Filmes por gênero

MODELOS (1944)

Cover girl
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La reine de Broadway (França)
Las modelos (Espanha, México)
La chica de la portada (Venezuela)
Fascino (Itália)
Es tanzt die Göttin (Alemanha)
Das Fräulein auf dem Titelblatt (Austria)
Omslagsflickan (Suécia)
Modelka (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Musical, Romance
Direção: Charles Vidor
Roteiro: Virginia Van Upp
Produção: Arthur Schwartz
Música Original: Jerome Kern, Carmen Dragon
Direção Musical: Morris Stoloff
Coreografia: Gene Kelly, Stanley Donen, Val Raset, Seymour Felix
Fotografia: Rudolph Maté, Allen M. Davey
Edição: Viola Lawrence
Direção de Arte: Lionel Banks, Cary Odell
Figurino: Muriel King, Travis Banton, Gwen Wakeling
Guarda-Roupa: Eugene Joseff
Maquiagem: Clay Campbell
Efeitos Sonoros: Lambert E. Day, John P. Livadary
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1951

Elenco

Rita Hayworth Rusty Parker / Maribelle Hicks
Gene Kelly Danny McGuire
Lee Bowman Noel Wheaton
Otto Kruger John Coudair
Phil Silvers Genius
Eve Arden Cornelia Jackson
Leslie Brooks Maurine Martin
Anita Colby Srta. Colby
Shelley Winters Jovem
Betty Jane Hess Modelo - Cosmopolitan
Chery Archibald Modelo - Look
Susann Shaw Modelo - Vogue
Jean Colleran Modelo - American Magazine
Francine Counihan Modelo - American Home
Cecilia Meagher Modelo - Coronet
Eileen McClory Modelo - Glamour
Cornelia B. von Hessert Modelo - Harper's Bazaar
Karen X. Gaylord Modelo - Liberty
Peggy Lloyd Modelo - Mademoiselle
Betty Jane Graham Modelo - McCall
Martha Outlaw Modelo - Red Book
Edward Brophy Joe, proprietário do Café
Stanley Clements Ascensorista
Jay Eaton Fotógrafo da "Vanity"
Sam Flint Mordomo de Coudair

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora de um Musical (Carmen Dragon, Morris Stoloff)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia a Cores (Rudolph Maté, Allen M. Davey)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Interiores (Lionel Banks, Cary Odell, Fay Babcock)

Oscar de Melhor Gravação de Som (John P. Livadary)

Oscar de Melhor Canção Original (Jerome Kern, Ira Gershwin)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Ansiosa para alcançar fama e glória, Maurine Martin participa de um concurso para ser uma garota da capa da revista Vanity. Inspirada por sua iniciativa, Rusty Parker, companheira dela na boate Brooklyn, de Danny Maguire, onde são dançarinas, também entra na competição. Elas são entrevistadas por Cornelia Jackson, assistente do editor da revista, John Coudair. Quando Cornelia expressa seu interesse por Rusty, Maurine sabota as chances de sua rival, dizendo-lhe que Jackson está à procura de uma modelo com uma personalidade forte.

Cornelia, então, comunica à Maurine que ela deverá ser a garota da capa, mas Coudair insiste em ir ao clube de Danny para vê-la em seu "ambiente natural". Ao chegar ao clube, ele fica encantado com Rusty, que o lembra de sua namorada desaparecida, Maribelle Hicks. Viajando no tempo, ele se recorda da noite em que a conheceu, quarenta anos antes, quando a viu dançar no Clube de Tony Pastor e se apaixonou perdidamente.

Depois de sua apresentação, naquela noite, Rusty se junta a Danny e a Genius, outro artista. Horas depois, ao retornar para seu apartamento, ela encontra um telegrama de Coudair, convidando-a para ir ao seu escritório no dia seguinte. No encontro, o editor descobre que Rusty é neta de Maribelle e lhe presenteia com a capa da revista.

Ao ver a foto de Rusty numa banca de revistas, Danny se mostra enciumado e lhe diz que ela deveria fazer sucesso com seus pés e não com o rosto. No entanto, atraídos por sua notoriedade, a boate de Danny passa a ser frequentada por um número muito grande de novos clientes.

Certo dia, Coudair leva o proprietário de um teatro da Broadway, Noel Wheaton, para conhecer Rusty e lhe oferecer um emprego. Depois que ela rejeita sua proposta, Wheaton une forças com Coudair para atraí-la para a Broadway. Nesse sentido, o editor envia à Rusty um convite para o jantar comemorativo dos 50 anos da revista Vanity. Ela aceita o convite e, ao final da festa, Coudair pede a Danny para pegá-la em sua mansão.

Depois de convencer Danny a deixar Rusty livre para que ela tenha uma vida melhor, Coudair recorda o dia em que ele apresentou Maribelle à sua mãe, que desaprovou o romance. Enquanto o editor relembra o passado, Wheaton leva Rusty ao seu luxuoso teatro, onde ela se diverte no palco deserto.

No dia seguinte, quando Rusty se atrasa para o ensaio na boate, Danny, enfurecido, a substitui por Maurine. Ao tomar conhecimento do ocorrido, Rusty protesta e sai com destino à Broadway.

Depois de torná-la uma grande estrela dos palcos, Wheaton a pede em casamento, ocasião em que ela lhe promete dar uma resposta no dia seguinte. À noite, Rusty vai à boate de Danny e descobre que ele fechou o estabelecimento e deixou a cidade com a intenção de animar os acampamentos do exército. No dia seguinte, como prometido, Rusty procura Wheaton para dizer-lhe que aceita sua proposta, embora Coudair perceba que ela se mostra desesperadamente infeliz.

Ao tomar conhecimento do iminente casamento de Rusty, Danny retorna ao Brooklyn onde, ao abrir uma ostra, encontra uma pérola. Determinado a reunir os amantes, Genius corre até Coudair, a quem pede para entregar a pérola à Rusty.

Ciente de que Rusty é uma noiva extremamente infeliz, ao levá-la ao altar ao som da marcha nupcial, Coudair lhe entrega a pérola e lhe conta o final de seu romance com Maribelle, quando ela o abandonou no altar e correu para seu pianista.

Sensibilizada pela história de Coudair e de sua avó, Rusty percebe que ela pertence a Danny e, enquanto o ministro recita os votos de casamento, ela anuncia que está indo embora. Ainda vestida de noiva, ela corre ao encontro de Danny.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Charles Vidor, a partir de um roteiro escrito por Virginia Van Upp, “Modelos” é uma deliciosa comédia musical produzida pela Columbia Pictures Corporation em 1944.

Na direção, Vidor realiza um bom trabalho, no que é ajudado pela magnífica trilha sonora com músicas de Jerome Kern e Ira Gershwin como “Long ago and far away”, “The show must go on”, “Cover girl”, “Alter-Ego”, “Make way for tomorrow”, dentre outras. Os melhores números de dança são “Alter-Ego”, e “Cover girl”, brilhantemente interpretados respectivamente por Gene Kelly e Rita Hayworth. A fotografia, a cargo de Rudolph Maté e Allen M. Davey, é outro quesito que merece elogios.

Enfim, “Modelos” é um filme imperdível para os amantes dos musicais hollywoodianos dos anos 1940.

CAA