Filmes por gênero

BONITA COMO NUNCA (1942)

You were never lovier
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Nunca estiveste tão linda (Portugal)
O toi ma charmante! (França)
Non sei mai stata così bella (Itália)
Bailando nace el amor (Espanha)
Nunca estuviste tan hermosa (Argentina)
Du warst nie berückender (Alemanha, Austria)
Bröllop i Buenos Aires (Suécia)
Sig det med orkideer (Dinamarca)
Orchideëen voor Maria (Holanda)
Ты никогда не была восхитительнее (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Musical
Direção: William A. Seiter
Roteiro: Delmer Daves, Michael Fessier, Ernest Pagano
Produção: Louis F. Edelman
Música Original: Leigh Harline
Direção Musical: Leigh Harline
Coreografia: Fred Astaire, Nicanor Molinare
Fotografia: Ted Tetzlaff
Edição: William A. Lyon
Direção de Arte: Lionel Banks
Figurino: Irene
Efeitos Sonoros: Malcolm Beelby
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1948

Elenco

Fred Astaire Robert Davis
Rita Hayworth Maria Acuña
Adolphe Menjou Eduardo Acuña
Isobel Elsom Sra. Maria Castro
Leslie Brooks Cecy Acuña
Adele Mara Lita Acuña
Gus Schilling Secretário de Fernando Acuña
Barbara Brown Sra. Delfina Acuña
Xavier Cugat Ele próprio
Lina Romay Cantora
Larry Parks Tony, namorado de Lita
Catherine Craig Julia Acuña, a noiva
Kirk Alyn Noivo de Julia
Douglas Leavitt Juan Castro
Stanley Brown Roddy, namorado de Cecy
Mary Field Empregada
James Ford Um dos pretendentes de Maria
Barry Norton Um dos pretendentes de Maria

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Gravação de Som (John P. Livadary)

Oscar de Melhor Canção Original (Jerome Kern, Johnny Mercer)

Oscar de Melhor Trilha Sonora de um Musical (Leigh Harline )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Robert "Bob" Davis é um dançarino americano conhecido por sua fraqueza em relação ao vício de apostar em cavalos. Depois que perde seu dinheiro em Buenos Aires, ele sai à procura de um emprego junto a Eduardo Acuña, o rico proprietário de uma famosa boate. Acuña, no entanto, não deseja vê-lo. Amigo de Bob, Xavier Cugat o convida para se apresentar, como integrante de sua orquestra.

Acuña insiste que suas filhas se casem por ordem de idade, da mais antiga para a mais nova. Maria, que é a próxima na ordem, não está interessada em se casar, para desespero de Cecy e Lita, suas duas irmãs mais novas, com namorados e loucas para que chegue o dia de seus casamentos.

Durante uma recepção, Bob sente-se fortemente atraído por Maria, mas seus avanços são rejeitados. Ao falar com Acuña, Bob comenta que a personalidade de Maria é como "o interior de uma geladeira".

Consciente da situação de suas filhas mais novas, o empresário começa a enviar orquídeas e bilhetes de amor anônimos para Maria com a intenção de ajudá-la no clima. Um dia, quando Bob, mais uma vez procura Acuña em seu escritório, este pede-lhe para que se passe por um boy e faça a entrega do último bilhete e flor. Maria, que agora está aguardando ansiosamente a próxima carta de amor de seu admirador secreto, vê quando Bob chega e conclui que ele é seu pretendente.

Quando Maria vê Bob no escritório do pai, ela pede que ele os apresente. No entanto, na primeira oportunidade que se apresenta, Acuña faz um acordo com Bob: em troca de um contrato para se apresentar na boate, Bob deve cortejar Maria e fazer com que ela o rejeite.

Apesar dos esforços de Bob para desiludir Maria, os dois rapidamente se apaixonam. Como seu plano deu errado, Acuña ordena que Bob deixe Buenos Aires, e escreve um bilhete de amor de despedida em seu nome. A esposa do empresário, ao vê-lo escrevendo a nota no dia em que comemora seu 25º aniversário de casamento, o acusa de traí-la com outra Maria, sua querida amiga Maria Castro.

Diante dessa situação, Bob se vê forçado a revelar a verdade na frente de Maria e do resto da família. Impressionado com sua atitude, Acuña lhe concede permissão para cortejar a filha. Após repetidas entregas de flores não surtirem efeito, Bob se veste com uma armadura e monta num cavalo, imitando Lochinvar, um cavaleiro fictício que Maria adorava quando era mais jovem. Isso faz a diferença e ela finalmente o perdoa.

imagem

Comentários

Produzida pela Columbia Pictures Corporation e realizada pelo cineasta William A. Seiter, “Bonita Como Nunca” é uma interessante comédia musical americana do início dos anos 1940. Embora o roteiro não seja seu ponto forte, ele não deixa de ser interessante.

Na direção, Seiter impõe um bom ritmo à narrativa, no que é ajudado pela genial atuação de Adolphe Menjou, o grande ator do filme, no papel do empresário Eduardo Acuña. Por outro lado, Fred Astaire e Rita Hayworth esbanjam seus talentos nos números de dança.

Enfim, “Bonita Como Nunca” é um filme que recomendo, principalmente para os amantes dos famosos musicais da Hollywood do século XX.

CAA