Filmes por gênero

RIO ZONA NORTE (1957)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Rio, Northern Zone (USA)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Roteiro: Nelson Pereira dos Santos
Produção: Nelson P. dos Santos, Roberto Santos, Mário Aldrá, Ciro Freire Cúri
Música Original: Alexandre Gmatalli, Zé Kéti
Direção Musical: Radamés Gnatalli
Fotografia: Hélio Silva
Edição: Rafael Justo Valverde
Direção de Arte: Lito Cavalcante
Efeitos Sonoros: Sílvio Rabelo
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1960

Elenco

Grande Otelo Espírito da Luz Soares
Jece Valadão Maurício
Paulo Goulart Moacir
Malu Maia Adelaide
Zé Keti Alaor Costa
Ângela Maria Ela própria
Maria Petar .
José Carlos Araújo .
Walkiria Barbosa .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

O sambista Espírito da Luz Soares, um homem um tanto quanto desiludido, ao viajar num trem de subúrbio, cai nos trilhos.  Enquanto agoniza, repassa sua vida desde o tempo em que cantava em festas de salão, seus sambas, o sofrimento para tentar gravá-los, o assassinato de seu filho, etc.

Na escola de samba, apresenta um de seus sambas e chama a atenção de Moacir, compositor rico e sofisticado, que se dispõe a ajudá-lo.  No dia seguinte, conversa com o compadre Honório, com quem está construindo uma nova casa.

Uma moça, Adelaide, procura Espírito e os dois ficam juntos.  Fazem planos para se casarem.  Ele discute com seu filho, Lourival, que procura Honório atrás de dinheiro para viajar para São Paulo.

Na mesma época, Maurício, um ganancioso homem de negócios, também nota seu talento e lhe oferece uma oportunidade no rádio.  Ele termina se associando a Maurício, que trata de roubar-lhe o samba e fazer com que ele perca qualquer garantia ou direito sobre a obra.  Por outro lado, relembra a morte de seu filho mais velho quando, por conta de dívidas com marginais, termina assassinado a facadas e pedradas em sua frente.

Ele relembra, ainda, que, apesar de toda sua tristeza, encontra refúgio em seu trabalho como compositor e apresenta um samba a uma das mais célebres cantoras da época, Ângela Maria, que o interpreta magnificamente.  É quando ele atinge seu ponto mais alto de satisfação e realização.

Finalmente, ele relembra seu contato com Moacir, para estabelecer algo definitivo, e os últimos momentos no trem quando, solitário, começa a cantar um samba para o Rio de Janeiro, até cair do vagão.  Uma ambulância chega para socorrê-lo, que continua inconsciente junto aos trilhos.

No hospital, Moacir e Honório permanecem juntos a Espírito.  Ele morre e os dois conversam sobre os sambas do amigo.

imagem

Comentários

"Rio, Zona Norte" é um excelente filme nacional.  Realizado pelo cineasta Nelson Pereira dos Santos, que também assina o roteiro, o filme retrata a vida de um talentoso sambista popular carioca.

O trabalho de Nelson é consistentemente bom, tendo algumas seqüências nitidamente inspiradas no neo-realismo italiano, com o filme sendo rodado nas ruas, aproveitando os cenários naturais.

"Rio, Zona Norte" apresenta, ainda, uma ótima trilha sonora e, no elenco, destaques para as atuações de Grande Otelo e Jardel Filho.

CAA