Filmes por gênero

QUATRO IRMÃS (1933)

Little women
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Mulherzinhas (Portugal)
Les quatre filles du Docteur March (França)
Piccole donne (Itália)
Las cuatro hermanitas (Espanha, México)
Mujercitas (Argentina)
Vier schwestern (Alemanha)
Unga kvinnor (Suécia)
Pigebørn (Dinamarca)
Маленькие женщины (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance, Família
Direção: George Cukor
Roteiro: Victor Heerman, Sarah Y. Mason
Produção: Kenneth Macgowan, Merian C. Cooper
Música Original: Max Steiner
Fotografia: Henry W. Gerrard
Edição: Jack Kitchin
Direção de Arte: Van Nest Polglase
Figurino: Walter Plunkett
Guarda-Roupa: Emily Perkins
Maquiagem: Mel Berns, William Ely
Efeitos Sonoros: Frank H. Harris, George D. Ellis
Efeitos Especiais: Harry Redmond Sr., Harry Redmond Jr.
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1950

Elenco

Katharine Hepburn Jo
Joan Bennett Amy
Paul Lukas Prof. Bhaer
Edna May Oliver Tia March
Jean Parker Beth
Frances Dee Meg
Henry Stephenson Sr. Laurence
Douglass Montgomery Laurie
John Lodge Brooke
Spring Byington Marmee
Samuel S. Hinds Sr. March
Mabel Colcord Hannah
Marion Ballou Sra. Kirke
Nydia Westman Mamie
Harry Beresford Dr. Bangs
Bonita Granville Colega de Classe de Amy
Marilyn Knowlden Colega de Classe de Amy
Francesca Braggiotti Professora de dança
Harold Entwistle Mordomo do Sr. Laurence
June Filmer Tina
Olin Howland Sr. Davis
Lily Lodge Lily
Charles Miller Pastor

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Victor Heerman, Sarah Y. Mason)

Festival Internacional de Veneza, Itália

Medalha de Ouro de Melhor Atriz (Katharine Hepburn)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Direção (George Cukor)

Festival Internacional de Veneza, Itália

Copa Mussolini de Melhor Filme Estrangeiro (George Cukor)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Concord, Massachusetts, durante e após a Guerra Civil Americana, juntas com a mãe, quatro irmãs aguardam o retorno do pai, coronel e capelão do exército da União.

A espirituosa Jo, que atende aos caprichos de sua tia March, sonha em se tornar uma famosa romancista. Ela escreve peças para suas irmãs, que as apresentam para as crianças da região. Meg trabalha como costureira; Amy, a mais bonita, é muito egoísta; e a sensível Beth, não larga seu clavicórdio, um instrumento envelhecido que necessita urgentemente de afinação.

As jovens conhecem Laurie, que chegou à cidade para viver com seu avô, Sr. Laurence, o abastado vizinho da família March. Certo dia, quando os Laurences dão uma grande festa, Meg conhece o tutor de Laurie, John Brooke. Nos meses que se seguem, John corteja Meg, Jo tem seu primeiro romance publicado e Beth aceita a oferta do Sr. Laurence para usar o seu piano.

Marmee, a mãe das quatro jovens, ao descobrir que seu marido se recupera de uma lesão sofrida durante a guerra, em um hospital de Washington, viaja para a capital do País para cuidar dele. Durante sua ausência, Beth contrai escarlatina do bebê de um vizinho. Com o tempo, ela se recupera, mas permanece enfraquecida.

Quando os pais das jovens chegam de Washington, Meg se casa com John. Laurie confessa seu amor por Jo, que o rejeita. Quando ele a despreza, ela se muda para Nova York a fim de prosseguir com sua carreira de escritora. Lá, passa a morar em uma pensão onde conhece o Professor Bhaer, uma alemão pobre especializado em linguística. Com sua ajuda e encorajamento, Jo melhora sua escrita e resolve seus sentimentos confusos em relação à Laurie.

Muito debilitada, Beth se aproxima da morte e, por esse motivo, Jo retorna para Concord. Depois da morte da irmã, ela descobre que Amy, que acompanhou a tia em uma viagem à Europa, apaixonou-se por Laurie e aceitou sua proposta de casamento. Pouco depois, o Professor Bhaer chega de Nova York para propor casamento à Jo, que aceita, enquanto Amy e Laurie se casam.

imagem

Comentários

Adaptação de um romance de Louisa May Alcott, “Quatro Irmãs” é um ótimo filme do cinema americano. Sua trama gira em torno de quatro irmãs e fala de crescimento e família. Na direção, George Cukor nos mostra, mais uma vez, porque é considerado um dos maiores diretores de atrizes de todos os tempos.

A produção se mostra técnica e artisticamente melhor que a maior parte dos filmes realizados no início dos anos 1930. A maioria dos cenários é particularmente bem feita, criando a atmosfera perfeita para as cenas a serem rodadas.

No elenco, o grande nome a ser destacado é o da atriz Katharine Hepburn, que veio a ser contemplada com a Medalha de Ouro de Melhor Atriz do Festival de Veneza, aos 26 anos de idade. Aliás, as melhores cenas são aquelas que mostram as disputas entre sua personagem e a de Joan Bennett.

CAA