Lynn retorna para sua casa, Amy encontra-se lá e a informa que encontrou um comprador, ocasião em que ela insiste na necessidade de receber um depósito, após o que lhe pede para se retirar. Em seguida, Amy pede a Drummond para acompanhá-la em um passeio de lancha, quando, por falta de atenção, quase destrói o barco. Quando Amy o acusa de odiar as mulheres, ele lhe mostra uma profunda cicatriz no pescoço, mas não diz nada. Naquela noite, uma solitária Lynn o procura em sua lancha. Ao encontrá-lo, ele lhe fala de seu "trabalho" e seu passado humilde e, impressionada com sua honestidade, permite-lhe que deixe a lancha em seu cais privativo. Desta vez, quando ele a beija, ela não se afasta, embora vire as costas quando ele a solta.

Quando ela volta para casa, o Tenente Galley está a aguardá-la e, ao observar uma mancha de graxa em seu braço, ele a lembra que Eloise pode ter sido assassinada. No dia seguinte, Lynn tem o prazer de ser convidada para participar de um jogo de cartas na casa dos Sorensons, mas, logo depois, descobre o diário de Eloise escondido atrás de um tijolo solto, na parede, e lê a história de como Drummond seduziu a viúva: inicialmente, Eloise era muito feliz pelas atenções do vizinho, mas seu amor logo se transformou em desespero quando Sorenson pediu-lhe mais e mais dinheiro, e começou a evitá-la. Eloise, então, se apegou a Drummond, mas quanto mais frio e ameaçador ele se mostrava, mais ela usava álcool como uma fuga.

Preocupada, Lynn queima o diário e, logo depois, Drummond chega anunciando que cancelou o jogo de cartas em favor de um jantar privado. Sem ser convidado, Sorenson aparece e é colocado para fora por Lynn que, em seguida, joga a bebida na cara de Drummond, dizendo-lhe que leu o diário de Eloise. Revoltado, ele a agarra, mas ela consegue fugir para a praia, sendo perseguida por ele que a alcança e lhe dá um beijo apaixonado. Na manhã seguinte, Osbert e Queenie Sorenson pressionam Drummond a se instalar na casa de Lynn, mas ele não dá notícias durante vários dias, fazendo com que ela, angustiada, comece a beber.

Certo dia, ao voltar para casa, ela encontra Amy, que lhe apresenta o depósito feito pelo comprador de sua casa, mas quando Drummond a convida para um passeio de lancha, uma emotiva Lynn afirma que nunca venderá sua casa. Na lancha, Drummond explica que esteve afastado até ter certeza de seu amor por ela. No dia seguinte, ele informa os Sorensons que vai se casar com Lynn por amor e, como consequência, acaba com a parceria deles. Em retaliação, eles anonimamente informam o Tenente Galley sobre o envolvimento de Drummond na morte de Eloise. Enquanto Lynn presenteia Drummond com uma nova bomba de combustível e os dois planejam fazer um cruzeiro de lua de mel, o Tenente Galley chega à casa dos Sorensons e descobre a verdade sobre Drummond e Eloise.

Em seguida, ele visita Lynn e acusa Drummond de ter matado Eloise, sendo colocado para fora por ela. Na manhã seguinte, Amy admite para Lynn que ama Drummond e adverte para o fato de que ele a abandonará depois de colocar a mão em seu dinheiro. Depois que Lynn e Drummond se casam naquela tarde, ele sugere que os dois partam imediatamente no cruzeiro por eles planejado. No entanto, ao se dirigir para o barco, ela encontra Amy e descobre que a agente imobiliária, juntamente com Drummond, estava planejando seu assassinato. Desesperada, ela corre para casa e telefona para o Tenente Galley, mas não o encontra e Drummond interrompe sua ligação. Assustada, ela tenta fugir dele, enquanto ele explica que, inicialmente, ele não a amava, mas que agora ele a ama.

Ela, então, revela que sabe dos planos para assassiná-la e, antes que ele possa responder, o telefone toca e Drummond atende, informando que Lynn não precisa mais da polícia.  Aterrorizada, ela dá um tapa em seu rosto e foge correndo em direção ao cais. Enquanto isso, ele sai a gritar atrás dela e fica surpreso ao ver Amy. Escondido, o Tenente Galley ouve Amy confessar que matou Eloise e substituiu a nova bomba de combustível a fim de se livrar de Lynn. Em seguida, o policial a prende e diz a Drummond que Lynn correu de volta para casa. Os dois, finalmente, se abraçam felizes.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Joseph Pevney, a partir de um roteiro escrito por Robert Hill e Richard Alan Simmons, “Frenesi de Paixões” é um filme norte-americano produzido pela Universal International Pictures (UI) em 1955.  Sua trama, baseada numa peça de Robert Hill, consegue prender a atenção do espectador em uma boa parte da projeção.

A direção de Pevney se mostra apenas razoável, pecando principalmente pelo ritmo por ele imposto à narrativa. Por outro lado, a fotografia de Charles Lang é, sem nenhuma dúvida, um dos poucos quesitos que merecem ser destacados, juntamente com o figurino assinado por Sheila O'Brien.

No elenco, destacam-se as atuações de Joan Crawford e Jan Sterling, seguidas pela de Jeff Chandler, no papel de Drummond Hall.

CAA